Candidato a Presidente do Brasil Eduardo Campos morre em acidente de avião

Renato Araujo / ABr

Eduardo Campos, político brasileiro, líder do PSB, ex-Governador de Pernambuco e candidato à presidência do Brasil

Eduardo Campos, político brasileiro, líder do PSB, ex-Governador de Pernambuco e candidato à presidência do Brasil

O candidato à presidência brasileira pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), Eduardo Campos, morreu esta manhã num acidente aéreo no litoral de São Paulo, segundo confirmou o deputado federal Julio Delgado.

Eduardo Campos estava na aeronave particular que deixou hoje o Rio de Janeiro e se despenhou perto de São Paulo. No avião seguiam Eduardo Campos e mais 6 membros da sua candidatura.

Entre as vítimas encontram-se o jornalista Carlos Percol, o fotógrafo Alexandre Severo e o cineasta Marcelo Lyra.

Ao contrário do inicialmente noticiado pela imprensa brasileira, a mulher do candidato, Renata Campos, que habitualmente o acompanha, não seguia no avião, tendo apanhado um voo comercial esta manhã para regressar a casa após uma acção de campanha com Eduardo Campos.

No seu comunicado, Julio Delgado informou ter falado com o presidente do PSB de São Paulo, Marcio França, que confirmou que não houve sobreviventes na queda do avião.

A aeronave de pequeno porte caiu na manhã desta quarta-feira sobre uma residência na cidade de Santos, litoral sul de São Paulo.

O acidente terá ocorrido por volta das 10h.

Segundo fontes do partido, Eduardo Campos não estava acompanhado da candidata a vice-presidente, Marina Silva.

De acordo com o Comando da Aeronáutica, a aeronave é um Cessna 560XL,  que saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto de Guarujá (SP).

Quando se preparava para pousar, o avião arremeteu devido ao mau tempo, após o que o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

As entidades aeronáuticas informaram que já iniciaram as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente.

d.r. Eduardo Campos

Eduardo Campos e a esposa Renata, ao lado dos cinco filhos: Eduarda, João, Pedro, José e o bebé Miguel

Eduardo Campos e a esposa Renata, ao lado dos cinco filhos: Eduarda, João, Pedro, José e o bebé Miguel

Economista conceituado, político influente

Eduardo Campos nasceu no Recife, há 49, feitos no passado domingo, 10 de Agosto.

Trabalhou como economista e político. Exerceu funções como Governador de Pernambuco e Presidente do PSB. Exerceu mandatos de Deputado Estadual, Deputado Federal, Secretário da Fazenda de Pernambuco e Ministro da Ciência e Tecnologia.

Foi considerado pela Revista Época um dos 100 brasileiros mais influentes do ano de 2009.

Eduardo Campos era neto de Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco, e considerado o seu principal herdeiro político.

Era filho de Maximiano Campos e da ex-deputada federal e ministra do Tribunal de Contas Ana Arraes.

Campos deixa 5 filhos. Era casado com a também economista e auditora do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco Renata Campos, que tinha acompanhado o candidato a uma entrevista, esta manhã, no Rio de Janeiro.

Após a entrevista, Renata Campos e o filho mais novo do casal, Miguel, com apenas alguns meses de idade, regressaram ao Recife num voo comercial.

Também a candidata a vice-presidente Marina Silva e o sobrinho do candidato, Rodrigo Molina, que estava previsto que viajassem no mesmo avião, escaparam à tragédia. Molina regressou ao Recife com Renata Campos.

 

 

ZAP / Lusa / ABr

PARTILHAR

RESPONDER

Milhares de manifestantes impedem abertura do parlamento do Líbano

Milhares de manifestantes bloquearam esta terça-feira os acessos ao parlamento do Líbano, obrigando a adiar novamente a análise de várias leis, como a que prevê uma amnistia a quem tem impostos em dívida, contestada por …

Huawei quer implementar 5G no Brasil

O Presidente do Brasil afirmou na segunda-feira que a gigante das telecomunicações chinesa Huawei pretende instalar a tecnologia de quinta geração (5G) no país, mas rejeitou que tenha sido feita uma proposta. O anúncio foi feito …

Benfica lança OPA para controlar SAD. Ações valorizam 70%

As ações da Benfica SAD estavam a valorizar 70%, para os 4,70 euros, um dia depois da Sport Lisboa e Benfica SGPS ter lançado uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre 28,067% do capital da …

Califórnia processa empresa por promover cigarros eletrónicos com sabores para atrair jovens

A Califórnia, nos Estados Unidos (EUA), abriu na segunda-feira um processo contra a Juul, marca líder de cigarros eletrónicos, acusando-a de desenvolver uma estratégia de marketing focada na conquista de menores de idade para adquirir …

Luis Enrique volta a assumir o comando da seleção espanhola

O treinador vai reassumir as funções de selecionador de futebol de Espanha, que deixou para acompanhar a doença da filha, que faleceu em agosto com um cancro ósseo. Luis Enrique, de 49 anos, regressa aos comandos …

Governo suspendeu 18 obras na ferrovia consideradas prioritárias

A Infraestruturas de Portugal (IP) adiou e/ou atrasou ou 18 obras do setor ferroviário que estavam contemplados no programa Ferrovia 2020 e eram consideradas prioritárias. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Suspeito do roubo das pistolas Glock implicou Direcção da PSP (mas nunca foi interrogado sobre isso)

O polícia que está acusado do roubo das pistolas Glock da PSP insinuou, em conversas telefónicas, que haveria chefias da Direcção Nacional desta força policial envolvidas na prática do crime. Apesar disso, nunca terá sido …

O Natal traz emoções fortes. Viva-as intensamente

Quando o tempo frio faz as suas primeiras aparições, quase imediatamente alguém afirma “não tarda nada estamos no Natal”. De facto, a quadra natalícia é o grande prémio de consolação do Inverno: o motivo pelo qual …

Estádio para os Jogos Olímpicos concluído antes da data prevista

O estádio Nacional Japonês, sede dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio de 2020, está concluído, a um mês da estreia oficial, informou esta terça-feira o organismo proprietário do complexo. De acordo com o Conselho de …

Suécia deixa cair investigação de violação contra Julian Assange

O Ministério Público sueco deixou cair a investigação de um caso de violação alegadamente cometido por Julian Assange, fundador do WikiLeaks, em 2010. "O Diretor Adjunto do Ministério Público, Eva-Marie Persson, decidiu hoje [terça-feira] descontinuar a …