Carga viral pode manter-se até 40 dias, avisa epidemiologista

Massimo Percossi / EPA

O oficial de emergência da OMS defende que passageiros que chegaram a Angola provenientes de Portugal entre 17 e 21 de março devem ser testados, porque carga viral pode manter-se por cerca de 40 dias.

A carga viral do novo coronavirus pode manter-se por cerca de 40 dias, justificando a necessidade de testar os passageiros que chegaram a Angola provenientes de Portugal entre 17 e 21 de março e que ainda não tiveram alta epidemiológica.

A informação foi veiculada à Lusa pelo oficial de emergência da Organização Mundial de Saúde (OMS) em Angola, explicando que o passo anunciado pelas autoridades sanitárias angolanas na terça-feira “é muito importante” e segue as orientações internacionais.

“A OMS orienta a testagem em massa, tanto dos passageiros como da comunidade”, disse Walter Firmino, explicando que até agora foram testados os contactos diretos dos passageiros provenientes desses voos e cujos resultados foram positivos, durante o período de 14 dias da quarentena.

Na terça-feira, o secretário de Estado para a Saúde Pública angolano, Franco Mufinda, anunciou que as autoridades sanitárias vão recolher amostras de todos os passageiros provenientes de Lisboa entre 17 e 19 de março.

“Este segundo passo do MINSA (Ministério da Saúde) é muito importante. O que se está a fazer agora é expandir [a base de amostragem], tentar descartar se há mais pessoas afetadas”, indicou Walter Firmino, explicando que as pessoas podem estar assintomáticas e ter sido contaminadas pelo vírus, podendo transmiti-lo para além dos 14 dias definidos para quarentena.

“O período de incubação é de 14 dias e durante esse período a pessoa pode desenvolver ou não a doença, mas uma pessoa assintomática pode ter a carga viral durante mais ou menos 40 dias e pode transmitir o vírus”, adiantou o epidemiologista Por isso, “as pessoas só têm alta de quarentena depois de serem testadas”.

Segundo o especialista, no caso de o teste ser positivo “as pessoas são automaticamente encaminhadas para centro de tratamento”.

Quem estiver de quarentena e assintomático não tem alta epidemiológica antes de fazer um novo teste, pelo que os passageiros dos voos continuam em quarentena domiciliar e o MINSA “vai fazer os testes para confirmar se são portadores ou não”.

Esta quarta-feira inicia-se a colheita de amostras para os passageiros de dois voos Lisboa-Luanda, em 17 de março, no Hospital Américo Boavida e na Escola Nacional de Saúde Publica (ENSP).

Na quinta-feira serão testados passageiros de mais um voo Lisboa-Luanda em 17 de março, no Hospital Américo Boavida, e de passageiros provenientes de Lisboa em 18 de março na ENSP.

Na sexta-feira serão colhidas amostras de outro voo de 18 março e de um voo de 19 de março, ambos provenientes de Lisboa.

No sábado deverão ser feitas colheitas dos passageiros do voo Porto-Luanda de 21 de março. Todos os voos incluídos neste processo foram operados pela transportadora angolana TAAG.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Quarentena sempre quis dizer “quarenta”, dias no caso… se os antigos marinheiros ficavam 40 dias isolados, eles lá saberiam porquê!

RESPONDER

Portugal é o primeiro país europeu a receber o selo "Safe Travels"

Portugal foi o primeiro país europeu a receber o selo "Safe Travels", que reconhece um compromisso com a segurança, informou esta quinta-feira o Governo. A distinção, atribuída pelo World Travel & Tourism Council (WTTC), pretende certificar …

Ventura reforça poder no Chega. Direção pode suspender militantes

No dia 30 de maio, foram aprovados dois regulamentos que dão poder à direção do Chega para suspender militantes do partido. Segundo avança a revista Sábado, no passado fim de semana, o Conselho Nacional do partido …

Egípcio submeteu as três filhas a mutilação genital feminina. Agora, vai ser julgado

Um pai terá dito às três filhas que iam ser vacinadas contra a covid-19, mas, quando acordaram, tinham sido mutiladas. Um cidadão egípcio vai ser julgado por, alegadamente, ter forçado as três filhas menores a serem …

Vacina da Universidade de Oxford para a covid-19 será testada no Brasil

A vacina contra a covid-19 em que trabalham os cientistas da Universidade de Oxford será testada no Brasil, pelo nível de infeção naquele país, revelou esta sexta-feira o Times. Com o declínio nos casos de coronavírus …

Esta noite há um eclipse penumbral da Lua

Esta noite tem bons motivos para atrasar o jantar: ao início da noite desta sexta-feira, haverá um eclipse penumbral da Lua. A Lua vai ficar na penumbra na noite desta sexta-feira. Pouco antes das 21h, em …

Depois de Latifa e Haya, mais uma princesa pediu ajuda para fugir do Dubai (e está desaparecida)

Depois da fuga da princesa Latifa e da princesa Haya do Dubai, outra jovem gravou um vídeo a pedir ajuda para escapar dos seus pais. Agora, está desaparecida. De acordo com o jornal espanhol El País, …

Caso Maddie. Suspeito alemão alvo de nova investigação por crime semelhante na Alemanha

Christian B., de 43 anos, poderá estar associado ao desaparecimento de uma menina de cinco anos, em 2015, na Alemanha. De acordo com a agência DPA, o Ministério Público alemão abriu uma nova investigação sobre o …

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …