Brasileiros voltam às urnas para escolher entre Dilma e Aécio

Senado Federal / Flickr

O então Senador Aécio Neves cumprimenta a presidente da República, Dilma Rousseff, durante uma sessão solene do Congresso destinada à devolução simbólica do mandato presidencial ao ex-presidente João Goulart

O então Senador Aécio Neves cumprimenta a presidente da República, Dilma Rousseff, durante uma sessão solene do Congresso destinada à devolução simbólica do mandato presidencial ao ex-presidente João Goulart

Mais de 142 milhões de brasileiros vão hoje às urnas para escolher o novo Presidente do país na segunda volta das eleições, marcadas por uma forte polarização entre os dois candidatos.

Na disputa estão a atual Presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores (PT), mais identificada com a esquerda; e o ex-senador e ex-governador de Minas Gerais, Aécio Neves, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), candidato preferido dos empresários.

Aécio Neves, que chegou a ser apontado nas sondagens que antecederam a primeira volta, a 05 de outubro, como o terceiro colocado, surpreendeu ao obter 33,5%, ultrapassando, em muito, a candidata que era apontada como a segunda colocada, Marina Silva, que alcançou 21% dos votos.

Os 20 dias que separaram a primeira da segunda volta foram marcados pela procura do apoio dos eleitores de Marina Silva – que endossou o seu apoio a Aécio Neves – e por uma forte campanha de acusação, de ambos os lados, o que se refletiu em aclamados debates nas redes sociais também entre os eleitores.

De um lado, os apoiantes de Aécio Neves acusam o governo ‘petista’ de corrupção, recordando as recentes denúncias de desvio de verbas na petrolífera brasileira Petrobras e os políticos do partido condenados no processo do ‘mensalão’; enquanto, do outro, os ‘dilmistas’ ressaltam escândalos ocorridos também durante o governo do PSDB, em estados como Minas Gerais e São Paulo.

O campo da economia também tem gerado fortes embates, com o candidato da oposição a criticar o atual governo pelo parco desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) nos últimos anos, enquanto a atual presidente aponta a crise internacional como única culpada da queda no ritmo de crescimento interno.

De um lado, Dilma Rousseff é tida como a representante dos trabalhadores e a certeza da continuidade aos programas sociais, como o ‘Bolsa Família’, que conseguiu tirar milhões de pessoas da miséria desde o governo de Lula da Silva (2003).

Do outro, Aécio Neves, identificado como o candidato mais à direita, preferido da classe empresarial, tem ganho força com uma campanha baseada na promessa de “mudança” e gestão mais eficiente, com um Estado mais “enxuto”.

A polarização, que já tinha alimentado as redes sociais, chegou também às ruas nos últimos dias, em atos que reuniram milhares de pessoas, a favor dos dois candidatos.

Nas sondagens de opinião, Dilma Rousseff tem aparecido na frente – 54%, face a 46% de Aécio – vantagem, no entanto, muito próxima da margem de erro, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Hoje será também dia de eleitores de alguns estados brasileiros voltarem a dar o seu voto para a eleição de governadores provinciais, no caso dos que ainda não elegeram os seus representantes na primeira volta, designadamente o Rio de Janeiro.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta pode acrescentar página de centenas de milhões de anos à história evolutiva dos animais

Uma nova descoberta fóssil pode adicionar centenas de milhões de anos à história evolutiva dos animais. Já se perguntou como e quando é que os animais mergulharam no estágio evolucionário? Quando, onde e porque é que …

Governo quer aliviar impacto da subida do gasóleo nos transportes

O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, anunciou que o Governo está disponível para aliviar o impacto da subida do gasóleo nos transportes. A ideia é transversal a todo o espectro do Governo: tanto António …

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

Mesmo que Marcelo dissolva o Parlamento, Costa pode ficar a gerir os fundos europeus

Se o Orçamento do Estado chumbar, o Presidente dissolve o Parlamento, mas mesmo ainda assim, António Costa fica com plenos poderes e pode gerir os fundos europeus. Numa altura em que o Orçamento do Estado ainda …

Em África, as hienas têm um papel importante na prevenção de doenças de saúde pública

Muitas das vezes são temidas, mas as hienas podem ser essenciais não só para a economia como para a saúde pública de um país. Um estudo mostrou a relevância do seu papel numa cidade africana. Num …

Rui Moreira toma hoje posse para terceiro e último mandato no Porto

O independente Rui Moreira toma hoje posse para o terceiro e último mandato como presidente da Câmara Municipal do Porto e, após ter vencido as autárquicas de setembro sem maioria absoluta, estabeleceu um acordo de …

Liga dos Campeões: Benfica à frente do Barcelona, Sporting e FC Porto na Liga Europa

Nesta altura, o Benfica tem mais possibilidades do que o Barcelona de continuar na Liga dos Campeões. Sporting e FC Porto ficariam no terceiro lugar. No dia do início da terceira jornada da fase de grupos …

Em todo o mundo, os lagos estão a mudar drasticamente - mas ainda há uma esperança

As temperaturas dos lagos estão a aumentar e, como tal, a cobertura de gelo que aparece sazonalmente também se está a tornar menor. O fenómeno está a acontecer em todo o mundo. Um estudo, publicado na …

Gás quente proveniente do buraco negro supermassivo no centro do sistema Nest200047

Parecem um vulcão. Os buracos negros emitem "fumo intergaláctico"

Uma equipa de cientistas observou, pela primeira vez, a evolução do gás quente emitido por um buraco negro ativo. A equipa conseguiu observar estas estruturas – que fazem lembrar as correntes de fumo produzidas pelas erupções …

Quem pode suceder a Solskjaer no United? Conte está em cima da mesa, mas CR7 quer Zidane

A onda de maus resultados do United têm posto em causa o técnico Ole Gunner Solskjaer. Conte está interessado, mas Ronaldo quer voltar a ser orientado por Zinedine Zidane. Os recentes maus resultados do Manchester United …

Há 42 anos, andámos "À Boleia pela Galáxia" - e descobrimos a resposta para a vida, o universo e tudo mais

Assinalam-se este mês os 42 anos da série de livros de ficção científica de Douglas Adams. Mais de quatro décadas depois, a história excêntrica continua relevante e a atrair fãs. Muitos filósofos questionaram-se durante séculos sobre …