Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões de euros em impostos.

Segundo o Sunday Times, a companhia avaliada em 35 mil milhões de libras (40 mil milhões de euros) está a trabalhar em conjunto com especialistas fiscais da PricewaterhouseCoopers (PwC) para criar uma estrutura capaz de reduzir drasticamente os impostos pagos pela Ineos.

A multinacional teve um lucro de 2,2 mil milhões de libras (2,5 mil milhões de euros) no ano passado e emprega quase 19 mil pessoas. Os seus dois principais executivos, Andy Currie e John Reece, detêm cada um 20% da empresa e também estão envolvidos no plano de pagar menos impostos. Ratcliffe detém os restantes 60%.

Antes do referendo, a frase do fundador da multinacional colocou-o do lado daqueles que apoiavam a saída do Reino Unido da União Europeia. Em 2016, disse aos britânicos para “nunca se esquecerem” que o país tem “um conjunto de cartas decentes”, sugerindo que o Reino Unido tinha trunfos na manga para as negociações da separação com a UE.

A notícia de que Ratcliffe se estava a preparar para mudar a morada fiscal da Ineos para o principado que é livre de impostos já circulava nos meios de comunicação britânicos desde o ano passado, mas só este ano foi revelada a quantia que podia poupar com a mudança.

Já em 2010, o fundador da multinacional decidiu transferir a sede oficial da Ineos para a Suíça durante seis anos depois de uma disputa com o governo também por causa dos impostos.

Ratcliffe foi classificado como a pessoa mais rica do Reino Unido em 2018, depois de ter contactado o editor da lista elaborada pelo Sunday Times, afirmando que nas informações divulgadas “a sua riqueza tinha sido drasticamente subestimada”, revela o The Guardian.

Depois do incidente e de ter dado acesso às suas contas e às da Ineos ao Sunday Times, passou do 18.º lugar para o topo da lista. A sua riqueza está estimada em 21 mil milhões de libras (24 mil milhões de euros).

A decisão da saída da empresa surge depois de James Dyson, também defensor do Brexit, ter decidido transferir a sua empresa para Singapura. Outras empresas de vários sectores têm considerado um cenário semelhante.

A fabricante de aeronaves Airbus ameaçou reconsiderar os investimentos e a presença no Reino Unido se a ilha britânica sair da União Europeia em 2019 sem um consenso quanto aos acordos comerciais. Caso não haja consenso, o resultado será “catastrófico” para toda a indústria britânica.

Num inquérito realizado em 2016, escreve o Público, um quinto dos administradores de empresas britânicas pensava deslocalizar parte da atividade para outro país e cerca de dois terços consideravam que a escolha de sair da UE é negativa para os negócios.

Também em preparação para essa possibilidade, alguns produtores estão a enviar os seus produtos em grandes quantidades numa tentativa de aumentar os seus stocks no país.

A saída também está a preocupar a vizinha Irlanda, um dos países mais afetados pelo Brexit e que mais sofreriam os efeitos de uma saída sem acordo.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Mais um… Depois de tanta coisa negativa que se está a ver, gostava de saber se, de verdade verdadinha, alguém ainda apoia o Brexit, incluindo aqueles que mostram apoiar para a gente ver. Imagino que até a Primeira-ministra britânica já está a ver que foi asneira da grande, embora tenha que continuar a mostrar o contrário.

  2. Os bifes, na verdade, nunca foram bem da UE. Eram e não eram, conforme o que dava mais jeito. Euro, não quiseram.
    A asneira foi, de facto, gigantesca… esqueceram-se que num referemdum – mais do que en normais eleições – há alguns factores imponderáveis e imprevisíveis….

  3. A saída também está a preocupar a vizinha Irlanda, um dos países mais afetados pelo Brexit e que mais sofreriam os efeitos de uma saída “s”em acordo.
    Falta um S.

  4. Hahahaaaa… lindo!…
    E por aqui se vê como esta escum@lha parasita realmente é!!
    Defendem uma coisa, mas é para os outros, porque eles, quando chega a sua vez de assumir posição/responsabilidades, fogem para paraísos fiscais!
    Se todos fizerem como este monte de mer@a, o Reino (des)Unido vai ficar muito melhor… vai, vai!…

Imprimiram corais artificiais em 3D que podem salvar recifes

Uma equipa de cientistas inspirou-se na natureza para desenvolver estruturas em forma de coral, impressas em 3D, capazes de produzir grandes quantidades de algas microscópicas. Investigadoras da Universidade de Cambridge e da Universidade da Califórnia desenvolveram …

Avalanches submarinas prendem microplásticos no fundo do oceano

As avalanches de sedimentos submarinos transportam os microplásticos para o fundo do oceano e um projeto de colaboração entre as Universidades de Manchester, Utrecht e Durham e o Centro Nacional de Oceanografia acaba de revelar …

Aos 107 anos, Cornelia Ras conseguiu vencer a covid-19

Cornelia Ras, que contraiu o novo coronavírus em meados de março, pode ser a mulher mais velha do mundo a vencer a covid-19. Nunca se é velho demais para vencer o novo coronavírus e a holandesa …

Coreia do Norte pode estar a usar fábricas de fertilizantes para extrair urânio

Um novo estudo norte-americano mostra que a Coreia do Norte pode estar a utilizar fábricas de fertilizantes para produzir mais material nuclear, extraindo urânio de ácidos fosfóricos. Segundo noticiou o Newsweek, na opinião da investigadora Margaret …

Distância social de 1,5 metros é insuficiente para travar contágio

O estudo realizado por investigadores e engenheiros especializados em dinâmica de fluidos concluiu que a distância deve ser de, pelo menos, quatro metros. Um estudo divulgado esta quinta-feira alerta que a distância social de 1,5 metros …

Estados Unidos registam 9 desempregados por segundo

O desemprego está a atingir números preocupantes nos Estados Unidos: só na última semana, 6,6 milhões de pessoas declararam estar sem emprego para poder receber apoios, um número semelhante ao da semana anterior. De acordo com …

Chineses desistem de comprar o BNI Europa. Está agora em mãos angolanas

O contexto de incerteza, provocado pela pandemia de covid-19, levou o Grupo chinês KWG a desistir de comprar 80,1% da participação do BNI Europa. O grupo chinês KWG desistiu de comprar 80,1% da participação do BNI …

Tesla usa peças do Model 3 para construir um ventilador

A Tesla também está a tentar contribuir para colmatar a escassez de ventiladores com um novo protótipo, feito com partes do Model 3. A Tesla construiu um ventilador com recurso a componentes automóveis. A fabricante elétrica …

Há acordo no Eurogrupo: 500 mil milhões de euros "disponíveis imediatamente"

Os ministros das Finanças da Zona Euro chegaram a acordo, esta quinta-feira, sobre os apoios económicos para fazer face à pandemia de covid-19. O Eurogrupo chegou a acordo sobre o pacote de ajuda económica para a …

Se recebeu uma chamada da Tunísia, não devolva. É fraude

Clientes de várias operadoras nacionais têm recebido, nas últimas semanas, um "anormal" volume de chamadas internacionais. As operadoras suspeitam de fraude. Segundo o Jornal de Notícias, várias pessoas têm recebido chamadas de u número internacional que …