Bolsonaro pede aos apoiantes para entrarem nos hospitais e filmarem cenário

Joedson Alves / EPA

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro

O Presidente brasileiro pediu aos seus apoiantes, esta quinta-feira, para tentarem “arranjar uma maneira de entrar” nos hospitais e filmarem o seu interior, de forma a mostrar que não estão assoberbados.

“Há um hospital de campanha perto de você, um hospital público, arranja uma maneira de entrar e filmar. Muita gente está a fazer isso, mas mais gente tem de o fazer, para mostrar se as camas estão ocupadas ou não, se os gastos são compatíveis ou não. Isso ajuda-nos”, apelou o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, durante um vídeo em direto transmitido nas redes sociais, citado pelo Diário de Notícias.

De acordo com o jornal, esta é a forma encontrada pelo chefe de Estado para provar que os hospitais não estão cheios, o que, na verdade, só coloca mais em risco não só os cidadãos que estejam nas unidades de saúde, mas também os profissionais que lá trabalham.

Segundo “as informações que temos, posso estar errado, mas ninguém morreu devido à falta de ventiladores ou camas de unidades de cuidados intensivos. Pode ser que tenha acontecido um caso ou outro”, disse ainda Bolsonaro.

De acordo com o portal G1, o Conselho Nacional de Saúde já reagiu ao pedido do chefe de Estado, tendo considerado que as suas declarações agravam ainda mais o contexto da crise sanitária.

Para este conselho, o posicionamento do Presidente demonstra “total desprezo pela vida da população, não expressando qualquer sentimento de solidariedade, empatia e compaixão”.

Esta sexta-feira, o Brasil tornou-se no segundo país do mundo com o maior número total de mortos pela covid-19, depois de ter registado mais 909 óbitos nas últimas 24 horas e 25.982 novos infetados.

A Organização Mundial de Saúde expressou preocupação com a capacidade do país de gerir o surgimento de novos casos. “Sim, a situação no Brasil é preocupante. Todas as 27 áreas estão afetadas. Há diferentes taxas de transmissão, ‘hotspots’ [pontos quentes] em áreas de alta densidade populacional”, afirmou Michael Ryan, diretor do programa de Emergências Sanitárias da OMS.

“De uma forma geral, o sistema de saúde está sob pressão, mas ainda está a conseguir lidar com o número de casos graves. Mas, com a continuação da transmissão de casos severos, veremos”, advogou o diretor.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Sou Brasileira e moro no Brasil. Estou com muita Vergonha deste homem. Um Despreparado, um Bárbaro. Estou Farta de suas Histrionices.

  2. Está a levantar milícias e a exortar as mesmas a invadir Estabelecimentos de Saúde, desprezando todas as regras de Segurança e de Privacidade dos Profissionais e Utentes. Um Fascista e Psicopata em todo o seu esplendor. A Esther que tenha vergonha não só deste anormal mas de todos os anormais que o elegeram !…por este andar vão ter uma guerra Civil….pouco falta !

  3. Acho que deviam filmar dentro dos estabelecimentos de saúde pública. Vão levar um grande susto, é muito pior do que pensam! Os números só pecam por defeito. Infelizmente, com tendência para piorar.

  4. O Hitler, o Estaline, o da Coreia do Norte e outros que tais (Salazar incluído), também têm muitos filmes a mostrar “coisas”.

  5. Estão com medo de filmarem a verdadeira atrocidade.

    O hospital público brasileiro.

    Corruptos roubam durante uma crise de pandemia.

    Filmes tudo.

RESPONDER

Ponte inca com mais de 500 anos é reconstruída após cair durante a pandemia

Peruanos da comunidade Huinchiri, localizada na região de Cusco, estão a reconstruir uma ponte inca com 500 anos. Esta foi feita a partir de técnicas tradicionais de tecelagem para criar uma passagem sob o Rio …

Portugal 2-4 Alemanha | Reality check ao plano do engenheiro

A seleção portuguesa de futebol, campeã em título, caiu hoje para o terceiro lugar do Grupo F do Euro2020, ao perder por 4-2 com a Alemanha, em encontro da segunda jornada, disputado no Allianz Arena, …

Pandemia mostrou “falta de proteção das mulheres”

A pandemia de covid-19 mostrou “a vulnerabilidade e a falta de proteção das mulheres e quão pouco as sociedades se preocupam realmente em proteger elementos-chave em matéria de segurança”, considera Edit Schlaffer, diretora-executiva da Women …

Portugal vs Alemanha: Portugal perde por 2-4

A seleção portuguesa de futebol pode garantir hoje o apuramento para os oitavos de final do Euro2020, mas terá de vencer a poderosa Alemanha, ainda à procura dos primeiros pontos no Grupo F. O jogo …

Choques elétricos no pescoço podem combater a fadiga

Desde café a rotinas de sono complexas: os seres humanos desenvolveram várias estratégias para evitar o cansaço. Agora, cientistas acreditam ter descoberto uma nova técnica de combate à fadiga através de estimulação elétrica cerebral não …

"Juneteenth". Novo feriado americano comemora o fim da escravatura

Este sábado comemora-se o mais recente feriado nacional a ser instituído nos Estados Unidos da América. É o chamado Juneteenth, um termo que funde as palavras "june" (junho) e "nineteenth" (dezanove), e representa a data …

Chef Enrico Derflingher trabalhou em Buckingham e na Casa Branca (e revela as preferências da rainha e de Bush)

O chef Enrico Derflingher já alimentou algumas das figuras mais poderosas do mundo. Do Palácio de Buckingham à Casa Branca, o chef italiano sabe melhor do que ninguém quais são as preferências culinárias de Isabel …

Maiores de 35 anos vão poder agendar toma da vacina na segunda-feira

As pessoas com 35 ou mais anos vão poder agendar a toma da vacina contra a covid-19 na próxima segunda-feira. A informação foi confirmada ao Público por fonte da task force. A mesma fonte não adiantou …

Braga faz testes gratuitos a quem trabalhou em Lisboa

As autoridades de Braga estão a proporcionar testes gratuitos de despistagem da covid-19 a trabalhadores do concelho que tenham estado a trabalhar na Área Metropolitana de Lisboa, indicaram hoje os promotores da iniciativa. Os testes realizam-se …

Botswana descobre diamante que pode ser o terceiro maior do mundo

A empresa de diamantes Debswana, que se situa no Botswana, anunciou a descoberta de uma pedra de 1.098 quilates que descreveu como a terceira maior do seu tipo em todo o mundo. Contudo, ainda é …