Chega questiona Costa se mantém confiança no deputado que pede destruição do Padrão dos Descobrimentos

Maurizio Mori / Flickr

Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa.

Ascenso Simões considera que “a nossa História precisa de ser descolonizada”. Assim, defende que o Padrão dos Descobrimentos devia ter sido “destruído” e sugere que “devia ter havido sangue” no 25 de Abril, embora não de forma literal. Agora, o Chega confronta António Costa.

Perante as afirmações que o deputado socialista escreveu no seu artigo de opinião no Público, o Chega enviou uma carta a António Costa, enquanto secretário-geral do PS, questionando-o se mantém a confiança política no deputado à Assembleia da República eleito pelo círculo de Vila Real.

“Questiono-me como um militante e deputado do PS pode escrever tais aberrações sem que esse mesmo partido venha a público demarcar-se das mesmas. Terá o PS esquecido o seu papel na luta contra a ditadura?”, questiona o chefe de gabinete de André Ventura no Parlamento, Nuno Afonso, que assina a carta.

Num texto publicado na passada sexta-feira intitulado “O Salazarismo não morreu”, Ascenso Simões fala sobre quatro casos que, na sua perspetiva, representam “tempos de retorno ao Salazarismo mental português”.

Refere-se assim à criação de um museu na terra natal do ditador, a defesa da ideia de Portugal deve intervir na situação de guerra que se vive em Cabo Delgado (Moçambique), a petição da Nova Portugalidade contra a remoção dos brasões florais da Praça do Império, e a discussão sobre a contribuição de Marcelino da Mata na guerra colonial.

Neste sentido, o segundo vice-presidente do Chega diz acreditar que os comentários de Ascenso Simões tenham “envergonhado” o PS e desafia o partido a vir “repudiar” a atitude do deputado, tendo em conta “o seu peso histórico na democracia portuguesa”.

O dirigente do Chega considera que se trata de uma atitude “perigosa” do deputado avisando que “querer-se reescrever a história não é democrático; saber conviver com ele, sim, é”.

Nuno Afonso deixa um desafio a António Costa: “Resta-me questionar o PS se manterá a confiança política num militante e deputado que mostra desprezo pela história de Portugal, pelos homens e mulheres que construíram a nação que hoje temos que, não sendo perfeita – nenhuma o é – é o resultado da nossa evolução enquanto povo”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É pena que o Chega não comenta a fuga aos impostos da EDP, o nosso auto-intitulado “campeão da luta contra a corupção” anda bem calado sobre o assunto! Será o Ventura por detrás da fusão, e da empresa fantasma da EDP?

RESPONDER

Alemanha ilumina-se com as cores do arco-íris em apoio à comunidade LGBT ( e contra a UEFA)

No momento do apito inicial para o jogo entre a Alemanha e a Hungria, vários estádios alemães vão iluminar-se com as cores do arco-íris, em apoio à comunidade LGBTI (e contra a decisão da UEFA). Esta …

Tony Carreira internado. Cantor está "bem de saúde"

O cantor Tony Carreira foi internado esta quarta-feira no hospital de Faro devido a uma suspeita de enfarte do miocárdio. De acordo com o Observador, a assessora de Tony Carreira confirmou que o músico foi internado …

Portugal vs França Em Direto: Já há onzes oficiais, Renato e Moutinho de início

A seleção de Portugal joga esta quarta-feira o tudo por tudo contra a França, num encontro que pode significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais …

Moradores desalojados saíram de reunião com a Câmara de Loures com “uma mão cheia de nada"

Moradores desalojados de Loures dizem não ter recebido nenhuma solução de realojamento por parte da Câmara, que nega que as casas estivessem ocupadas na altura em que os técnicos fizeram um levantamento para a sua …

Marta Temido aponta para continuação das restrições em Lisboa

A ministra da Saúde disse esta quarta-feira que a situação epidemiológica da covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo deve traduzir-se na continuidade da aplicação das medidas de restrição em vigor. “Os números neste …

Primeiro julgamento ao abrigo da lei de segurança nacional em Hong Kong

Um homem acusado de conduzir uma motocicleta contra polícias de Hong Kong, enquanto transportava uma bandeira de protesto, tornou-se esta quarta-feira na primeira pessoa a ser julgada ao abrigo da lei de segurança nacional, aprovada …

Lei húngara que discrimina população LGBT+ "é uma vergonha", diz Ursula von der Leyen

O projeto de lei aprovado pela Hungria, que proíbe a divulgação a menores de 18 anos de conteúdos que incluam a "representação e promoção de uma identidade de género diferente do sexo à nascença, da …

Técnicos de Emergência queixam-se de atraso no pagamento de subsídio de risco

O Sindicato dos Técnicos de Emergência Médica Pré-Hospitalar (STEPH) denunciou esta quarta-feira a falta de pagamento, pelo INEM, do subsídio de risco covid-19 referente a abril, que deveria ter sido pago com o salário processado …

Bastonária dos Enfermeiros apela ao aproveitamento de recém-licenciados para vacinação

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, salientou esta terça-feira a importância de serem aproveitados ao máximo os profissionais recém-licenciados que estão a entrar no mercado para aumentar o ritmo de vacinação …

Críticas de Merkel sobre entradas em Portugal são "difíceis de entender", diz Santos Silva

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, considera "difíceis de entender" as críticas da chanceler alemã Angela Merkel sobre a entrada de ingleses em Portugal. Na terça-feira, Merkel criticou a falta de regras na União …