Bilhetes para espetáculos são mais baratos esta segunda-feira (como forma de protesto)

flun1tr4z3p4m / Flickr

Os promotores de espetáculos vão vender, esta segunda-feira, bilhetes para mais de 200 espetáculos ao vivo com IVA a 6%, em vez de 13%, para mostrar que “os preços vão baixar” com a redução do imposto.

Esta é a segunda vez que a Associação de Promotores, Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE) lança uma iniciativa deste género, depois de no passado dia 13 de abril ter também protestado desta forma contra a aplicação da taxa de IVA a 13%.

A proposta de Orçamento do Estado para 2019 prevê uma descida do IVA de 13% para 6% em espetáculos de “canto, dança, música, teatro e circo”, desde que tenham lugar em “recintos fixos de espetáculo de natureza artística ou em circos ambulantes”, o que, segundo a APEFE, leva a que um mesmo conteúdo artístico possa ter taxas diferentes de IVA, “dependendo do local onde é apresentado”.

A APEFE, recorda o JN, contesta ainda que a reposição integral da taxa de IVA a 6% tenha efeitos apenas a partir do dia 1 de julho de 2019.

“Entendemos que nenhum espetáculo ou artista é mais ou menos importante e que o público deverá ter os mesmos direitos de poder comprar um bilhete com a taxa de IVA de 6%, independentemente do espetáculo se realizar na Altice Arena, no Jardim de Serralves, no Coliseu, no Jardim de Seteais, no Claustro dos Jerónimos, no Multiusos de Gondomar, no Palácio da Bolsa ou no Castelo de Leiria”, defende a APEFE em comunicado.

A APEFE acrescenta que “não há nem pode haver cultura nem público de primeira ou de segunda” e diz que a medida viola a Constituição negando “o acesso a todos os cidadãos à fruição cultural” e o combate “às assimetrias existentes”, já que os lugares que “não dispõem de salas de espetáculos e utilizam outros recintos para garantirem oferta cultural aos concidadãos e visitantes vão ser discriminados”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Cá está a agenda de “justiça social” das esquerdas. Por questões ideológicas, favorecem uns e prejudicam outros. Touradas (que pessoalmente não gosto) não beneficiam de descida do IVA (acho que até fica a 23%), por questões ideológicas. Teatros, sempre associados à esquerda política, são beneficiados, enquanto cinemas (do grande capital) não são. É o politicamente correcto. Para a esquerda prevalece o combate ao capital e ao lucro. Pois cautela estimados concidadãos. A esquerda quer-vos pobrezinhos e submissos, umas vítimas a defender em troca de votos. Porque se trabalham no duro ou se desenvencilham, crescem e enriquecem, passam a ser o inimigo, mais umas bestas capitalistas que devem ser taxadas para redistribuir o vosso ganho por todos os outros que são meras vítimas do sistema. É isto a “justiça social”. O conceito de “justiça” não necessita de apêndices. Quando ouvirem “justiça social” desconfiem. E esta discriminação nas actividades culturais é pura, ideológica “justiça social” da esquerda política.

Responder a EJ Cancelar resposta

Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island …

Desaparecem oito mulheres por dia no Peru, mais três do que antes da pandemia

O número de mulheres desaparecidas no Peru, um fenómeno endémico no país, subiu de cinco por dia, em média, para oito, desde a quarentena decretada para travar a pandemia de covid-19, indicou o provedor de …

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …

Para combater o desperdício, China acaba com os banquetes tradicionais

Conhecidos pela gastronomia e pelo bom apetite, os chineses terão de adotar a austeridade, invertendo a tradição, que exige que sejam servidos à mesa tantos pratos quantos forem os convidados e mais um. A nova regra …

Com apenas 4 dólares é possível dormir na última Blockbuster. E ainda participa na festa pijama

Já sente saudades de sair de casa para ir alugar um filme e comprar umas pipocas? A última loja da icónica Blockbuster está agora disponível no Airbnb. A antiga loja da cadeia americana pode ser …

Espanha com quase mais 3.000 novos casos. É o maior aumento desde maio

Espanha registou o maior número de infeções de covid-19 desde o final de maio, com 2.935 novos casos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, ressalvando que o balanço inclui dados de Madrid …

Escolas devem reabrir normalmente. Governo preparado para decisões diferentes

As escolas devem reabrir em situação de normalidade e só uma evolução negativa da pandemia levará a decisões contrárias, de maior ou menor alcance, que o Governo disse esta quinta-feira estar preparado para tomar. Na conferência …

Família de ativista saudita teme que esteja a ser torturada na prisão

Familiares de uma importante ativista dos direitos das mulheres da Arábia Saudita, detida desde maio de 2018, temem que esteja a ser torturada na prisão, uma vez que não dá notícias há vários meses. Loujain al-Hathloul, …