China e EUA estão “à beira de uma nova Guerra Fria”

O ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, alertou este domingo que as posições de “certas forças políticas norte-americanas”, sobre a origem do novo coronavírus, está a colocar os dois países “à beira de uma nova Guerra Fria”.

“Certas forças políticas norte-americanas estão a tornar reféns as relações entre a China e os Estados Unidos e conduzir os nossos dois países à beira de uma nova Guerra Fria”, disse Wang Yi, citado pela agência France-Presse (AFP).

O chefe da diplomacia chinesa, que falava este domingo aos jornalistas à margem da sessão plenária da Assembleia Popular Nacional iniciada na sexta-feira, reagia as declarações proferidas, nas últimas semanas, por Donald Trump.

Nas últimas semanas, o Presidente dos Estados Unidos, tem acusado as autoridades chinesas de atrasarem a comunicação de dados cruciais sobre a gravidade do novo coronavírus, que poderiam ter travado a propagação da doença.

“Além da devastação causada pelo novo coronavírus, um vírus político está a espalhar-se pelos Estados Unidos. Esse vírus político aproveita todas as oportunidades para atacar e difamar a China”, disse Wang.

A tensão entre Pequim e Washington tem aumentado nos últimos dois anos, com a guerra comercial iniciada pelo Governo Trump com as sobretaxas alfandegárias.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 339 mil mortos e infetou mais de 5,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios. Mais de dois milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano passou a ser o que tem mais casos confirmados (mais de 2,3 milhões, contra dois milhões no continente europeu), embora com menos mortes (mais de 140 mil, contra mais de 173 mil).

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (97.087) e mais casos de infeção confirmados (mais de 1,6 milhões).

// Lusa

 

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Talvez seja melhor uma nova guerra fria onde se desconfia de tudo o que a China faz do que andar no faz de conta que aquilo é uma democracia, que o governo tem o apoio do povo como devia ser, que se respeitam os direitos humanos, e sobretudo desconfiar das pretenções da China em termo económicos mundiais, em termo de ganhar território construindo novas ilhas artificiais, onde desenvolvem o seu poder militar quase sem se dar por isso e toda uma estratégia de dominio mundial…. já lá diz o ditado : O seguro morreu de velho … e o desconfiado ainda está vivo .

    • Carlos muito bem falado estou plenamente de acordo inclusive nas ilhas artificiais para fins militares devagarinho como se não fosse nada, eles andam a tramá-la.

  2. A China numa guerra fria vai perder. Uma batalha não é ganha com quantidades de produção nem com preços baixos.
    São precisos produtos de elevada qualidade, imaginação e com um potencial mercado com poder de compra.
    A fraca qualidade dos produtos chineses foi novamente confirmada pelas deficiências dos produtos e equipamentos contra a Covid19.
    É fácil fechar ou regular a entrada de produtos indesejadas
    Os mercados de Africa não são dos com maior poder de compra e
    Para imaginação em novos produtos não vamos à China

    • Só teorias de quem nunca foi à China. Fraca qualidade?! Isso foi há 10 ou 20 anos atrás. Atualmente têm praticamente de tudo ao nível dos melhores. Espere para ver os carros elétricos já em breve.
      Só para ter uma ideia, a China vai dominar a indústria automóvel (neste momento já é o maior produtor mundial de automóveis) com as suas próprias marcas e não vai demorar muito.

        • Vai comprar porque lhe vão oferecer muito mais a um preço muito menor. Acredite. A China muito em breve dominará o setor automóvel a nível mundial. E já neste momento até é bem provável que grande parte do carro que conduz já seja feito na China. Mesmo que seja Alemão.

        • Veja o exemplo Rússia / EUA.
          Não havia trocas comerciais entre os blocos. Mas a coisa foi muito mais longe do que isto. Um pouco por todo o mundo houve conflitos ainda que indiretos entre estas duas potências. Um apoiava um lado e o outro apoiava o outro.
          Ao longo da história há muitas guerras comerciais com imposição de taxas alfandegárias e outros normativos que impediam / dificultavam o comércio de produtos provenientes de um determinado país sem que tenha ocorrido uma guerra fria entre esses países.
          Não é correto dizer que uma guerra comercial é uma guerra fria. São conceitos totalmente distintos.

  3. A China foi bem mandada, pela Christine Lagarte Directora do FMI, já em 2019 no Japão o disse que os idosos estão a viver demais É PRECISO FAZER ALGO…
    Pois a verdade é que em 2020 apareceu o COVIT 19, mas a China já sabia a meados de 2019, estava tudo escondido, assim a China apodera-se da ECONOMIA GLOBAR que assim a China vai crescer a cada dia, que passa e a Europa e parte do mundo fica a seus pés, é a realidade.
    Só vejo o Presidennte dos Estados Unidos da América Sr. Tramp a enfrentar a China, todos outros governos em silêncio!!!!
    Aqui há gato e assim os idosos estão a se reduzir como a Christine Lagarte Directora do FMI pediu no Japão em 2019 e assim os Governos da Europa e Portugal estão com as despesas reduzidas porque as reformas dos mortos ficam para o Estado….É ASSIM O CALADO VENCE, É VERGONHOSO, MAS DEUS NÃO DORME, POIS NINGUÉM FICA CÁ E A JUSTIÇA DE DEUS VOS ESPERA….

    • Jaime, não há registo que a Lagarta disse o que disse, mas mesmo que tivesse dito, não há provas. Facto é que alguns acham que a longevidade devia de ser privilégio dos ricos e comprado com os biliões que não servem para comprar mais nada.
      Tens razão que os neo-liberais não querem velhotes doentes que custam muito dinheiro, embora não sei porquê, não são eles que pagam os impostos.
      Tramp é um bully que se habituou na vida obter razão com postura atrevida. Isto não se notava dantes mas agora está à vista de toda gente.
      A China vai pagar a factura deste epidemia, não por cause do tramp, mas porque tu e eu vamos mas é tentar não comprar produtos chineses, que mesmo assim é dificil.

RESPONDER

Na Colômbia, a "rebelião dos grisalhos" lutou contra o confinamento e a juíza deu-lhes razão

Um grupo de ilustres septuagenários, que liderou a iniciativa local da "rebelião dos grisalhos", na Colômbia, conseguiu uma grande vitória judicial. Na Colômbia, a "rebelião dos grisalhos" lutou contra o confinamento, exigindo mais tempo na rua …

EUA ponderam bloquear o TikTok e outras redes sociais chinesas

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, admitiu esta semana que os Estados Unidos estudam a possibilidade de bloquear a rede social de vídeos TikTok, bem como outras plataformas do género chinesas. Em entrevista à emissora …

Salgado acusa Banco de Portugal de "deslealdade" e "desonestidade"

Na contestação à coima aplicada pelo supervisor por violação de normas de prevenção de branqueamento de capitais, a defesa de Ricardo Salgado acusou o Banco de Portugal de ter sido “desleal e desonesto” na forma …

No Reino Unido, só 22% das pessoas que testaram positivo relataram ter sintomas

Um novo estudo acaba de revelar que, no Reino Unido, apenas 22% dos casos positivos tinha sintomas da covid-19 no dia em que fizeram o teste. Um estudo do Office for National Statistics (ONS) britânico, divulgado …

Administração Trump notifica formalmente o Congresso sobre saída da OMS

O Governo norte-americano informou esta terça-feira o Congresso sobre a sua saída forma da Organização Mundial da Saúde (OMS). A Administração Trump já notificou formalmente o Congresso norte-americano de que os Estados Unidos vão sair da …

“Não vou ser infetado e propagar a covid-19”. Burundi anuncia triagem maciça da população

O Governo do Burundi começou esta segunda-feira uma campanha de triagem maciça da covid-19, decisão que demonstra uma alteração das políticas implementadas pelo novo Presidente do país no sentido de combater mais assertivamente a propagação …

Despedida de Centeno e estreia de Leão. Eurogrupo elege presidente na quinta-feira

A eleição para a presidência do Eurogrupo, na quinta-feira, será a última reunião presidida por Mário Centeno e a estreia europeia de João Leão como ministro das Finanças. A eleição para a presidência do Eurogrupo é …

Governo está a preparar um programa específico de apoio ao Algarve

O Algarve terá um programa específico de apoio, que já está a ser preparado pelo Governo, avançou o ministro da Economia esta terça-feira. O ministro da Economia disse, esta terça-feira, que o Governo está a preparar …

OMS admite transmissão pelo ar e pede que se evitem espaços fechados

Depois do alerta de 239 especialistas, a Organização Mundial de Saúde diz que há novas provas de que o novo coronavírus se transmite pelo ar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu, esta terça-feira, haver novas …

Lufthansa vai cortar mil empregos administrativos (e reduzir novas aeronaves a metade)

Esta terça-feira, a Lufthansa anunciou novas medidas do seu plano de reestruturação que incluem uma redução de mil postos de trabalho nos serviços administrativos. A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou, esta terça-feira, que irá reduzir o …