/

Caso Selminho não faz Moreira tremer. Presidente pode ter maioria absoluta no Porto

José Coelho / Lusa

Rui Moreira apresenta a sua recandidatura à Câmara Municipal do Porto

Rui Moreira, recandidato à Câmara Municipal do Porto, pode repetir o resultado de há quatro anos, quando conquistou a autarquia com 44,5% dos votos. Atualmente, o candidato tem 45% das intenções de voto e nem as polémicas onde se vê envolvido diminuem a sua influência.

Segundo uma sondagem do ICS/ISCTE para a SIC e o Expresso, o candidato independente tem, neste momento, 45% das intenções de voto. No entanto, há ainda 17% de indecisos e uma margem de erro de 3,5%.

Com julgamento marcado para 16 de novembro – devido ao envolvimento no Caso Selminho – Rui Moreira está sujeito a perder o mandato, mas a maioria dos inquiridos portuenses mantém uma opinião positiva sobre o atual Presidente.

No PS, depois da indefinição para a escolha do candidato, Tiago Barbosa Ribeiro, líder do PS no Porto, deverá ficar em segundo lugar, uma vez que a sondagem atribui-lhe 25% das intenções de voto.

Já para o PSD o cenário não é nada risonho na Invicta. Os sociais-democratas arrecadam apenas 8% das intenções de voto. A confirmar-se este resultado, Vladimiro Feliz ficaria abaixo do pior registo do partido no Porto, recorda o Observador, que ocorreu aquando da candidatura de Álvaro Almeida, professor universitário, que teve 10,39% na corrida de 2017.

Os “laranjas” estão a disputar o terceiro lugar com a CDU. Ilda Figueiredo volta a apresentar-se como cabeça de lista dos comunistas e conta, neste momento, com os mesmos 8% do PSD. Em quinto lugar, o Bloco de Esquerda tem 5% na sondagem.

Atualmente, 63% das pessoas consideram que o presidente da câmara está a fazer um “bom” trabalho, contra 23% que entendem estar a ser “mau”.

O teste à gestão da pandemia também é positivo para 68% dos participantes na sondagem. Na análise por áreas, o turismo passa no”‘exame”, que transita com “muito bom” ou “bom” na opinião de 64% dos auscultados.

Os inquiridos destacam algumas das áreas onde mais gostaram de ver o Presidente atuar, sendo elas à área dos transportes públicos, qualidade dos espaços públicos e a segurança da cidade, escreve o Expresso.

Em declarações à Sic Notícias, Rui Moreira assume que este resultado significa que os portuenses consideram que tem estado à altura. No entanto, foi cauteloso: disse que uma sondagem “vale o que vale” e que ainda faltam mais de dois meses para as eleições.

Ainda assim, sublinhou que a sondagem divulgada “é reconfortante para mim e para a minha equipa”.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.