Depois de defender o Brexit, o homem mais rico do Reino Unido muda-se para o Mónaco

Jim Ratcliffe, o homem mais rico do Reino Unido e fundador da multinacional de produtos químicos Ineos, vai mudar-se para o Mónaco juntamente com dois dos seus principais executivos para poupar até 4,6 mil milhões de euros em impostos.

Segundo o Sunday Times, a companhia avaliada em 35 mil milhões de libras (40 mil milhões de euros) está a trabalhar em conjunto com especialistas fiscais da PricewaterhouseCoopers (PwC) para criar uma estrutura capaz de reduzir drasticamente os impostos pagos pela Ineos.

A multinacional teve um lucro de 2,2 mil milhões de libras (2,5 mil milhões de euros) no ano passado e emprega quase 19 mil pessoas. Os seus dois principais executivos, Andy Currie e John Reece, detêm cada um 20% da empresa e também estão envolvidos no plano de pagar menos impostos. Ratcliffe detém os restantes 60%.

Antes do referendo, a frase do fundador da multinacional colocou-o do lado daqueles que apoiavam a saída do Reino Unido da União Europeia. Em 2016, disse aos britânicos para “nunca se esquecerem” que o país tem “um conjunto de cartas decentes”, sugerindo que o Reino Unido tinha trunfos na manga para as negociações da separação com a UE.

A notícia de que Ratcliffe se estava a preparar para mudar a morada fiscal da Ineos para o principado que é livre de impostos já circulava nos meios de comunicação britânicos desde o ano passado, mas só este ano foi revelada a quantia que podia poupar com a mudança.

Já em 2010, o fundador da multinacional decidiu transferir a sede oficial da Ineos para a Suíça durante seis anos depois de uma disputa com o governo também por causa dos impostos.

Ratcliffe foi classificado como a pessoa mais rica do Reino Unido em 2018, depois de ter contactado o editor da lista elaborada pelo Sunday Times, afirmando que nas informações divulgadas “a sua riqueza tinha sido drasticamente subestimada”, revela o The Guardian.

Depois do incidente e de ter dado acesso às suas contas e às da Ineos ao Sunday Times, passou do 18.º lugar para o topo da lista. A sua riqueza está estimada em 21 mil milhões de libras (24 mil milhões de euros).

A decisão da saída da empresa surge depois de James Dyson, também defensor do Brexit, ter decidido transferir a sua empresa para Singapura. Outras empresas de vários sectores têm considerado um cenário semelhante.

A fabricante de aeronaves Airbus ameaçou reconsiderar os investimentos e a presença no Reino Unido se a ilha britânica sair da União Europeia em 2019 sem um consenso quanto aos acordos comerciais. Caso não haja consenso, o resultado será “catastrófico” para toda a indústria britânica.

Num inquérito realizado em 2016, escreve o Público, um quinto dos administradores de empresas britânicas pensava deslocalizar parte da atividade para outro país e cerca de dois terços consideravam que a escolha de sair da UE é negativa para os negócios.

Também em preparação para essa possibilidade, alguns produtores estão a enviar os seus produtos em grandes quantidades numa tentativa de aumentar os seus stocks no país.

A saída também está a preocupar a vizinha Irlanda, um dos países mais afetados pelo Brexit e que mais sofreriam os efeitos de uma saída sem acordo.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Mais um… Depois de tanta coisa negativa que se está a ver, gostava de saber se, de verdade verdadinha, alguém ainda apoia o Brexit, incluindo aqueles que mostram apoiar para a gente ver. Imagino que até a Primeira-ministra britânica já está a ver que foi asneira da grande, embora tenha que continuar a mostrar o contrário.

  2. Os bifes, na verdade, nunca foram bem da UE. Eram e não eram, conforme o que dava mais jeito. Euro, não quiseram.
    A asneira foi, de facto, gigantesca… esqueceram-se que num referemdum – mais do que en normais eleições – há alguns factores imponderáveis e imprevisíveis….

  3. A saída também está a preocupar a vizinha Irlanda, um dos países mais afetados pelo Brexit e que mais sofreriam os efeitos de uma saída “s”em acordo.
    Falta um S.

  4. Hahahaaaa… lindo!…
    E por aqui se vê como esta escum@lha parasita realmente é!!
    Defendem uma coisa, mas é para os outros, porque eles, quando chega a sua vez de assumir posição/responsabilidades, fogem para paraísos fiscais!
    Se todos fizerem como este monte de mer@a, o Reino (des)Unido vai ficar muito melhor… vai, vai!…

Netflix passa a mostrar "top 10" diário de séries e filmes

A Netflix disponibiliza, desde esta segunda-feira (24), uma nova feature para os utilizadores do serviço de streaming: uma lista com os 10 filmes e as 10 séries mais vistas no país em cada dia. Esta nova …

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …