Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos de luxo LVMH, detentora da marca Louis Vuitton.

A fortuna de Arnaut está avaliada em 108 mil milhões de dólares, cerca de 96 mil milhões de euros, dos quais 35 mil milhões de euros foram ganhos no último ano. A subida de Arnaut na lista dos mais ricos do mundo deixa pela primeira vez, desde que índice foi criado há sete anos, Bill Gates abaixo da segunda posição. Jeff Bezos, CEO da Amazon mantém-se como o homem mais rico do mundo.

Bill Gates tem neste momento uma fortuna avaliada em 107 mil milhões de dólares (cerca de 95 mil milhões de euros). Segundo a Bloomberg, a descida de Gates para a terceira posição na lista dos mais ricos deve-se às doações de milhares de euros realizadas pelo empresário à Fundação Bill e Melinda Gates.

Em abril, foi noticiado que a fortuna do homem mais rico da Europa, Bernard Arnault, já tinha aumentado em 19 mil milhões só este ano. Bernard Arnault é o homem mais rico da Europa e deve a sua fortuna ao seu trabalho na sua marca de luxo LVMH, Moët Hennessy Louis Vuitton.

As ações da marca de luxo registaram uma subida histórica e com isso, a fortuna do empresário francês cresceu em 19 mil milhões de dólares, ainda em 2019. Depois de artigos de luxo da LVMH, como malas e artigos em pele, terem registado mais vendas do que a marca estava à espera, as ações da empresa subiram a pique.

A razão para este aumento parece ser a nova estratégia adotada pela Louis Vuitton de investir em novos talentos do design, dando à marca uma lufada de ar fresco. Nomes como Virgil Abloh, designer de moda americano, o novo diretor artístico de vestuário masculino da LVMH, são apontados como os principais responsáveis.

Na Europa, a ascensão de Bernard Arnault já ultrapassou Amâncio Ortega, o fundador da Inditex, e Françoise Bettencourt Meyers, da L’Oreal, que continua a ser a mulher mais rica do mundo. Mais recentemente o empresário francês voltou a ultrapassar Warren Buffet, diretor executivo da Berkshire Hathaway Inc.

No topo da lista mundial, por outro lado, continua o CEO da Amazon, Jeff Bezos, com uma fortuna de 125 mil milhões de dólares (111 mil milhões de euros), apesar do divórcio com MacKenzie Bezos, assinado no início deste ano, ter causado uma queda de 35 mil milhões de dólares ao seu património.

Ainda assim, o ano de 2018 não foi favorável para os dez grandes que encabeçam a lista dos mais ricos do mundo. Oito dos dez milionários mais ricos registaram grandes perdas, sendo que apenas dois conseguiram aumentar o valor do seu património: Jeff Bezos, criador da Amazon, e o dono da Louis Vuitton, Bernard Arnault.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …