“Bem-vindo à Terra, finalmente”, diz Centeno

d.r. partidosocialista / Flickr

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças Mário Centeno esteve esta manhã na Assembleia da República para apresentar o plano de Orçamento do Estado para 2016, e deixou duras críticas às políticas de austeridade do Governo social-democrata.

Duarte Pacheco, do PSD, foi o primeiro deputado a questionar Mário Centeno, criticando o processo orçamental e recordando que “não são extraterrestres” quem paga impostos em Portugal.

Mário Centeno retribuiu a ironia: “Bem-vindo à Terra, finalmente. Ao fim de quatro anos chegou aqui e percebeu de facto que este país não é feito de extraterrestres, é feito de portugueses e portuguesas que sofreram as consequências da austeridade cega implementada durante quatro anos”.

O ministro das Finanças acusou o anterior Executivo de “prometer à Comissão Europeia em abril de 2015 um cenário que não se cumpriu e com consequências pra 2016 muito gravosas para o país” e acrescentou que “foi necessário adaptar este Orçamento ao que resulta da execução de 2015”.

Nomeadamente, Centeno atacou de forma cerrada o anterior governo pelos encargos que deixou nas contas públicas deste ano, tendo “empolado artificialmente a receita em 2015”. “De facto, não há milagres depois do Orçamento do ano passado”, ironizou Mário Centeno.

O ministro alegou que o novo OE aposta nos salários e num alívio da carga de impostos diretos. Nesse sentido, “a austeridade entra no princípio do seu fim quando optamos por promover rendimentos”, disse.

Reposição das 35 horas “só tem impacto” para a oposição

Ainda em resposta a Duarte Pacheco, o ministro das Finanças afirmou que “a questão das 35 horas não é uma questão de natureza orçamental neste momento”.

“Só tem impacto nas vossas caras”, completou, dirigindo-se aos deputados da oposição que se mostraram admirados e com comentários paralelos sobre o impacto nas contas do Estado.

O deputado do PSD questionou Centeno sobre o momento da entrada em vigor das 35 horas e para que trabalhadores.

“Querem propor a medida, muito bem, mas expliquem aos portugueses como é que a pretendem aplicar. Não é o ministro dizer uma coisa, o primeiro-ministro uma segunda e o secretário de Estado uma terceira”, disse o deputado social-democrata.

A reposição das 35 horas, afirma o ministro, “é objetivo do Governo e vai ser alcançado sem aumento dos custos globais com pessoal”. Centeno acrescentou ainda que “não há um único estudo sobre o impacto das 40 horas na Administração Pública”, medida introduzida pelo Executivo de Passos Coelho.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Pois o senhor Centeno esqueceu-se da razão porque o anterior governo foi obrigado a aplicar tal politica e já deve mesmo estar esquecido porque motivo a troika cá esteve, também está a tentar disfarçar porque motivo ele próprio vai ainda aplicar mais austeridade encima da já existente, tentando sacudir a carga negativa da sua politica contrária ao prometido acaba por atacar aqueles que já nada têm a ver com as asneiras agora feitas.

    • O centena refere se a 2015 e não aos anos anteriores. 2015 é o ano em que o governo anterior disse que já estávamos melhor eà custa de quê? de falsearem as contas, resumindo aquilo que atribui ais xuxialistas afinal tb se aplica aos pseudos xuxiais democratas, por isso escusa de perder ontem tempo a fazer esses comentários de tuga em q só os futebois é q é bom

RESPONDER

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …