Charlie Hebdo põe um Deus assassino na capa um ano depois de atentado

franceinter / Twitter

A capa do Charlie Hebdo de 6 de janeiro de 2016, um ano depois do atentado à redação do jornal

A capa do Charlie Hebdo de 6 de janeiro de 2016, um ano depois do atentado à redação do jornal

O semanário satírico francês Charlie Hebdo lança esta quarta-feira um número especial para assinalar o primeiro aniversário do atentado jihadista que dizimou a sua equipa, com um Deus barbudo na capa, empunhando uma kalashnikov e com vestes ensanguentadas.

Atentado ao Charlie Hebdo

O desenho é acompanhado do título “Um ano depois, o assassino ainda está em fuga”.

Com uma tiragem prevista de cerca de um milhão de exemplares, dezenas de milhares dos quais serão expedidos para o estrangeiro, a edição do jornal satírico inclui um caderno com desenhos dos cartoonistas mortos há um ano – Cabu, Wolinski, Charb, Tignous, Honoré – e outras colaborações, entre os quais a ministra da Cultura francesa, Fleur Pellerin, atrizes como Isabelle Adjani, Charlotte Gainsbourg e Juliette Binoche, intelectuais como Élisabeth Badinter, Taslima Nasreen (Bangladesh), Russell Banks (Estados Unidos) e o músico Ibrahim Maalouf.

O diretor do jornal e cartoonista Riss, gravemente ferido a 7 de janeiro do ano passado, assina um editorial irado em defesa da laicidade e condenando os “fanáticos embrutecidos pelo Corão” e os “beatos de outras religiões” que desejaram a morte do jornal por “ousar rir da religião”.

“As convicções dos ateus e dos leigos podem mover ainda mais montanhas que a fé dos crentes”, assevera.

Doze pessoas morreram no atentado dos jihadistas contra o semanário satírico cuja irreverência em relação a todas as religiões é uma marca assumida, depois de ter publicado caricaturas do profeta Maomé.

O jornal publicou um “número dos sobreviventes” uma semana depois do atentado, edição que vendeu 7,5 milhões de exemplares em França e em todo o mundo.

Para este número, um ano depois, o Charlie Hebdo recebeu encomendas grandes de alguns países, como a Alemanha, onde os distribuidores desejam receber 50 mil exemplares.

Antes do atentado, atravessava grandes dificuldades financeiras e vendia apenas 30 mil exemplares por semana. Atualmente, o jornal vende cerca de 100 mil exemplares em quiosques, dos quais 10 mil no estrangeiro, aos quais se juntam 183.000 assinaturas.

Dez meses após os atentados contra a redação do Charlie Hebdo e um supermercado judaico, Paris foi alvo, a 13 de novembro, de novos atentados jihadistas que fizeram 130 mortos, a maioria dos quais na sala de espetáculos Bataclan, onde decorria um concerto de rock.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Pois, os jornalistas devem fazer-se de parvos quanto ao “chapéuzinho” que esse “deus” tem na cabeça. Porque não informam as pessoas como deve ser e referem que aquilo é uma alusão aos illuminatis e ao olho que tudo vê?!
    O pior cego é aquele que não quer ver.

  2. Zombar de um Deus que deu o Seu próprio Filho em penhor da raça humana?
    Por amor esses cartoonistas de meia tigela e por todos nós?
    Quem brinca com o fogo vai invariavelmente acabar por se queimar…

  3. Assassino não sei, mas redutor, rufia (bully) e manipulador quanto basta isso sei que sim. Cristãos: o Jizús vos vai cástigár; muçulmanos: morra em nome de álá; Judeus: deus vos deia o castigo que é de justiça. Nós ateus deitados numa cadeirinha de praia a apanhar sol à beira-mar e a beber uma bejéca fresquinha dizemos: f***-se essa m**** toda.

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …