Carlos César: Se o Governo não resolver a crise no SNS, “vai ser complicado justificar-se”

Manuel de Almeida / Lusa

O presidente do PS, Carlos César

O ex-líder da bancada parlamentar do PS diz que o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e a sua degradação são um dos grandes desafios deste Governo.

Convidado no programa “Almoços Grátis”, da TSF, Carlos César abordou aquele que é um dos temas mais preocupantes da atualidade: a degradação do Serviço Nacional de Saúde.

O socialista argumenta que houve um desinvestimento em anos anteriores e aponta os dois grandes problemas com que o Governo se debate neste momento: a gestão de recursos humanos e as listas de espera.

O ex-líder da bancada parlamentar do PS diz que, ou o Governo resolve os problemas na Saúde, ou vai ter muita dificuldade em explicar-se aos portugueses. César admite que este será mesmo “um grande desafio deste Governo”.

Relativamente ao pacto de permanência no Serviço Nacional de Saúde, o socialista diz que este tema se “transformou rapidamente numa imposição que nunca foi apresentada como tal”, admitindo, porém, que o PS é apologista desta estratégia.

“Defendemos o pacto de permanência”, afirma César, explicando que, depois da conclusão da especialização, os médicos devem receber benefícios por esse acordo que não será vinculativo, mas celebrado livremente.

Em julho, o socialista anunciou que não ia voltar a ser candidato a deputado nas eleições legislativas de 6 de outubro, dizendo que esta era uma decisão que estava tomada desde 2015.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas o governo não é socialista apoiado pelos partidos de esquerda? Não se tentem desresponsabilizar. Se os partidos de esquerda não investirem no sistema de saúde, etc, etc, etc.

  2. Mais Ética, Honestidade, Altruísmo, Competência e erradicação da Corrupção Generalizada. Veremos que sobrará dinheiro para tudo !!!!……………………… mas que estou eu a dizer ?????….completamente utópico !… Juro que não bebi nada !

RESPONDER

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …

A nova primeira-ministra da Finlândia é a pessoa mais nova de sempre a ocupar o cargo

A ministra dos Transportes da Finlândia, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do país, o que fará dela a pessoa mais nova de sempre — e terceira mulher — a ocupar …

Flamengo de Jesus goleado pelo Santos na despedida do "Brasileirão"

O já campeão Flamengo sofreu, este domingo, a primeira derrota depois de quatro meses, na visita ao Santos, por 4-0, na última jornada do campeonato brasileiro. Na Vila Belmiro, a formação do Rio de Janeiro, já …