Carros autónomos chegaram às estradas portuguesas

Esta segunda-feira vão começar os primeiros testes a carros autónomos nas estradas portuguesas. A A9/CREL – Circular Regional Externa de Lisboa -, em Lisboa, servirá de teste para as fabricantes.

Em parceria com a Brisa e o Instituto Pedro Nunes, da Universidade de Coimbra, os testes com carros autónomos decorrem no âmbito do projeto europeu AUTOC-ITS.

O projeto AUTOC-ITS visa desenvolver soluções para veículos autónomos poderem circular nas estradas europeias e o desenvolvimento de serviços colaborativos de transporte inteligente.

Os dois sentidos da CREL, entre os nós da Pontinha (km10) e de Odivelas (km17), terão uma via própria durante os próximos quatro dias e estarão dentro de uma formação de veículos da GNR.

Segundo a Brisa, os testes terão início a meio da manhã e prolongar-se-ão até meio da tarde para evitar as horas de maior congestionamento.

Os testes aos carros autónomos incluem uma série de desafios previamente estipulados. De acordo com o Observador, entre os desafios propostos existem o piso escorregadio, veículos parados ou marcha lenta. Em caso de emergência, um condutor poderá intervir no carro autónomo.

Os carros autónomos terão como objetivo responder adequadamente a cada desafio, superando cada obstáculo em segurança, sem comprometer a segurança de qualquer indivíduo.

Caso este projeto siga em frente, a legislação rodoviária terá de ser modificada. Atualmente, essas leis baseiam-se nas legislações rodoviárias de 1949 e de 1968 que estabelecem que somente veículos com condutor podem circular nas vias.

Ao Dinheiro Vivo, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária afirmou “estar atenta aos necessários ajustes de legislação rodoviária que resultam da condução autónoma”.

Até ao final de 2020, Portugal irá investir 8,35 milhões de euros para colocar os veículos nas estradas a comunicarem entre si e com as infraestruturas.

Bruxelas enviará um apoio financeiro que chegará aos 50% do investimento para apoiar a evolução das estradas portuguesas. O projeto C-Roads irá funcionar em cerca de mil quilómetros da rede de estradas portuguesas.

Os objetivos deste projeto passa por acabar com os mortos nas estradas até 2050, reduzir as filas de trânsito e diminuir as emissões do transporte rodoviário.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Aumento da temperatura pode vir a matar 1,5 milhões de indianos por ano

Se as emissões globais de gases de efeito de estufa não forem interrompidas, cerca de 1,5 milhões de indianos podem vir a morrer anualmente até 2100 devido ao aumento das temperaturas. Os números contam de …

O vencedor do Tour de France, Egan Bernal, pode ter beneficiado de uma vantagem genética

O ponto de viragem da Tour de France deste verão ocorreu no alto de uma montanha nos Alpes franceses. Foi o resultado de anos de treinamento e, de acordo com um estudo divulgado na segunda-feira, …

Mina Chang utilizou uma capa falsa da Time no CV e conseguiu chegar ao Governo de Trump

Mina Chang, vice-secretária adjunta do Gabinete de Operações de Conflitos e Estabilização do Departamento de Estado dos Estados Unidos, mentiu no seu currículo para conseguir alcançar um lugar no Governo de Donald Trump. De acordo com …

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …

Holanda reduz velocidade máxima nas autoestradas em prol da qualidade do ar (e deixa o primeiro-ministro "muito infeliz")

O Governo holandês vai baixar os limites de velocidade nas autoestradas do país para travar as emissões de monóxido de nitrogénio, que contribui para a degradação da camada de ozono. O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou …

Facebook para iOS utiliza câmara do iPhone sem que o utilizador note

Há um erro na aplicação do Facebook para iOS - sistema operativo do iPhone - que liga a câmara do telemóvel sem que o utilizador se aperceba quando este faz scrool no feed de …

Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa

O construtor de carros elétricos Tesla vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim, anunciou o presidente executivo da empresa, Elon Musk, na terça-feira à noite ao receber um prémio na capital alemã. “Tenho uma informação …

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …