Charlie Hebdo põe um Deus assassino na capa um ano depois de atentado

franceinter / Twitter

A capa do Charlie Hebdo de 6 de janeiro de 2016, um ano depois do atentado à redação do jornal

A capa do Charlie Hebdo de 6 de janeiro de 2016, um ano depois do atentado à redação do jornal

O semanário satírico francês Charlie Hebdo lança esta quarta-feira um número especial para assinalar o primeiro aniversário do atentado jihadista que dizimou a sua equipa, com um Deus barbudo na capa, empunhando uma kalashnikov e com vestes ensanguentadas.

O desenho é acompanhado do título “Um ano depois, o assassino ainda está em fuga”.

Com uma tiragem prevista de cerca de um milhão de exemplares, dezenas de milhares dos quais serão expedidos para o estrangeiro, a edição do jornal satírico inclui um caderno com desenhos dos cartoonistas mortos há um ano – Cabu, Wolinski, Charb, Tignous, Honoré – e outras colaborações, entre os quais a ministra da Cultura francesa, Fleur Pellerin, atrizes como Isabelle Adjani, Charlotte Gainsbourg e Juliette Binoche, intelectuais como Élisabeth Badinter, Taslima Nasreen (Bangladesh), Russell Banks (Estados Unidos) e o músico Ibrahim Maalouf.

O diretor do jornal e cartoonista Riss, gravemente ferido a 7 de janeiro do ano passado, assina um editorial irado em defesa da laicidade e condenando os “fanáticos embrutecidos pelo Corão” e os “beatos de outras religiões” que desejaram a morte do jornal por “ousar rir da religião”.

“As convicções dos ateus e dos leigos podem mover ainda mais montanhas que a fé dos crentes”, assevera.

Doze pessoas morreram no atentado dos jihadistas contra o semanário satírico cuja irreverência em relação a todas as religiões é uma marca assumida, depois de ter publicado caricaturas do profeta Maomé.

O jornal publicou um “número dos sobreviventes” uma semana depois do atentado, edição que vendeu 7,5 milhões de exemplares em França e em todo o mundo.

Para este número, um ano depois, o Charlie Hebdo recebeu encomendas grandes de alguns países, como a Alemanha, onde os distribuidores desejam receber 50 mil exemplares.

Antes do atentado, atravessava grandes dificuldades financeiras e vendia apenas 30 mil exemplares por semana. Atualmente, o jornal vende cerca de 100 mil exemplares em quiosques, dos quais 10 mil no estrangeiro, aos quais se juntam 183.000 assinaturas.

Dez meses após os atentados contra a redação do Charlie Hebdo e um supermercado judaico, Paris foi alvo, a 13 de novembro, de novos atentados jihadistas que fizeram 130 mortos, a maioria dos quais na sala de espetáculos Bataclan, onde decorria um concerto de rock.

ZAP

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Pois, os jornalistas devem fazer-se de parvos quanto ao “chapéuzinho” que esse “deus” tem na cabeça. Porque não informam as pessoas como deve ser e referem que aquilo é uma alusão aos illuminatis e ao olho que tudo vê?!
    O pior cego é aquele que não quer ver.

  2. Zombar de um Deus que deu o Seu próprio Filho em penhor da raça humana?
    Por amor esses cartoonistas de meia tigela e por todos nós?
    Quem brinca com o fogo vai invariavelmente acabar por se queimar…

  3. Assassino não sei, mas redutor, rufia (bully) e manipulador quanto basta isso sei que sim. Cristãos: o Jizús vos vai cástigár; muçulmanos: morra em nome de álá; Judeus: deus vos deia o castigo que é de justiça. Nós ateus deitados numa cadeirinha de praia a apanhar sol à beira-mar e a beber uma bejéca fresquinha dizemos: f***-se essa m**** toda.

RESPONDER

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …

Guardas da Revolução do Irão prometem vingar morte do general Soleimani

O chefe dos Guardas da Revolução, o exército ideológico do Irão, garantiu hoje que a morte do general Qassem Soleimani, alvo de um raide aéreo dos Estados Unidos, será vingada em “todos os seus implicados”. “Senhor …

"O mundo está no momento mais perigoso da história humana", diz Noam Chomsky

O professor norte-americano Noam Chomsky, conhecido como o pai da linguística moderna, advertiu que o mundo está no momento mais perigoso da história da humanidade devido à crise climática, à ameaça de guerra nuclear e …

Portugal com 849 novas infecções por covid-19. Há 20.722 casos activos

Portugal registou 849 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo-se a tendência de subida verificada nos dias anteriores. Mas o número de pacientes recuperados também não era tão alto desde Julho. O boletim da …

A Grândola Vila Morena abafou "a maior marcha alguma vez vista" do Chega

Com a Praça do Giraldo, em Évora, dividida por barreiras anti-motim, os participantes da concentração "Pela Liberdade" receberam os apoiantes do Chega de André Ventura ao som de "Grândola Vila Morena" e empunhando cravos vermelhos …

Pandemia assola Irão. EUA com mais 888 mortos. 19 países europeus bateram recorde de casos

Naquele que é o número mais elevado de casos diários desde abril, a Alemanha registou 2.297 novos contágios, 19 países europeus já ultrapassaram o recorde de casos do pico da pandemia. O Irão ultrapassou as …

Rangel "é um turista do carago". SMS atestam que Vieira usou Benfica em "benefício pessoal"

Luís Filipe Vieira é um dos acusados da Operação Lex, com o Ministério Público (MP) a alegar que o presidente do Benfica utilizou o clube em "benefício pessoal" para obter uma cunha do juiz Rui Rangel. O …

Farmácias em risco de não ter vacinas da gripe para tantos pedidos

As farmácias privadas receiam não ter doses suficientes de vacina contra a gripe para dar resposta a todos os pedidos. As encomendas da vacina já sãocinco vezes mais do que as registadas em 2019. A preocupação …