Cada português já pagou 1950 euros para salvar bancos

European Parliament / Flickr

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu

De acordo com um novo estudo lançado pelo Banco Central Europeu, entre 2008 e 2014, a ajuda de Portugal para salvar os bancos custou 19,5 mil milhões de euros, o que equivale a 1950 euros por cada habitante.

Os contribuintes portugueses foram chamados a gastar o equivalente a 11,3% do PIB para ajudar e salvar bancos, ou seja, 19,5 mil milhões de euros diz o Banco Central Europeu num estudo sobre o “impacto orçamental do apoio ao setor financeiro durante a crise”.

Esta não é uma das maiores fatias da zona euro, já que, por exemplo, na Irlanda o custo atingiu 31,1% do PIB, na Grécia chegou a 22,1% e na Irlanda foi de 18,8%, diz o Diário de Notícias.

No entanto, o governo português falhou redondamente em reaver esse dinheiro público, já que a taxa de recuperação dos ativos foi praticamente nula.

A taxa foi “particularmente baixa na Irlanda, em Chipre e Portugal, ao passo que é relativamente alta na Holanda” pode ler-se no estudo.

“A maioria dos governos da zona do euro apoiaram o setor financeiro com um conjunto de medidas”, mas estas variaram de país para país e isso refletiu-se na forma como os países recuperaram o seu capital.

De acordo com o DN, algumas das medidas foram, por exemplo, comprar os ativos ilíquidos dos bancos, com empréstimos diretos às instituições; comprar ativos, incluindo ações, e títulos de dívida, tendo os governos dado em troca dinheiro ou outros colaterais a preços de mercado; injetar capital nas instituições em dificuldades comprando ativos “bem acima do valor de mercado”.

“Estas recapitalizações tinham o objetivo de cobrir as perdas acumuladas dos bancos e eventualmente resultaram em perdas para os governos”.

A ajuda à banca já custou 19,5 mil milhões aos portugueses, o que se traduz em 1950 euros por cada português.

Já o feito acumulado no défice português foi de 2,9% do PIB ou 5018 milhões de euros.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. É por essas e por outras, que os que eram remediados estão pobres, os pobres estão mais pobres e os ricos estão mais ricos…
    Quem originou a crise quem foi?

  2. A mim ninguém me pediu NADA! E mesmo assim usaram o NOSSO dinheiro!
    Por mim, teria bem ajudado os pobres coitados que ficaram sem as poupanças de uma vida! A esses, teria todo o gosto em ter ajudado com os meus impostos! Não os bancos sanguessugas!!!
    Olhem para o exemplo da Islândia! Banqueiros criminosos julgados. Nem um tusto mais para essa corja que só faz asneiras usando o dinheiro dos OUTROS!

  3. Partindo da cacha noticiosa, se foi necessário comprar “ativos ilíquidos dos bancos, com empréstimos diretos às instituições; comprar ativos, incluindo ações, e títulos de dívida, tendo os governos dado em troca dinheiro ou outros colaterais a preços de mercado; injetar capital nas instituições em dificuldades comprando ativos “bem acima do valor de mercado”” então a extrapolação do relatório e da própria notícia peca por não referir os efeitos observados entre 2008 e 2011(anterior ao resgate) e o mesmo entre 2011 e 2014! O que seria curioso, uma vez que a dívida subiu a “2 velocidades” desde 2007 até ao 1º semestre de 2011 e depois daquele ano!

  4. “…No entanto, o governo português falhou redondamente em reaver esse dinheiro público, já que a taxa de recuperação dos ativos foi praticamente nula.”
    De 2008 a 2014… Dois governos iguais!!

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …