/

O balão de Internet da Google bateu um recorde: um voo de 312 dias na estratosfera

O projeto dos balões “Loon”, da Google, continua a dar frutos. Desta vez, foi conseguido um novo recorde de 312 dias na estratosfera.

O projeto Loon, criado pela Alphabet, foi desenvolvido com o objetivo de levar sinais de Internet através de balões a locais do planeta com maior dificuldade de conetividade.

Os balões, movidos a energia solar, são equipados com instrumentos de comunicação e enviados para a estratosfera, onde algoritmos de aprendizagem de máquina os guiam para redes estreitas que fornecem conetividade às populações no solo abaixo deles.

Este ano, a empresa fechou uma parceria para disponibilizar serviços de Internet nas zonas rurais do Quénia, lançando o primeiro serviço comercial. Agora, a empresa-mãe da Google revelou que um dos seus balões permaneceu no ar durante 312 dias, um recorde que bate a anterior marca de 223 dias.

De acordo com o New Atlas, o balão HBAL703 partiu de Porto Rico em maio do ano passado e navegou para o Peru, onde permaneceu para realizar testes de serviço durante três meses. A sua jornada continuou para o sul do Oceano Pacífico, onde esteve durante sete meses. Por fim, rumou ao México e aterrou em Baja, em março de 2020.

A viagem perfez um total de 217 mil quilómetros, percorridos em 10 meses.

(dr) Loon

Os dados recuperados dos balões são fundamentais para melhorar a tecnologia e o desempenho da ferramenta em voos futuros.

A equipa do Loon vai evoluindo na produção dos balões, dos sistemas de lançamento e dos sistemas de controlo da navegação. Agora, estes sistemas permitem que os balões sejam produzidos em volume e lançados de forma automática e segura em menos de uma hora.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.