Bilhetes para espetáculos são mais baratos esta segunda-feira (como forma de protesto)

flun1tr4z3p4m / Flickr

Os promotores de espetáculos vão vender, esta segunda-feira, bilhetes para mais de 200 espetáculos ao vivo com IVA a 6%, em vez de 13%, para mostrar que “os preços vão baixar” com a redução do imposto.

Esta é a segunda vez que a Associação de Promotores, Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE) lança uma iniciativa deste género, depois de no passado dia 13 de abril ter também protestado desta forma contra a aplicação da taxa de IVA a 13%.

A proposta de Orçamento do Estado para 2019 prevê uma descida do IVA de 13% para 6% em espetáculos de “canto, dança, música, teatro e circo”, desde que tenham lugar em “recintos fixos de espetáculo de natureza artística ou em circos ambulantes”, o que, segundo a APEFE, leva a que um mesmo conteúdo artístico possa ter taxas diferentes de IVA, “dependendo do local onde é apresentado”.

A APEFE, recorda o JN, contesta ainda que a reposição integral da taxa de IVA a 6% tenha efeitos apenas a partir do dia 1 de julho de 2019.

“Entendemos que nenhum espetáculo ou artista é mais ou menos importante e que o público deverá ter os mesmos direitos de poder comprar um bilhete com a taxa de IVA de 6%, independentemente do espetáculo se realizar na Altice Arena, no Jardim de Serralves, no Coliseu, no Jardim de Seteais, no Claustro dos Jerónimos, no Multiusos de Gondomar, no Palácio da Bolsa ou no Castelo de Leiria”, defende a APEFE em comunicado.

A APEFE acrescenta que “não há nem pode haver cultura nem público de primeira ou de segunda” e diz que a medida viola a Constituição negando “o acesso a todos os cidadãos à fruição cultural” e o combate “às assimetrias existentes”, já que os lugares que “não dispõem de salas de espetáculos e utilizam outros recintos para garantirem oferta cultural aos concidadãos e visitantes vão ser discriminados”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Cá está a agenda de “justiça social” das esquerdas. Por questões ideológicas, favorecem uns e prejudicam outros. Touradas (que pessoalmente não gosto) não beneficiam de descida do IVA (acho que até fica a 23%), por questões ideológicas. Teatros, sempre associados à esquerda política, são beneficiados, enquanto cinemas (do grande capital) não são. É o politicamente correcto. Para a esquerda prevalece o combate ao capital e ao lucro. Pois cautela estimados concidadãos. A esquerda quer-vos pobrezinhos e submissos, umas vítimas a defender em troca de votos. Porque se trabalham no duro ou se desenvencilham, crescem e enriquecem, passam a ser o inimigo, mais umas bestas capitalistas que devem ser taxadas para redistribuir o vosso ganho por todos os outros que são meras vítimas do sistema. É isto a “justiça social”. O conceito de “justiça” não necessita de apêndices. Quando ouvirem “justiça social” desconfiem. E esta discriminação nas actividades culturais é pura, ideológica “justiça social” da esquerda política.

RESPONDER

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …

Entre uma "história de recusas" e uma “opção clara” pelos interesses do grande capital

A líder do BE disse hoje que a legislatura do Partido Socialista tem sido a “história das recusas” tanto sobre um acordo no final das eleições 2019, seja na recusa dum Orçamento Suplementar para lá …

Homem morre nos Estados Unidos depois de receber mais de 50 choques taser na sua detenção

Dos agentes da polícia da cidade de Wilson, no estado norte-americano do Oklahoma, foram nesta quarta-feira acusados de homicídio em segundo grau pela morte de um homem durante a sua detenção. De acordo com o …

TESS fornece novas ideias sobre um mundo ultra-quente

Medições do TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) da NASA permitiram aos astrónomos melhorar bastante a sua compreensão do ambiente bizarro de KELT-9b, um dos planetas mais quentes conhecidos. "O factor de estranheza de KELT-9b é alto," …

Bill Gates elenca quatro pilares-chave para combater a pandemia

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, elencou quatro pilares que a sua fundação considera essenciais para combater a pandemia de covid-19, que já matou mais de 520 mil pessoas em todo o mundo. Segundo o norte-americano, …

Tesla já vale mais do que a Toyota, Disney e Coca-Cola

As ações da Tesla chegaram esta quarta-feira a um preço recorde de 1.120 dólares por ação, levando a empresa de Elon Musk a superar a cotação de mercado de grandes empresas como a Coca-Cola ou …