Brasil pergunta a Duarte Lima se matou Rosalina Ribeiro por 6 milhões

Marcelo Camargo / ABr

-

O Ministério Público brasileiro questionou Duarte Lima sobre os montantes transferidos por Rosalina Ribeiro para a conta do advogado e pergunta se este matou a companheira de Tomé Feteira por causa de seis milhões de euros.

“O réu matou Rosalina Ribeiro por causa de seis milhões de euros?”, questiona, sem rodeios, o procurador brasileiro Eduardo Luiz Rolins de Faria, que dirigiu 46 perguntas a Duarte Lima, via carta rogatória para Portugal.

Na carta rogatória, a que a agência Lusa teve acesso e que será cumprida pela juíza da 6.ª vara criminal de Lisboa, constam as 46 perguntas do MP brasileiro e 27 da defesa do advogado, acusado de ter assassinado a cidadã portuguesa e sua cliente Rosalina Ribeiro, a 7 de Dezembro de 2009, em Saquarema, arredores do Rio de Janeiro.

Duarte Lima será questionado sobre se é verdadeira a acusação de homicídio e, em caso negativo, se acredita haver algum motivo para o terem incriminado, ou ainda, se sabe quem foi o responsável pelo homicídio.

“Porque ligou para uma loja de armas do hotel de Belo Horizonte? Onde ficou hospedado no Rio de Janeiro e como pagou essa hospedagem? Porque marcou encontro com Rosalina, à noite, fora da casa dela, sabendo que ela não gostava de sair depois das 18 horas?”, são algumas das perguntas que constam do documento.

O procurador quer saber se Rosalina Ribeiro conferiu alguma procuração a Duarte Lima, quando e para que fim.

É ainda perguntado quantas vezes Duarte Lima pediu à vítima para assinar documentação, “isentando-o de qualquer responsabilidade em relação aos valores transferidos para a sua conta bancária”, e qual o desfecho do processo em Portugal sobre a transferência desses valores, “de forma indevida”, da vítima para a sua conta.

A acusação questiona o motivo pelo qual Duarte Lima foi, em Dezembro de 2009, ao Brasil, e porque chegou ao país via Belo Horizonte – onde alugou um carro – e não pelo Rio de Janeiro, onde se encontrou com Rosalina, e ainda por que levou um telemóvel pré-pago de Portugal.

Pergunta igualmente porque o arguido se desfez do telemóvel um dia após a morte de Rosalina.

O MP quer apurar porque é que Duarte Lima entregou o carro com um tapete novo e porque razão disse à polícia brasileira que não se lembrava do nome do local onde o havia alugado, depois de ter contactado a empresa para tratar de multas que lhe foram aplicadas.

A acusação quer esclarecer o que levou o arguido a descolar-se aos arredores do local onde o corpo de Rosalina foi encontrado.

Na parte das questões da defesa, os advogados João Costa Ribeiro Filho e Saulo Alexandre Morais e Sá, Duarte Lima instigam o seu cliente a recordar o seu relacionamento com Rosalina e a forma como esta pagou os honorários.

“D. Rosalina transferiu em 2001 cerca de 5 milhões de euros para a sua conta bancária localizada no banco suíço UBS? A que título foi feita essa transferência”, questiona a defesa.

Os advogados perguntam a Duarte Lima com quem deixou Rosalina Ribeiro em Maricá, se o carro utilizado por essa pessoa era claro ou escuro e se em algum momento a vítima lhe falou no nome de Gisele.

A investigação da polícia brasileira nunca conseguiu identificar Gisele, que, segundo Duarte Lima, estaria hospedada no hotel no qual deixara Rosalina.

A defesa chama a atenção para a relação conturbada entre Rosalina Ribeiro e Olímpia Feteira, filha de Lúcio Tomé Feteira, e chega a sugerir que Rosalina estivesse temerosa com a presença de Olímpia no Rio de Janeiro, pouco tempo antes de sua morte.

Os advogados questionam ainda o facto de Rosalina ter feito alterações no seu testamento em Portugal, em 2009, uma semana antes de partir para o Brasil, quem são os novos beneficiários e quem foi o prejudicado com a alteração.

Duarte Lima será julgado no Brasil por um tribunal de júri, provavelmente sem a sua presença, mas com advogados a representá-lo.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. A notícia …