Casos de covid-19 sobem 7,5% em Portugal. Há 140 mortos

Manuel De Almeida / Lusa

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde, há 6.408 casos de covid-19 em Portugal – mais 446 do que no domingo. Mortes sobem de 119 para 140 e o número de recuperados mantém-se nos 43.

O número de casos confirmados de covid-19 subiu para os 6.408, o que constitui um aumento de 7,5% em relação ao dia anterior. Há 571 pessoas internadas, entre as quais 164 nos cuidados intensivos.

O Norte voltou a ser a região com maior aumento de casos, 251 em relação a domingo, numa subida de 7%, tal como Lisboa e Vale do Tejo (99, num total de 1577) e no Algarve (oito, num total de 116).

A região Centro tem mais 75 casos, num total de 784. O Alentejo teve um abrandamento na subida, com apenas mais quatro casos.

A maior subida verificou-se nos Açores, que passaram de 33 para 41 casos.

O maior crescimento deu-se na faixa acima dos 80 anos (mais 78) e 30% dos 446 novos casos positivos foi acima dos 70 anos.

A percentagem de mulheres infetadas tem vindo a subir de forma ligeira e gradual, com mais 64 mulheres do que homens infetados, num total de mais 616.

O número de países e de casos importados não teve alterações em comparação com as informações da véspera: mantêm-se os 38 países com casos importados, num total de 427 casos identificados com especial incidência para Espanha, França e Reino Unido (com mais 13 casos do que Itália).

Os números oficiais dão conta de que há um total de 140 mortes em Portugal, mais 21 em comparação com domingo. A incidência maior fixa-se de novo nas pessoas acima dos 80 anos, com 15 casos. A informação disponibilizada esta segunda-feira não faz ainda referência ao jovem de 14 anos de Ovar que faleceu este domingo em Santa Maria da Feira. Há apenas os casos de duas mulheres abaixo dos 50 anos

O número de recuperados mantém-se nas 43 pessoas. Em conferências de imprensa, no domingo, a ministra da Saúde, Marta Temido, realçou que os números podem estar enviesados por atrasos temporais.

“Este vírus não dá tréguas”

Na conferência de imprensa, o secretário de Estado da Saúde António Lacerda Sales diz que “há duas semanas fecharam as escolas e há duas semanas que as famílias estão nas suas casas a fazer a sua parte nesta luta contra a pandemia”. “Temos todos de continuar este trabalho porque este vírus não dá tréguas”.

O responsável agradeceu aos portugueses que têm sido “exemplares” neste comportamento cívico, mas “aos que ainda hesitam em seguir esta conduta, tentados por uma manhã de sol ou por uma falsa ideia de invencibilidade”. “Ficar em casa é salvar vidas”, disse.

Segundo António Lacerda Sales, as prioridades são “testar, isolar, proteger e tratar”.

O responsável explicou que a reserva nacional recebeu, na semana passada, mais de 66 mil testes, 5,2 milhões de máscaras cirúrgicas e 1,2 milhões de respiradores FFP2 entre outros equipamentos como batas e fatos. “Hoje mesmo devem chegar 700 mil respiradores FFP2 e 200 mil testes. Nos próximos dias, 100 toneladas de equipamentos de proteção individual”.

Os primeiros casos confirmados foram registados no dia 2 de março e o país encontra-se em estado de emergência desde as 0h de 19 de março e até às 23h59 de 2 de abril.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 640 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 30.000. Dos casos de infeção, pelo menos 130.600 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia. Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Moratórias no crédito prolongadas até 31 de março de 2021

O Governo decidiu estender a moratória nos empréstimos dos bancos às famílias e empresas afetadas pela crise. As prestações e juros só voltarão a ser pagos depois de 31 de março de 2021, apurou o …

Santana Lopes deixou funções executivas no Aliança. Mas não "deserta"

O fundador do partido Aliança deixou, recentemente, as suas funções executivas por "motivos profissionais", mas promete "não desertar", "muito menos em alturas difíceis". No passado dia 15 de maio, Pedro Santana Lopes pediu a suspensão das …

Pela primeira vez em 30 anos, Hong Kong proíbe vigília em memória de Tiannamen

Pela primeira vez em 30 anos, tanto Hong Kong como Macau não vão ter vigílias em homenagem às vítimas do massacre de Tiananmen. A Polícia de Hong Kong proibiu a vigília em memória do massacre de …

Portugal com mais 8 mortos e 331 casos positivos em 24 horas

Portugal registou mais oito mortes e 331 casos positivos de infeção pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde. Esta quinta-feira, Portugal registou 1.455 mortes por …

IL rejeita Marcelo Rebelo de Sousa e aposta em Adolfo Mesquita Nunes

O Iniciativa Liberal (IL) não vai apoiar a eventual recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa. Para o partido, um dos nomes em cima da mesa para as Presidenciais é "fácil" e só depende da "vontade …

Comissão Europeia "otimista" na rápida retoma económica em Portugal

A Comissão Europeia diz estar "razoavelmente otimista" sobre uma "rápida recuperação" económica de Portugal após a crise gerada pela covid-19 e considera que a forma como o país "controlou" a pandemia beneficiará a retoma do …

Nova Zelândia decreta em junho erradicação de contágios. Está há 13 dias consecutivos sem novos casos

A Nova Zelândia, país que tem sido apontado internacionalmente como exemplar no combate à pandemia de covid-19, prevê decretar a “erradicação da doença” no país no próximo dia 15 de junho. A informação foi avançada esta …

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …