Britânicos estão a usar alfinetes na roupa em defesa dos imigrantes

Pessoas por todo o Reino Unido estão a usar um alfinete na roupa para mostrar a sua solidariedade para com os imigrantes que, nos últimos dias, têm sido vítimas de ataques racistas e xenófobos.

O Reino Unido vive vários problemas na sequência do referendo que, na passada quinta-feira, ditou a saída do país da União Europeia.

Entre a instabilidade económica e política, parece que o Brexit também foi capaz de acordar vários xenófobos e racistas que estavam escondidos na sua toca.

Nos últimos dias, são vários os casos de ataques contra imigrantes que vivem no país, nomeadamente, entre portugueses que estão em Inglaterra há vários anos.

De acordo com as autoridades britânicas, desde a sexta-feira que se seguiu ao referendo, registaram-se mais 57% de queixas de crimes de ódio.

O próprio primeiro-ministro, David Cameron, que se mantém em funções até outubro, já condenou estes ataques, alertando para o facto destas pessoas “terem dado uma magnífica contribuição ao país”.

Foi graças a este comportamento que Allison, uma norte-americana a viver em Londres, decidiu fazer alguma coisa que pudesse mostrar a sua solidariedade para com os imigrantes que vivem no Reino Unido.

“Comecei a ver e a ouvir falar de pessoas que tinham sido atacadas em locais como autocarros e comboios”, começou por dizer ao The Guardian.

“Estava a ver o Europeu com o meu marido e perguntei: ‘Como é que podemos mostrar às pessoas em público que estamos com elas?'”.

“Não queríamos obrigar as pessoas a ter de sair de casa para comprar alguma coisa, por isso, lembrei-me de um alfinete. A maior parte das pessoas tem um em algum lugar da casa”, explica.

A ideia foi divulgada por Allison no fim-de-semana através de um tweet e, no início desta semana, a hashtag #safetypin tornou-se viral na rede social, com muitas pessoas a partilhar fotografias com os seus alfinetes.

“É simples porque não temos de ir à rua comprá-lo, não há qualquer língua ou slogan político envolvido. É apenas um pequeno sinal que mostra que as pessoas que sofrem crimes de ódio não estão sozinhas e que o seu direito de estar no Reino Unido é apoiado”, disse ao Independent.

Assim, quem sair de casa com o alfinete preso na roupa mostra estar solidário com os imigrantes que vivem no país.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Tribunal aceita afastamento de juiz Paulo Registo do caso Football Leaks

O Tribunal da Relação de Lisboa (TRL) aceitou o pedido de escusa apresentado pelo juiz Paulo Registo, a quem foi distribuído o processo de Rui Pinto, criador do Football Leaks. Segundo o acórdão do TRL, a …

Governador do Rio de Janeiro acusado de fraude com hospitais de campanha

O Ministério Público brasileiro indicou ter reunido provas de que o governador do Rio de Janeiro comandou uma organização que defraudou a construção de hospitais de campanha, no âmbito do combate à covid-19. De acordo com …

Centeno já cativou mais de 1025 milhões de euros no Orçamento de 2020

As cativações no Orçamento do Estado (OE) para 2020 ascendem a 1025,5 milhões de euros, revelou o boletim da Direção-Geral do Orçamento relativo a abril, montante inferior ao do OE 2019. Segundo avançou o Expresso esta …

Supremo Tribunal anula presidência parlamentar de Juan Guaidó

Esta terça-feira, o Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela reconheceu como presidente do parlamento Luís Parra, um dissidente da oposição. O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela (STJ) declarou nula a junta de direção da Assembleia …

Há 285 novos casos de covid-19. São quase todos na Grande Lisboa

A região de Lisboa continua a registar o maior número de novos casos de covid-19 registados no país. A Direcção Geral de Saúde (DGS) anuncia hoje 31.292 infectados com o coronavírus, mais 285 do que …

Com bens arrestados e a filha a pagar contas, é quase impossível cobrar multa de 3,7 milhões a Ricardo Salgado

O Tribunal Constitucional confirmou a multa de 3,7 milhões de euros que foi aplicada pelo Banco de Portugal ao banqueiro Ricardo Salgado, mas é quase impossível cobrar esse valor. O ex-presidente do BES tem os …

França suspende tratamentos com hidroxicloroquina

O Governo francês decidiu esta quarta-feira suspender os tratamentos à base de hidroxicloroquina para pacientes infetados com a covid-19. O Executivo revogou o decreto de 11 de maio que autorizava a prescrição e a administração …

Decisão unânime. Deputados vão pedir para ver contrato de venda do Novo Banco (e para ouvir Carlos Costa)

Os deputados da comissão de orçamento e Finanças aprovaram esta quarta-feira por unanimidade o requerimento do Bloco de Esquerda para que seja entregue ao parlamento o contrato de venda do Novo Banco ao Lone Star. Segundo …

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de Bruxelas. 15,5 mil milhões a fundo perdido

Portugal poderá receber 26,3 mil milhões de euros em subvenções e empréstimos no âmbito do Fundo de Recuperação da União Europeia (UE), após a crise da covid-19, que ascende a um total de 750 mil …

"Taxa covid" cobrada por clínicas e hospitais privados não é ilegal (e pode alastrar ao comércio)

Aumentaram, nos últimos dias, as queixas à DECO, a Associação de Defesa do Consumidor, relacionadas com o pagamento de taxas adicionais no acesso a hospitais e clínicas privadas. Taxas que se destinam a pagar os …