Brigitte Bardot processada por comentários racistas (em defesa dos animais)

Brigitte Bardot

O governador da ilha da Reunião, localizada no oceano Índico, interpôs uma ação judicial contra a ex-atriz de cinema e ativista de direitos dos animais Brigitte Bardot na quarta-feira, depois de receber uma carta considerada “racista” pelas autoridades locais.

Na carta, enviada na terça-feira ao governador da ilha da Reunião, Amaury de Saint-Quentin, a ex-atriz Brigitte Bardot descreve os habitantes da ilha do Índico como “aborígenes que mantiveram os genes dos selvagens”, denunciando o “tratamento bárbaro de animais por uma população degenerada”.

“Esta carta contém termos que são ofensivos e racistas para os habitantes”, disse em comunicado o prefeito. A Reunião é um departamento francês no exterior no sul do Oceano Índico, a leste de Madagáscar, conhecida pelos vulcões, recifes de coral e floresta tropical.

A Fundação Brigitte Bardot, dedicada à proteção animal, disse que a ativista havia escrito a carta como uma iniciativa pessoal, separada da instituição. O advogado da ex-atriz não estava disponível para comentar a situação.

Agora com 84 anos, subiu ao ‘status’ de símbolo sexual na década de 1950, protagonizando vários filmes. A sua carreira inclui passagens pela música e pela moda,  destacando-se nas últimas décadas como uma defensora do bem-estar animal.

Os comentários de Brigitte Bardot provocaram indignação generalizada na ilha, com vários funcionários a afirmar que também iriam tomar medidas legais. Duas ONG’s anti-racismo – Licra e SOS Racisme – também indicaram que pretendem ir a tribunal.

“O racismo comum não tem lugar na troca de opiniões”, disse na terça-feira a ministra francesa dos Territórios Ultramarinos, Annick Girardin, referindo que acrescentaria o seu nome na queixa apresentada pelo prefeito da ilha.

Em Paris, o presidente da câmara baixa do parlamento, Richard Ferrand, expressou o seu “desprezo” pelos comentários de Brigitte Bardot.

Ativistas dos direitos dos animais dizem que o abuso de animais é comum na ilha e que o seu sacrifício é praticado em algumas cerimónias religiosas.

TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ai Brigitte como estás diferente de há 50 anos atrás! Quanto à opinião é complicado pois foste logo considerada de racista coisa quase proibitiva de expressar contra gentes dessas regiões e dessa linda ilha do Pacífico.

RESPONDER

PSP já apanhou mais de três mil pessoas a conduzir sem carta este ano

O número de pessoas detetadas a conduzir sem carta aumentou 22% nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. "De 1 de janeiro a 31 de julho de 2020, …

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …