Cavaco: Não votar é abdicar de um direito

presidencia.pt

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva

O Presidente da República apelou hoje aos portugueses para que este domingo exerçam o seu direito de voto nas eleições para o Parlamento Europeu, lembrando que as decisões das instituições europeias têm “impacto muito direto” no dia-a-dia.

“A União Europeia é vital para o desenvolvimento económico e social do país e para a nossa projeção e influência internacional. As decisões tomadas nas instituições europeias têm um impacto muito direto no dia-a-dia dos Portugueses”, referiu o chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, numa mensagem a propósito as eleições para o Parlamento Europeu, onde serão eleitos os 21 eurodeputados portugueses.

Apelando a que todos os eleitores “não deixem de exercer o seu direito de voto”, Cavaco Silva notou que se trata de uma eleição muito importante para Portugal e que existem “diversas e relevantes razões” para votar.

Por um lado, disse, o Parlamento Europeu é a única instituição europeia com representantes diretamente eleitos, sendo que ao longo de quatro dias, cerca de 380 milhões de eleitores dos 28 países da União elegem os seus deputados europeus, “naquela que constitui uma eleição única no Mundo”.

Por outro lado, continuou, Portugal beneficiou nas últimas décadas de programas europeus que “em muito contribuíram para a melhoria das condições de vida das populações e para o progresso do país nos mais diversos domínios”, nomeadamente na educação e modernização das atividades económicas e das infraestruturas nacionais e locais.

“A eleição dos deputados para um parlamento onde estão representados cerca de 500 milhões de cidadãos europeus constitui um aspeto fundamental da nossa participação na construção europeia e da própria defesa do interesse nacional”, enfatizou, reiterando que é fundamental que a voz de cada um dos povos europeus seja ouvida na assembleia onde se reúnem os representantes dos 28 Estados-membros.

Insistindo que “a Europa tem cada vez mais impacto no quotidiano dos portugueses” e o Parlamento Europeu tem cada vez mais poderes na União Europeia, o chefe de Estado notou que “o papel a desempenhar e o trabalho a desenvolver pelos deputados assumem particular relevância”.

“É fundamental, insisto, participarmos ativamente na escolha dos nossos representantes e fazermos ouvir a nossa voz em prol da Europa e de Portugal”, disse.

Cavaco Silva reconheceu, contudo, que em anteriores eleições para o Parlamento Europeu se registaram elevados níveis de abstenção “e que as previsões indicam que tal pode voltar a acontecer” no domingo.

Não votar amanhã é abdicar de um direito, do direito fundamental de participar nas escolhas que influenciam o futuro da Europa. Apelo a todos os portugueses a que amanhã [domingo], através do seu voto, participem na escolha dos deputados para o Parlamento Europeu”, repetiu.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Além de sermos bons ouvintes, também deveríamos tentar comunicar com extraterrestres

Desde há muito tempo que os seres humanos são fascinados pela ideia de não estarmos sozinhos no Universo. Um cientista sugere que para além de tentar escutar sinais extraterrestres, deveríamos também investir em enviar mensagens …

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …