CGD sobe outra vez as taxas e passa a cobrar MB Way

Depois do BPI, BCP, Crédito Agrícola e Santander, é a vez de a fatura do MB Way também chegar aos clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD).

O banco liderado por Paulo Macedo começa a cobrar, a partir do final de janeiro, pela realização de transferências MB Way. O custo destas transferências será aplicado nas operações realizadas a partir da app MB Way, mantendo-se a atual isenção aos clientes que façam estas operações a partir das aplicações da Caixa. Fora deste encargo ficam ainda os clientes mais jovens e as contas pacote.

Na atualização do preçário de comissões que entra em vigor a 25 de janeiro, o banco público coloca em 88,4 cêntimos – já com Imposto do Selo – o custo unitário a aplicar às transferências efetuadas a partir dos serviços MB Way, de acordo com o jornal Eco. Este valor compara com os 20,8 cêntimos que o atual preçário já prevê, mas o qual a Caixa não aplicava aos clientes.

Com a revisão de preçário, o banco público junta-se à tendência seguida pelos principais concorrentes. O Santander Totta que a 10 de setembro começou a prever a cobrança de comissões pelas transferências MB Way. Antes disso, em junho, tinha sido a vez de o BCP e do Crédito Agrícola avançarem com a mesma decisão. Já o BPI foi o banco que deu o pontapé de saída para a cobrança pela realização deste tipo de operações, em maio.

Face aos preçários desses bancos, a CGD apresenta, ainda assim, uma das propostas menos onerosas. Os 88,4 cêntimos que passam a ser aplicados pela CGD comparam com 1,248 euros que, no limite, podem ser cobrados pelo BPI e BCP por cada transferência feita através da app MB Way. Já o Santander Totta aplica a essas operações, no limite, um custo de 93,6 cêntimos. Apenas o Crédito Agrícola apresenta um tarifário mais baixo: exige 26 cêntimos por cada transferência feita através da app MB Way.

Esta comissão só será aplicada caso a utilização seja feita fora das apps da CGD. Através das app Caixa Direta e Caixa Easy mantêm-se as atuais isenções. Fora das app da Caixa, também há exceções à cobrança dessa comissão, como as contas pacote, a Conta Caixa, que são mais de dois milhões de clientes, e aos clientes mais novos, com idade inferior a 26 anos.

Os jovens não pagam de todo, no caso dos clientes com Conta Caixa, mas a isenção nas operações realizadas através da app MB Way tem limites. Abrange apenas “o limite definido de transferências para cada Conta Caixa”, segundo é explicado na atualização de preçário divulgada nesta terça-feira.

Sendo assim, os clientes com a “Conta S” terão direito a isenção até um máximo de quatro transferências por mês. A partir daí começam a pagar o valor unitário previsto. No caso da “Conta M”, a isenção aplica-se até cinco transferências mensais. Apenas os clientes com “Conta L” a mais abrangente, mas também mais cara, escapam a esse encargo já que têm direito a um número ilimitado de transferências mensais.

Os levantamentos ao balcão com caderneta também vão ficar mais caros a partir de janeiro do próximo ano. Os levantamentos de dinheiro com a apresentação de caderneta vão passar a custar três euros (mais imposto de selo, de 4%). Por enquanto, o custo deste tipo de levantamentos é de 2,75 euros (mais imposto de selo).

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Foi para isto que andámos a salvar bancos com os nosso impostos!
    Pode não estar a demorar muito para o banco “debaixo do colchão” passar novamente a funcionar em larga escala!
    Depois veremos se voltam a subir preços desmesuradamente e sem qualquer justificação!

RESPONDER

Cientistas descobrem um novo benefício de tomar chá

https://vimeo.com/366605754 Se já se sabia que beber chá era bom para a nossa saúde, uma nova investigação vem confirmar ainda mais essa ideia. Cientistas encontraram no chá um novo benefício para o nosso cérebro. Várias investigações apontam …

Governo da Escócia quer novo referendo sobre independência em 2020

A ministra principal da Escócia e líder do Partido Nacionalista Escocês (SNP), Nicola Sturgeon, afirmou esta terça-feira que quer um novo referendo sobre a independência em 2020 e abrir negociações com Londres até ao fim …

As bactérias contradizem Darwin: a mais apta não sobrevive

Uma recente investigação levada a cabo pela Universidade de Copenhaga, na Dinamarca, revela que, no que diz respeito às bactérias, a "sobrevivência das mais cooperativas" excede a "sobrevivência das mais fortes". As bactérias são capazes de …

A Via Láctea roubou minúsculas galáxias à sua vizinha

Utilizando dados obtidos pelo Telescópio Gaia, os cientistas chegaram à conclusão que a Via Láctea "sequestrou" galáxias da Grande Nuvem de Magalhães, uma outra galáxia que a orbita. No nosso Universo, a regra é orbitar: a …

Pode ter sido encontrada (e ignorada) vida em Marte em 1976, defende antigo cientista da NASA

O antigo cientista da agência espacial norte-americana Gilbert V. Levin afirma que foram encontradas evidências de vida em Marte na década de 70. No entender do especialista, deviam ter sido levado a cabo mais investigações …

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …