Cavaco: Não votar é abdicar de um direito

presidencia.pt

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva

O Presidente da República apelou hoje aos portugueses para que este domingo exerçam o seu direito de voto nas eleições para o Parlamento Europeu, lembrando que as decisões das instituições europeias têm “impacto muito direto” no dia-a-dia.

“A União Europeia é vital para o desenvolvimento económico e social do país e para a nossa projeção e influência internacional. As decisões tomadas nas instituições europeias têm um impacto muito direto no dia-a-dia dos Portugueses”, referiu o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, numa mensagem a propósito as eleições para o Parlamento Europeu, onde serão eleitos os 21 eurodeputados portugueses.

Apelando a que todos os eleitores “não deixem de exercer o seu direito de voto”, Cavaco Silva notou que se trata de uma eleição muito importante para Portugal e que existem “diversas e relevantes razões” para votar.

Por um lado, disse, o Parlamento Europeu é a única instituição europeia com representantes diretamente eleitos, sendo que ao longo de quatro dias, cerca de 380 milhões de eleitores dos 28 países da União elegem os seus deputados europeus, “naquela que constitui uma eleição única no Mundo”.

Por outro lado, continuou, Portugal beneficiou nas últimas décadas de programas europeus que “em muito contribuíram para a melhoria das condições de vida das populações e para o progresso do país nos mais diversos domínios”, nomeadamente na educação e modernização das atividades económicas e das infraestruturas nacionais e locais.

“A eleição dos deputados para um parlamento onde estão representados cerca de 500 milhões de cidadãos europeus constitui um aspeto fundamental da nossa participação na construção europeia e da própria defesa do interesse nacional”, enfatizou, reiterando que é fundamental que a voz de cada um dos povos europeus seja ouvida na assembleia onde se reúnem os representantes dos 28 Estados-membros.

Insistindo que “a Europa tem cada vez mais impacto no quotidiano dos portugueses” e o Parlamento Europeu tem cada vez mais poderes na União Europeia, o chefe de Estado notou que “o papel a desempenhar e o trabalho a desenvolver pelos deputados assumem particular relevância”.

“É fundamental, insisto, participarmos ativamente na escolha dos nossos representantes e fazermos ouvir a nossa voz em prol da Europa e de Portugal”, disse.

Cavaco Silva reconheceu, contudo, que em anteriores eleições para o Parlamento Europeu se registaram elevados níveis de abstenção “e que as previsões indicam que tal pode voltar a acontecer” no domingo.

Não votar amanhã é abdicar de um direito, do direito fundamental de participar nas escolhas que influenciam o futuro da Europa. Apelo a todos os portugueses a que amanhã [domingo], através do seu voto, participem na escolha dos deputados para o Parlamento Europeu”, repetiu.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Genoma do tubarão branco revela razões para resistência a doenças e longevidade

Uma equipa internacional de cientistas descodificou o genoma do tubarão branco, descobrindo razões para o sucesso evolutivo de um predador que está no topo da cadeia alimentar e que resiste a doenças e ferimentos. A equipa …

Morreu o cientista que tornou popular o termo “aquecimento global”

O cientista que fez soar os primeiros alarmes sobre as alterações climáticas e tornou popular o termo "aquecimento global", Wallace Smith Broecker, morreu aos 87 anos, foi anunciado esta terça-feira. O antigo professor e investigador da …

Descoberta super-Terra a apenas oito anos-luz do Sistema Solar

Uma equipa internacional de investigadores, em colaboração com o Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), no Porto, descobriu uma nova super-Terra, a "apenas" oito anos-luz de distância do Sistema Solar.  Segundo o IA, o …

Homem que assassinou uma mulher em 1993 foi detido graças a um guardanapo

O empresário Jerry Westrom foi preso e acusado de esfaquear uma mulher em Minneapolis em 1993, graças a um site de genealogia e um guardanapo que deitou fora depois de limpar a boca. O corpo de …

México vai converter ilha-prisão num centro educativo e cultural

O estabelecimento prisional foi construído em 1905 e vai ser encerrado por decreto presidencial, para dar lugar ao centro cultural Muros de Água Jose Revueltas. Dos 600 presos, 200 vão ser libertados. A prisão existente numa …

Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões …

Surto de sarampo nas Filipinas escala para 8.400 casos e 130 mortos

O surto de sarampo continua a agravar-se nas Filipinas, com 8.443 casos confirmados desde o início do ano e 136 mortes causadas pela doença, na maioria crianças menores de cinco anos, indicaram as autoridades. De acordo …

Estado deixa de apoiar compra de carros elétricos acima de 60 mil euros

O Estado vai deixar de apoiar a compra de carros elétricos com um preço superior a 60 mil euros. Esta alteração vai constar nas novas regras de incentivos à introdução no consumo de veículos de baixas …

Bolsas do IEFP para estagiários com mestrado e doutoramento vão aumentar

O programa Estágios Profissionais vai ser alterado com o objetivo de dar uma resposta mais célere às empresas, prevendo-se ainda um aumento do valor das bolsas para estagiários com mestrado e doutoramento, de acordo com …

Filipe Santos volta a fazer história ao bater recorde do Mundo de natação adaptada

Filipe Santos voltou a fazer história. O nadador algarvio bateu o recorde do Mundo na prova dos 25 metros mariposa, na Classe SM21 - Síndrome de Down, durante o Campeonato de Inverno de Natação Adaptada. …