Carrilho absolvido do crime de violência doméstica por falta de provas

Tiago Petinga / Lusa

O ex-ministro da Cultura, Manuel Maria Carrilho

O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho foi absolvido do crime de violência doméstica contra a ex-mulher Bárbara Guimarães. A juíza do processo considera que não há provas suficientes para uma condenação.

Manuel Maria Carrilho era acusado de violência doméstica e de 23 crimes de difamação, contra a sua ex-mulher Bárbara Guimarães, num processo que respeita a acusações relacionadas com o período em que os dois estiveram casados.

No final de Outubro, o ex-ministro foi condenado a quatro anos de prisão, com pena suspensa, pelo crime de violência doméstica num outro processo movido por Bárbara Guimarães, por factos ocorridos já depois do divórcio.

Agora é ilibado de quase todos os crimes que lhe eram imputados, menos um, de difamação, relacionado com declarações que prestou à comunicação social sobre o alegado problema de alcoolismo de Bárbara Guimarães.

Foi condenado a 150 dias de multa, num total de 900 euros, e ainda ao pagamento de uma indemnização de três mil euros por danos não patrimoniais à apresentadora.

Quanto ao crime de violência doméstica, a juíza Joana Ferrer fala em “prova pericial inconclusiva” e refere que a “prova testemunhal abundante”, “não foi capaz de sustentar a acusação”. “Não resulta da matéria de facto provada que o arguido tem cometido o crime de violência doméstica”, destaca também, citada pela Lusa.

Reagindo à sentença, Carrilho diz-se “aliviado” e “feliz”, conforme declarações que prestou aos jornalistas à saída do tribunal. “Acho que se fez justiça”, notou o ex-ministro.

“Chega para mim ao fim um verdadeiro calvário de quatro anos em que tantas falsidades se espalharam, assentes em provas que não existiram e numa vítima que se revela tratar-se de uma falsa vítima“, realçou ainda.

O seu advogado diz que está já à espera do recurso da defesa e refere que o processo assentava numa “prova muitíssimo débil” e que, por isso, o Ministério Público nem sequer deveria ter deduzido acusação.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Pescador encontra destroços de navio que terá naufragado há mais de 200 anos

Arqueólogos mexicanos localizaram os destroços de um navio na costa do estado de Quintana Roo, no México, e acreditam que o mesmo terá naufragado há mais de 200 anos. De acordo com a BBC, o naufrágio …

Bloco apoia travão ao desconfinamento na região de Lisboa

O Bloco de Esquerda apoiou o adiamento do levantamento de restrições impostas pela pandemia na região de Lisboa e Vale do Tejo, destacando que é importante aumentar a vigilância nas empresas de construção e trabalho …

Descoberto "cemitério" de mamutes nos arredores da Cidade do México

Investigadores descobriram um "cemitério" com cerca de 60 mamutes nos arredores da Cidade do México, avança o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH) do país. De acordo com o site Live Science, a descoberta aconteceu, …

David Luiz confirma rumores. Regresso "vai acontecer se o presidente permitir e os adeptos quiserem"

David Luiz confirmou este sábado os rumores que davam conta que o Benfica e o jogador estavam a negociar um eventual regresso do brasileiro à Luz. Em entrevista ao desportivo Record, David Luiz confirmou a …

Cães treinados para proteger animais selvagens salvam 45 rinocerontes

Há inúmeras razões que explicam o motivo pelo qual os cães são conhecidos como o melhor amigo do Homem. Além de leais e inteligentes, dão sempre o corpo às balas, mesmo nos piores momentos. Quarenta e …

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …