China em alerta. Surto “preocupante” em Pequim pode ter começado um mês antes do que se pensava

Stringer / EPA

O surto de covid-19 identificado em Pequim, capital da China, pode ter começado um mês antes do que se tinha calculado. O surto, que já foi adjetivado de “preocupante”, poderá originar uma segunda vaga de covid-19.

De acordo com o Observador, o Centro de Controlo de Doenças chinês anunciou esta quinta-feira que, em vez de ter disparado em finais de maio ou início de junho, o surto pode ter começado um mês antes, ainda em abril. Porém, não foi detetado por causa dos portadores assintomáticos do vírus.

A China aumentou o nível de alerta na capital e declarou o estado de emergência quando Pequim registou 130 infetados. De acordo com a atualização do Centro de Controlo de Doenças, já são mais de 150. No entanto, “muitos casos de assintomáticos ou casos leves foram detetados neste surto”.

Nas últimas 24 horas, a China contabilizou 28 novos casos de covid-19, 21 dos quais em Pequim — menos 10 que no dia anterior, totalizando 158 infeções. O governo já decretou o segundo nível de emergência, obrigando os comités de bairro a verificar a identidade e o estado de saúde dos residentes e a medir a temperatura à entrada.

O surto fez com que as exportações de salmão da Noruega para a China caíssem para um terço. Os novos casos foram relacionados com um mercado de Xinfadu, principal fornecedor de frutas e legumes da capital, onde se vendia salmão importado. Além disso, as cadeias de supermercados Wumart e Carrefour suprimiram a venda do salmão da Noruega.

A Noruega rejeitou as acusações de Pequim e o ministro das pescas Odd Emil Ingebrigtsen garantiu que “o assunto está em fase de resolução”

“Necessidade urgente” de melhorar higiene nos mercados

A China admitiu esta quinta-feira a “necessidade urgente” de melhorar a higiene nos seus mercados abastecedores e na cadeia de fornecimento alimentar.

Em comunicado, a Comissão Central de Inspeção e Disciplina do Partido Comunista da China (PCC) admitiu que “há a necessidade urgente de o país melhorar os padrões de saneamento e minimizar os riscos à saúde nos mercados”.

“A epidemia é um espelho que não apenas reflete a desorganização e falta de higiene nos mercados abastecedores, mas também mostra o baixo nível da sua administração“, lê-se no comunicado.

“A maioria dos mercados foi construída há 20 ou 30 anos, quando a drenagem e tratamento de águas residuais eram relativamente subdesenvolvidos“, notou a agência.

O coronavírus foi detetado, pela primeira vez, no mercado de marisco e animais selvagens de Wuhan, na cidade chinesa de Wuhan.

Voos suspensos e aulas encerradas

A cidade continua a aplicar medidas extraordinárias para conter o novo surto. O porta-voz do governo local, Xu Hejian, disse que mais testes serão realizados entre os residentes e que 87 mil testes de ácido nucleico já foram realizados no distrito de Fengtai, onde o mercado de Xinfadi está localizado.

Os funcionários de todos os restaurantes, universidades e mercados da capital continuarão também a ser testados e os estabelecimentos também serão desinfetados. Até quarta-feira tinham sido realizados 356 mil testes.

Quem tenha visitado o mercado de Xinfadi, desde 30 de maio, ou quem tenha tido contacto com trabalhadores do mercado, deve ser submetido a dois testes de coronavírus, um antes e outro após 14 dias de isolamento nas respetivas comunidades residenciais.

O porta-voz reiterou que a cidade está em estado “crítico”, enquanto se aguarda a conclusão de investigações epidemiológicas.

Os residentes em áreas de risco alto e médio não poderão sair da cidade.

O vice-diretor de Segurança Pública do município, Pan Xuhong, indicou que “as restrições não significam que a cidade foi selada” e que o objetivo é “impedir que o vírus se espalhe pela capital ou alcance outras cidades”.

Várias ligações aéreas a outras partes da China foram também suspensas – mais de 60% dos voos de entrada e saída foram cancelados -, todas as aulas foram canceladas e os residentes são aconselhados a trabalhar a partir de casa.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tribunal de Justiça da UE rejeita recurso de suspeito do caso Maddie

O Tribunal de Justiça da União Europeia rejeitou, esta quinta-feira, o recurso de Christian B. contra a sua detenção, após ser extraditado para a Alemanha por um juiz italiano, em execução de mandado europeu. Christian B. …

Antigo gestor de Isabel dos Santos denuncia "contrato falso" da Sonangol

O antigo assessor da empresária Isabel dos Santos na Sonangol, Mário Leite da Silva, queixou-se junto de reguladores internacionais sobre um “contrato falso” que terá lesado a petrolífera angolana em 193 milhões de euros em …

Presidente do Líbano pede ajuda na ONU para a reconstrução pós-explosão

O Presidente do Líbano, Michel Aoun, pediu na quarta-feira à comunidade internacional apoio para a reconstrução do principal porto do país e dos bairros de Beirute destruídos pela catastrófica explosão ocorrida em agosto. Na sua intervenção pré-gravada …

Ninguém foi indiciado pela morte de Breonna Taylor. Dois polícias baleados durante protestos

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor. Imediatamente após o …

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …