No Japão, os carros voadores podem ser uma realidade já em 2023

O governo japonês está a investir desenvolvimento de carros voadores com o objetivo de comercializar este futurista modo de transporte já em 2023.

Vários conceitos de carros voadores estão a ser desenvolvidos em todo o mundo, com empresas como Airbus, Boeing e Uber a liderar a corrida. O sonho de fazer distâncias menores em veículos capazes de descolagem e aterragem vertical está muito vivo, especialmente no Japão, de acordo com o jornal local Japan Times.

Os projetos de carros voadores estão a receber a ajuda do governo do Japão, que pretende que iniciar a sua comercialização em 2023. O objetivo final do governo é usar o espaço aéreo para transportar pessoas nas grandes cidades, para evitar engarrafamentos e fornecer um novo meio de transporte em áreas montanhosas e ilhas remotas, ou para uso em caso de desastres naturais e outras emergências.

A empresa SkyDrive, do Japão, uma das mais novas start-ups de carros voadores do país, revelou recentemente o SD-XX, uma elegante aeronave para duas pessoas, do tamanho de um carro, com alcance de várias dezenas de quilómetros a 100 quilómetros por hora.

“Estamos a considerar lançar um serviço de táxi aéreo em grandes cidades, seja Osaka ou Tóquio, com voos iniciais sobre o mar, uma vez que seria muito arriscado sobrevoar muitas pessoas de repente”, disse Tomohiro Fukuzaw, CEO do SkyDrive e ex-engenheiro na Toyota, em declarações ao mesmo jornal.

Fukuzaw observou que o desenvolvimento está “a acelerar rapidamente com o aumento do número de funcionários no empreendimento”.

A start-up está a planear começar com viagens de ida e volta em vários resorts, incluindo o Universal Studios Japan. “O modelo inicial voará basicamente em piloto automático, mas não é 100% autónomo porque um piloto precisaria de manobrá-lo em caso de emergência, por exemplo”, explicou.

A meta da startup é vender pelo menos 100 veículos até 2028. Cada um teria o custo de um “carro caro”, segundo o CEO.

Fukuzaw está convencido que, em 2050, qualquer pessoa poderá voar para qualquer destino dentro dos 23 distritos da capital em 10 minutos.

A empresa espera concluir o seu primeiro teste de voo ainda este verão.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Astrónomos descobrem uma super-Terra perto de uma estrela gelada

Uma equipa de investigadores descobriu uma super-Terra a orbitar GJ 740, uma estrela anã fria localizada a cerca de 36 anos-luz do nosso planeta. Nos últimos anos, os cientistas têm levado a cabo uma busca exaustiva …

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …