Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões de euros em impostos.

Segundo o Sunday Times, a companhia avaliada em 35 mil milhões de libras (40 mil milhões de euros) está a trabalhar em conjunto com especialistas fiscais da PricewaterhouseCoopers (PwC) para criar uma estrutura capaz de reduzir drasticamente os impostos pagos pela Ineos.

A multinacional teve um lucro de 2,2 mil milhões de libras (2,5 mil milhões de euros) no ano passado e emprega quase 19 mil pessoas. Os seus dois principais executivos, Andy Currie e John Reece, detêm cada um 20% da empresa e também estão envolvidos no plano de pagar menos impostos. Ratcliffe detém os restantes 60%.

Antes do referendo, a frase do fundador da multinacional colocou-o do lado daqueles que apoiavam a saída do Reino Unido da União Europeia. Em 2016, disse aos britânicos para “nunca se esquecerem” que o país tem “um conjunto de cartas decentes”, sugerindo que o Reino Unido tinha trunfos na manga para as negociações da separação com a UE.

A notícia de que Ratcliffe se estava a preparar para mudar a morada fiscal da Ineos para o principado que é livre de impostos já circulava nos meios de comunicação britânicos desde o ano passado, mas só este ano foi revelada a quantia que podia poupar com a mudança.

Já em 2010, o fundador da multinacional decidiu transferir a sede oficial da Ineos para a Suíça durante seis anos depois de uma disputa com o governo também por causa dos impostos.

Ratcliffe foi classificado como a pessoa mais rica do Reino Unido em 2018, depois de ter contactado o editor da lista elaborada pelo Sunday Times, afirmando que nas informações divulgadas “a sua riqueza tinha sido drasticamente subestimada”, revela o The Guardian.

Depois do incidente e de ter dado acesso às suas contas e às da Ineos ao Sunday Times, passou do 18.º lugar para o topo da lista. A sua riqueza está estimada em 21 mil milhões de libras (24 mil milhões de euros).

A decisão da saída da empresa surge depois de James Dyson, também defensor do Brexit, ter decidido transferir a sua empresa para Singapura. Outras empresas de vários sectores têm considerado um cenário semelhante.

A fabricante de aeronaves Airbus ameaçou reconsiderar os investimentos e a presença no Reino Unido se a ilha britânica sair da União Europeia em 2019 sem um consenso quanto aos acordos comerciais. Caso não haja consenso, o resultado será “catastrófico” para toda a indústria britânica.

Num inquérito realizado em 2016, escreve o Público, um quinto dos administradores de empresas britânicas pensava deslocalizar parte da atividade para outro país e cerca de dois terços consideravam que a escolha de sair da UE é negativa para os negócios.

Também em preparação para essa possibilidade, alguns produtores estão a enviar os seus produtos em grandes quantidades numa tentativa de aumentar os seus stocks no país.

A saída também está a preocupar a vizinha Irlanda, um dos países mais afetados pelo Brexit e que mais sofreriam os efeitos de uma saída sem acordo.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Mais um… Depois de tanta coisa negativa que se está a ver, gostava de saber se, de verdade verdadinha, alguém ainda apoia o Brexit, incluindo aqueles que mostram apoiar para a gente ver. Imagino que até a Primeira-ministra britânica já está a ver que foi asneira da grande, embora tenha que continuar a mostrar o contrário.

  2. Os bifes, na verdade, nunca foram bem da UE. Eram e não eram, conforme o que dava mais jeito. Euro, não quiseram.
    A asneira foi, de facto, gigantesca… esqueceram-se que num referemdum – mais do que en normais eleições – há alguns factores imponderáveis e imprevisíveis….

  3. A saída também está a preocupar a vizinha Irlanda, um dos países mais afetados pelo Brexit e que mais sofreriam os efeitos de uma saída “s”em acordo.
    Falta um S.

  4. Hahahaaaa… lindo!…
    E por aqui se vê como esta escum@lha parasita realmente é!!
    Defendem uma coisa, mas é para os outros, porque eles, quando chega a sua vez de assumir posição/responsabilidades, fogem para paraísos fiscais!
    Se todos fizerem como este monte de mer@a, o Reino (des)Unido vai ficar muito melhor… vai, vai!…

RESPONDER

Oposição levou mais gente às ruas do que Bolsonaro

Manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro e da reforma da previdência, o principal objetivo do governo neste ano, moveram milhares de brasileiros em pouco mais de 130 cidades de 26 estados do Brasil. No passado …

Utentes da Soflusa estão “cansados” de constantes supressões

Os utentes da Soflusa mostraram-se esta segunda-feira "cansados" das constantes supressões das ligações fluviais entre o Barreiro e Lisboa, que estão hoje a acontecer durante todo o dia devido à falta de mestres. "Já estou a …

Banco Alimentar recolhe 1.605 toneladas de alimentos no fim de semana

O Banco Alimentar contra a Fome recolheu 1.605 toneladas de alimentos durante o fim de semana da campanha nacional que decorreu em mais de duas mil superfícies comerciais, anunciou a presidente do Banco Alimentar contra …

Sérgio Conceição apontado à Lazio

A imprensa italiana aponta esta segunda-feira o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, à Lazio. O técnico português, recorde-se, passou pelo emblema italiano em duas ocasiões como jogador de futebol. O jornal italiano Il Messaggero adianta …

Filial portuguesa de multinacional alemã envolvida em subornos em Angola

A sucursal portuguesa em Angola da multinacional alemã Fresenius Medical Care, que actua na área médica, esteve envolvida num esquema de pagamento de subornos a médicos e militares angolanos que renderam 124 milhões de euros …

CGD acaba com empresa que criou há quase 20 anos com a PT

Criada há quase 20 anos pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) e pela Portugal Telecom (PT), a Caixanet foi liquidada no início deste ano, bem como a Caixa Tec e a Sogrupo, duas outras empresas …

MB Way. Bancos "fecham" aplicação para cobrar comissões diferenciadas nas transferências

Em pleno arranque do 'open banking', os bancos estão a substituir a aplicação MB Way por soluções próprias que "amarram" os clientes, com o propósito de cobrar comissões diferenciadas nas transferências através do telemóvel. Segundo noticiou …

A abstenção venceu. É a mais alta de sempre

A abstenção foi a grande figura das eleições europeias deste domingo, tendo 68,7% dos portugueses optado por não votar. A abstenção em Portugal voltou a atingir um novo recorde, enquanto que a taxa de participação …

Neurocirurgia do Hospital de São João deixa os contentores ao fim de 12 anos

O novo serviço de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, está a funcionar desde este sábado. Ao fim de 12 anos, os serviços de neurocirurgia do Hospital de S. João, no Porto, deixaram de …

Derrota histórica para o PSD. O PS resiste, o Bloco chega-se à frente e o PAN estreia-se

A derrota do PSD, com uma desvantagem de mais de 10 pontos percentuais sobre o PS que foi o vencedor da noite eleitoral, o reforço do Bloco de Esquerda como a terceira força política e …