Pequim encerra escolas e proíbe saídas da cidade. Índia com 2.000 óbitos num só dia

Roman Pilipey / EPA

Mercado de Xinfadi

O porta-voz da capital chinesa anunciou que a situação em Pequim “é muito grave”. Os estabelecimentos de ensino foram encerrados e só pode sair da cidade quem tiver um teste negativo.

Esta terça-feira, as autoridades de Pequim ordenaram que os residentes não devem sair da cidade, podendo apenas viajar quem tiver um teste com resultado negativo. A capital chinesa voltou também a encerrar todas as escolas.

O ressurgimento do coronavírus, que se acredita ter começado no mercado de Xinfandi, está a alarmar a cidade. Nos últimos meses, a China diminuiu as suas medidas de restrição, com o Governo a declarar vitória contra a doença que surgiu no ano passado em Wuhan.

Com receio de que o surto se esteja a desenvolver, as autoridades encerraram várias áreas residenciais e anunciaram novas restrições. Assim, os moradores devem evitar “viagens não essenciais” para fora da capital. “Qualquer pessoa que sair de Pequim deve ter uma leitura negativa num teste realizado no intervalo de sete dias (antes da partida)”, disse Chen Bei, vice-secretário geral do governo municipal de Pequim.

Segundo o Diário de Notícias, os residentes de áreas de infeção de “risco médio ou alto” estão proibidos de sair.

As escolas que tinham sido reabertas vão voltar a fechar. As universidades foram instruídas a suspender o regresso dos estudantes.

A situação epidémica na capital é extremamente grave“, alertou o porta-voz da cidade de Pequim, Xu Hejian.

Nas últimas 24 horas, a China diagnosticou 44 novos casos de covid-19, incluindo 31 em Pequim, após um surto detetado no principal mercado abastecedor da capital. A cidade aumentou o nível de emergência esta terça-feira, visando conter a disseminação do surto, que somou 137 casos nos últimos seis dias.

Além dos 31 casos detetados em Pequim, a China registou outras duas infeções por transmissão local: uma na província de Hebei, adjacente a Pequim, e outra em Zhejiang, na costa leste do país. Nas últimas 24 horas, o país diagnosticou ainda 11 casos oriundos do exterior nas províncias de Gansu e de Sichuan, no oeste e sudoeste do país, respetivamente.

A Comissão de Saúde da China não relatou novas mortes em todo o país. O número de casos ativos fixou-se em 252, entre os quais sete em estado grave.

Num só dia, morreram mais de 2.000 pessoas na Índia

A Índia contabilizou mais de 2.000 mortos devido à covid-19 num só dia, elevando para 11.903 o número total de óbitos no país desde o início da epidemia. O aumento deveu-se em parte aos números revistos em Bombaim, a cidade mais atingida pela doença, e onde as autoridades acrescentaram 832 mortes ao balanço diário, devido a “falhas” na contagem.

A capital, Nova Deli, onde a situação sanitária está a deteriorar-se, registou 400 mortes nas últimas 24 horas. Confrontado com uma economia enfraquecida, o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, levantou no início deste mês a maioria das medidas para travar a propagação da doença, impostas a 1,3 mil milhões de habitantes.

O desconfinamento acontece numa altura em que a epidemia não mostra sinais de abrandamento no país, que regista cerca de 11 mil novos casos por dia, contando com um total de mais de 354 mil infeções.

Perante a virulência da crise sanitária, o estado de Tamil Nadu (Sul), um dos mais atingidos, juntamente com Deli e Maharashtra, ordenou o reconfinamento na capital regional, Chennai, durante a segunda quinzena de junho.

Os peritos previram que o pico da epidemia na Índia não seja atingido antes de decorridas várias semanas, numa altura em que o sistema de saúde já está sobrecarregado com o afluxo de doentes.

Os meios de comunicação indianos noticiaram que muitas pessoas morreram após lhes ter sido recusado tratamento hospitalar. O ritmo das mortes é tal que, nas morgues, os corpos se acumulam, segundo a imprensa local.

A Índia é o quarto país do mundo em número de infetados (mais de 354 mil), depois dos Estados Unidos (mais de 2,1 milhões), Brasil (mais de 923 mil casos) e Rússia (mais de 544 mil).

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ninguém foi indiciado pela morte de Breonna Taylor. Dois polícias baleados durante protestos

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor. Imediatamente após o …

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …

Autarca de Almada diz que declarações sobre Bairro Amarelo foram descontextualizadas

A presidente da Câmara de Almada disse esta quarta-feira que as suas afirmações sobre o Bairro Amarelo surgiram em resposta a uma pergunta feita pelo Bloco de Esquerda (BE), considerando que foram descontextualizadas devido …

Vendas tardam em recuperar. Empresas pouco preparadas para mudanças

Um estudo do Banco de Portugal (BdP), publicado na quarta-feira, revelou que as empresas enfrentam um "cenário de recuperação muito gradual" do volume de negócios para níveis anteriores à pandemia e poucas estão preparadas para …