Brigitte Bardot processada por comentários racistas (em defesa dos animais)

Brigitte Bardot

O governador da ilha da Reunião, localizada no oceano Índico, interpôs uma ação judicial contra a ex-atriz de cinema e ativista de direitos dos animais Brigitte Bardot na quarta-feira, depois de receber uma carta considerada “racista” pelas autoridades locais.

Na carta, enviada na terça-feira ao governador da ilha da Reunião, Amaury de Saint-Quentin, a ex-atriz Brigitte Bardot descreve os habitantes da ilha do Índico como “aborígenes que mantiveram os genes dos selvagens”, denunciando o “tratamento bárbaro de animais por uma população degenerada”.

“Esta carta contém termos que são ofensivos e racistas para os habitantes”, disse em comunicado o prefeito. A Reunião é um departamento francês no exterior no sul do Oceano Índico, a leste de Madagáscar, conhecida pelos vulcões, recifes de coral e floresta tropical.

A Fundação Brigitte Bardot, dedicada à proteção animal, disse que a ativista havia escrito a carta como uma iniciativa pessoal, separada da instituição. O advogado da ex-atriz não estava disponível para comentar a situação.

Agora com 84 anos, subiu ao ‘status’ de símbolo sexual na década de 1950, protagonizando vários filmes. A sua carreira inclui passagens pela música e pela moda,  destacando-se nas últimas décadas como uma defensora do bem-estar animal.

Os comentários de Brigitte Bardot provocaram indignação generalizada na ilha, com vários funcionários a afirmar que também iriam tomar medidas legais. Duas ONG’s anti-racismo – Licra e SOS Racisme – também indicaram que pretendem ir a tribunal.

“O racismo comum não tem lugar na troca de opiniões”, disse na terça-feira a ministra francesa dos Territórios Ultramarinos, Annick Girardin, referindo que acrescentaria o seu nome na queixa apresentada pelo prefeito da ilha.

Em Paris, o presidente da câmara baixa do parlamento, Richard Ferrand, expressou o seu “desprezo” pelos comentários de Brigitte Bardot.

Ativistas dos direitos dos animais dizem que o abuso de animais é comum na ilha e que o seu sacrifício é praticado em algumas cerimónias religiosas.

Taísa Pagno TP, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ai Brigitte como estás diferente de há 50 anos atrás! Quanto à opinião é complicado pois foste logo considerada de racista coisa quase proibitiva de expressar contra gentes dessas regiões e dessa linda ilha do Pacífico.

RESPONDER

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …

Novo problema num Boeing 777 leva a aterragem de emergência na Rússia

Um Boeing 777 da companhia aérea russa Rossiya fez uma aterragem de emergência em Moscovo, esta sexta-feira, devido a um problema de motor, uma semana depois de um incidente semelhante com um aparelho do mesmo …