Apesar de apoiarem a reivindicação, Bloco e PCP não compram guerra dos professores

Estela Silva / Lusa

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda, Catarina Martins

PCP e Bloco de Esquerda já aceitaram deixar de fora das negociações do Orçamento do Estado para 2019 a questão que divide os dois partidos face ao PS e ao Governo: os professores.

Esta segunda-feira, a líder do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, disse ontem o que Jerónimo de Sousa já tinha afirmado há uma semana, em entrevista à RTP: forma como o Orçamento do Estado tem de resolver as exigências salariais dos professores já está prevista do Orçamento atualmente em vigor (OE 2018).

Assim, não será a carreira dos professores a fazer com que o Orçamento do Estado para 2019 não seja aprovado. A chave para a solução deste problema está no Orçamento do Estado corrente, consideram os partidos, atirando para o Governo a responsabilidade pela forma como levou à prática o que estava previsto.

Apesar de não deixaram de criticar o Governo pelas suas escolhas, PCP e Bloco não farão disso uma guerra sua, adianta o Jornal de Negócios.

“A contagem do tempo de serviço dos professores foi decisiva no Orçamento passado. Votámos que em todas as carreiras o tempo de serviço seria contado. Pela nossa parte é uma matéria a que não voltaremos no próximo Orçamento“, disse a líder do Bloco.

Jerónimo de Sousa também considera que o seu partido já fez o que tinha a fazer. “O Orçamento do Estado para 2018 consagrou a reivindicação dos professores”, afirmou, acrescentando que a questão dos professores não seria uma condição necessária para que o PCP aprovasse o Orçamento.

Para o líder dos comunistas, a forma como o tempo passado será considerado é uma matéria que deve ser discutida com os sindicatos. “É neste quadro [negociação entre sindicatos e Governo] que se deveria considerar esta justa reivindicação dos professores”, sustentou.

O Governo ofereceu aos docentes a restituição de apenas dois anos, nove meses e 18 dias de serviço, e anunciou, na sequência do falhanço da reunião negocial da passada sexta-feira, que será publicado em breve um decreto-lei a formalizar esta decisão.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Assunto mal gerido pelo governo.
    Primeiro não deveria ter prometido o que não podia cumprir.
    Segundo, os professores têm todo o direito de ver reconhecido o tempo integral em que trabalharam.
    Já a afectação da progressão nas carreiras pelo tempo, deveria ser reavaliado e ajustado às possibilidades orçamentais. Desconheço porque o governo não faz isso, que está nas suas mãos e é perfeitamente aceitável pelos restantes cidadãos.

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …