Berlim condenada por não contratar professora muçulmana que usa véu

O tribunal do trabalho de Berlim-Brandemburgo condenou esta quinta-feira as autoridades da capital alemã a indemnizar uma professora muçulmana que não foi contratada por usar véu.

Segundo o tribunal, essa discriminação só poderia ser admissível caso o facto de usar o véu representasse um “perigo concreto para a paz escolar“, algo que não pôde ser provado pelo governo de Berlim.

A mulher, que tinha perdido num tribunal de primeira instância, deverá ser indemnizada com o valor de dois salários mensais, cerca de 8.680 euros, embora a sentença ainda possa ser recorrida.

Em declarações recolhidas pela emissora regional pública RBB, o novo titular de Justiça de Berlim, Dirk Behrendt, considerou que se trata de uma decisão positiva para lutar contra a discriminação e declarou que é “o princípio do fim da lei de neutralidade” da cidade, que proíbe usar símbolos religiosos nas escolas, na polícia e nos organismos judiciais.

A resolução voltou a suscitar o debate sobre a presença de símbolos religiosos nas salas de aula na Alemanha, regulada de maneira diferente nos diferentes governos federados.

O comissário do governo berlinense para a Integração, Andreas Germershausen, elogiou a decisão e disse confiar que esta seja a base para uma revisão da lei de neutralidade berlinense, de modo a que se permita o uso do véu nos colégios assim como noutras instituições públicas.

“Para as mulheres com véu que vivem em Berlim e para as responsáveis das associações muçulmanas e das iniciativas contra a discriminação hoje é um bom dia, já que a sentença envia a clara mensagem de que não se pode discriminar ninguém por usar um lenço na cabeça”, declarou em comunicado.

EFE // EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Eu gostava mesmo de ver uma mulher do mundo ocidental reinvindicar os seus direitos de ensinar com a cabeça destapada nos países muçulmanos. Será que eles aceitavam uma mulher a ensinar assim? NÂO!! Essa mulher seria no mínimo apedrejada, insultada. Mas desconfio que mesmo isso seria pouco, sendo que a medida seria morte.
    “Para as mulheres com véu que vivem em Berlim e para as responsáveis das associações muçulmanas e das iniciativas contra a discriminação hoje é um bom dia, já que a sentença envia a clara mensagem de que não se pode discriminar ninguém por usar um lenço na cabeça” —> o mesmo é VÁLIDO PARA AS MULHERES QUE NÂO QUEREM USAR A BURCA quando vão para outros países, e no entanto não têm poder de escolha. Agora pergunto quem é que é verdadeiramente discriminada? A muçulmana? Nem pensar. A muçulmana é favorecida. A muçulmana dita as regras do país de acolhimento. Acorda Europa!!

  2. É natural que as escolas queiram preservar os costumes e a cultura local. Parece que os juízes desse tribunal alemão sofrem do síndrome do holocausto, têm um peso na consciência pelo que os seus avôs fizeram aos judeus. Será lógico que os netos se deixem pisar por muçulmanos porque os avôs mataram judeus? Se a brincadeira continuar, qualquer dia Marrocos ainda mete Portugal e Espanha em tribunal para receber uma indemnização pela expulsão da Península Ibérica…

RESPONDER

Índice de transmissibilidade sobe. É de 0,71 em Portugal Continental (e acima de 1 nas ilhas)

O índice de transmissibilidade da covid-19 subiu ligeiramente a nível nacional nas últimas duas semanas. Entre 24 e 28 de fevereiro, o índice foi de 0,71. O índice médio de transmissibilidade (Rt) do vírus SARS-CoV-2 está …

Museu Neandertal responde a Joe Biden. "Eram mais espertos do que pensa"

O Museu Neandertal, na Alemanha, endereçou um convite ao Presidente norte-americano Joe Biden, depois de o governante ter considerado a decisão do governador do Texas de acabar com a obrigatoriedade de utilização de máscara um …

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …