Avicii “sangrou até à morte” ao cometer suicídio

Segundo o site de celebridades norte-americano TMZ, o DJ sueco Avicii suicidou-se “depois de se cortar e sangrar até à morte”.

Se inicialmente eram escassas as informações sobre a morte de Avicii, agora não param de chegar novos dados. Esta segunda-feira, o TMZ divulga detalhes sobre morte do Dj sueco, que, segundo tinha a semana passada adiantado a família, tirou a própria vida.

Segundo refere um relatório sobre a morte do DJ, a que o TMZ teve acesso, o músico, “morreu depois de se cortar e sangrar até à morte”. O documento, que cita “fontes privadas de informações específicas sobre a morte de Avicii, adianta que  o Dj “faleceu devido a uma enorme perda de sangue, resultante de uma ferida auto-infligida“.

Com apenas 28 anos, Tim Bergling, nome verdadeiro do DJ, foi encontrado com cortes nos pulsos e no pescoço. Terá partido uma garrafa e usado este objeto para realizar os cortes.  O autor de ‘Hey Brother’ foi encontrado sem vida na cidade de Muscat, Omã, a 20 de abril, tendo deixado uma carta de despedida.

Pouco tempo depois, a sua família deu a entender que o artista tinha cometido suicídio. As mesmas fontes disseram adiantaram o DJ, que tinha anunciado a reforma do mundo da música em 2016, não estava a conseguir lidar com a pressão e o ritmo da sua carreira e que precisava de “encontrar paz”.

“Ele debatia-se com pensamentos sobre significado, vida, felicidade. Não conseguia aguentar mais”, diz a família.

Considerado um pioneiro da chamada Electronic Dance Music, DJ Avicii colaborou com figuras como Madonna e David Guetta, e com a banda Coldplay. Foi por duas vezes nomeado para os Grammy e recebeu dois MTV Music Awards e um Billboard Music Award.

O maior sucesso da breve carreira de DJ Avicii é a música “Wake Me Up” que, em 2013, o catapultou para a fama.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Os mass media, por norma, não noticiam suicídios, por razões óbvias. Sei que neste caso se trata de uma celebridade, mas a forma como o ZAP decidiu “titular” o assunto bate no fundo. Há um bom livro sobre isto, nem de propósito: “Espreme que sai sangue”, de Danilo A. Sobrinho.

Responder a NP Cancelar resposta

Houve abusos, mas não há crime nos milhões de Angola que passaram por Malta. MP arquiva caso Deloitte

O Ministério Público (MP) decidiu arquivar o caso de investigação que envolvia 48 sócios da consultora Deloitte que receberam lucros de negócios em Angola, através de Malta. Houve "uso abusivo" das regras fiscais, mas não …

Ex-governador do Rio de Janeiro libertado. Luiz Pezão passará a usar pulseira eletrónica

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) brasileiro libertou na terça-feira o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, substituindo a sua prisão preventiva por medidas cautelares alternativas, como uso de pulseira eletrónica, anunciaram fontes …

EUA, Canadá e México assinam revisão do NAFTA. Pacto comercial tem 25 anos

Representantes dos Estados (EUA), do Canadá e do México assinaram na terça-feira uma nova revisão do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), um pacto comercial entre os três países, que já tem 25 anos. Segundo noticiou …

Bósnia fecha campo improvisado e transfere quase 800 pessoas para Sarajevo

A Bósnia fechou, esta quarta-feira, um campo de refugiados, montado num local onde antes funcionava um aterro de lixo, que não tem água potável nem eletricidade. As autoridades bósnias fecharam esta quarta-feira um campo acolhimento de …

Trabalhadores dos Registos em greve a 26, 27 e 28 de dezembro

O Sindicato Nacional de Registos vai estar em greve contra o decreto-lei aprovado pelo Governo, acusando Marcelo Rebelo de Sousa de não ter tido "sensibilidade na análise do diploma do sistema remuneratório". O Sindicato Nacional de …

Artistas exigem 1% do Orçamento do Estado para a Cultura

Mais de 300 artistas concentrados esta terça-feira em frente ao Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, exigiram um valor imediato de 1% do Orçamento do Estado para a Cultura, em 2020. O protesto, convocado pela …

Depois do Idai, ainda há carência de comida e água potável

São milhares os desalojados que, após o ciclone Idai, continuam sem acesso a água potável. Além disso, a necessidade de comida mantém-se em níveis inalterados. Os dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), patentes no …

Há mulheres-polícia que recebem menos quando estão grávidas

De acordo com um relatório sobre as iniquidades de género dentro da Polícia de Segurança Pública (PSP), ao qual a revista Sábado teve acesso, há mulheres-polícia que recebem menos quando ficam grávidas. Segundo o inquérito realizado …

França. Governo adia entrada em vigor das novas pensões

O novo sistema universal de pensões em França vai abranger apenas as gerações nascidas a partir de 1975 e só terá nova formulação, através de pontos, a partir de 2025. O novo sistema universal de pensões …

Greta Thunberg é a "Personalidade do Ano" da revista Time

Greta Thunberg é a “Personalidade do Ano” mais jovem alguma vez escolhida pela revista Time. A capa da edição de 23 de dezembro foi divulgada esta quarta-feira. A revista norte-americana Time elegeu a ativista climática sueca …