Centros de saúde sem plano de vacinação para utentes que não têm médico de família

Com a segunda fase da vacinação contra a covid-19 a arrancar na próxima semana, os centros de saúde não sabem como serão convocados os utentes sem médico de família ou seguidos fora do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Esta segunda fase, que incluirá pessoas com mais de 50 anos e pelo menos uma condição médica – doença coronária, insuficiência cardíaca, insuficiência renal ou doença pulmonar obstrutiva crónica -, levou os centros de saúde a validar as listagens, que não incluem aqueles que não estão registados nessas unidades de saúde, noticiou o Observador.

“Não temos ainda informação de como os utentes vão ser convocados e ainda há dúvidas sobre os utentes sem médico de família e os que não frequentam o Serviço Nacional de Saúde”, indicou ao Jornal de Notícias o presidente da associação que representa as unidades de saúde familiares (USF-AN), Diogo Urjais.

O responsável acrescentou que está previsto que estes utentes apresentem uma declaração do seu médico assistente no privado a comprovar a patologia, mas não está claro quem validará esses documentos.

“A maneira mais fácil” será o utente “contactar o médico assistente no âmbito dos cuidados privados”, sugeriu o presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF ), Nuno Jacinto. “Esse colega, fazendo a articulação que é habitual entre médicos, fará chegar a informação ou ao médico de família do utente ou no caso de não ter médico atribuído à unidade de saúde a que pertence”, disse à Rádio Observador.

Quanto à distribuição das vacinas, é “imperativo” que o processo seja centralizado, escolhendo um centro de saúde por agrupamento ou por concelho para proceder à vacinação, apontou Diogo Urjais.

“A distribuição das vacinas ocorre segundo um calendário próprio, muitas vezes somos avisados na véspera ou alguns dias antes”, notou Nuno Jacinto. “Só quando soubermos quais são as vacinas e quantas é que vamos receber em cada dia, em cada semana, é que podemos programar essa administração” e “começaremos a avisar os utentes”, sublinhou.

Taísa Pagno //

PARTILHAR

RESPONDER

"Sou trans". Jovem português agredido em Inglaterra por ser transexual

"Sou trans". Foi o que bastou Ruan, um jovem português de 21 anos, dizer para ser agredido perto de casa, em Inglaterra. De acordo com o Público, Ruan Filipe, natural de Santa Maria da Feira, terá …

Enquanto o mundo lutava contra uma pandemia, a Guiné declarava o fim do segundo surto do Ébola

No passado sábado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou o fim do segundo surto de Ébola na Guiné, que vitimou mortalmente 12 pessoas. "Tenho a honra de declarar o fim do Ébola" na Guiné, disse …

Doença em vacinados não surpreende porque vacinas não evitam infeção, diz médico

O presidente da Associação de Médicos de Saúde Pública disse esta terça-feira que não é surpreendente existirem episódios de pessoas vacinadas que adoecem porque as vacinas são eficazes, mas não evitam a infeção. “Sabemos que as …

Israel testa laser aéreo para abater drones

Israel indicou esta segunda-feira ter utilizado um laser aéreo para abater drones [aparelhos aéreos não tripulados] numa série de testes, “um avanço tecnológico” para fortalecer o sistema de defesa. Este novo sistema de laser, instalado a …

Governo britânico aprova mais de 60 mil espetadores. OMS preocupada com relaxamento nas restrições

A Organização Mundial da Saúde (OMS) expressou esta terça-feira a sua preocupação com o afrouxamento das restrições verificadas em alguns dos países anfitriões do Euro2020 de futebol, pedindo rápidas reações após verificar surtos de covid-19 …

Cabrita admite apuramento de responsabilidades para elementos do Movimento Zero

O ministro da Administração Interna admitiu esta terça-feira que estão a ser apuradas responsabilidades em relação ao comportamento de alguns elementos das forças de segurança na manifestação do Movimento Zero realizada na segunda-feira em Lisboa. “Estou …

Merkel critica governo português por abrir portas a britânicos (e usa Portugal como exemplo da descoordenação na UE)

A chanceler alemã, Angela Merkel, criticou esta terça-feira a falta de regras comuns na União Europeia (UE) relativamente às viagens, dando como exemplo a situação de aumento dos contágios em Portugal, que a seu ver …

Covid-19. Sequelas em pessoas que eram saudáveis levaram ao transplante pulmonar

O cirurgião cardiotorácico José Fragata alertou esta terça-feira para as sequelas da covid-19 que já se começam a sentir nos pulmões de alguns doentes que ficaram semelhantes aos portadores de fibrose quística e a exigir …

PRR. Nome de Vítor Caldeira na mesa para presidir à Comissão de Auditoria e Controlo

O inspetor-geral de Finanças vai presidir à Comissão de Auditoria e Controlo (CAC) que acompanhará a implementação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e que deverá, também, integrar o ex-presidente do Tribunal de Contas …

Altice Portugal avança "nas próximas semanas" com despedimento coletivo

A Altice Portugal confirmou esta terça-feira à Lusa que vai dar início, "nas próximas semanas", a um processo de rescisões de contratos de trabalho através de despedimento coletivo, no âmbito do Plano Integrado de Reorganização, …