Autora do discurso de Melania Trump assume a culpa pelo plágio

marcn / Flickr

Melania Trump, mulher do candidato republicano às presidenciais nos EUA

Melania Trump, mulher do candidato republicano às presidenciais nos EUA

A autora do discurso proferido pela mulher do magnata Donald Trump, Melania, que foi acusada de plágio, admitiu ter cometido um erro e pediu demissão da equipa de campanha do candidato republicano à Casa Branca.

O discurso feito na abertura da Convenção do Partido Republicano causou controvérsia por conter excertos muito parecidos com o discurso de Michelle Obama, mulher do atual presidente norte-americano, na convenção democrata de 2008, quando Barack Obama foi nomeado candidato do partido para as presidenciais que acabou por vencer.

The Trump Organization

Carta de Meredith McIver sobre o discurso de Melania Trump

Meredith McIver trabalha para a empresa privada de Trump, e não para o comité de sua campanha presidencial.

Ao admitir o erro – numa declaração em papel timbrado da Trump Organization -, a redatora Meredith McIver, que é amiga da família do empresário, afirmou-se disposta a renunciar à função, mas Donald Trump – que tanto nos dizia “you’re fired” no seu reality show The Apprentice – convidou-a a ficar.

A redatora descreveu que, ao trabalhar na elaboração do discurso, discutiu muito com Melania Trump sobre as pessoas que poderiam inspirar a mensagem que a mulher do empresário gostaria de passar para o povo norte-americano. Num dos momentos da conversa, Meredith disse que Melania manifestou que “uma pessoa que ela sempre gostou é Michelle Obama.”

“Por telefone, ela leu-me algumas passagens do discurso de Michelle Obama como exemplos. Eu escrevi as passagens e posteriormente incluí os excertos das frases no projeto que acabou por se tornar no discurso final”, explicou Meredith McIver, que afirma não ter verificado “as intervenções” de Michelle.

“Este foi o meu erro, e sinto-me péssima por causa do caos que o facto provocou para a Melania, para os Trump, e mesmo para a senhora Obama. Não foi com más intenções”.

A redatora finaliza a nota desculpando-se: “peço desculpas pela confusão e histeria que o meu erro causou“.

Agência Brasil

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de não ser novidade, esta notícia demonstra mais uma vez, a incapacidade intelectual de quem se assoberba do poder mundial, nem sequer têm a capacidade de elaborar um discurso que supostamente reflecte as próprias intenções e ideias, e quando corre mal apressam-se a identificar os “culpados”, que nunca são eles próprios. Provavelmente a senhora Melania que deve passar a vida, muito ocupada entre SPA´s e cabeleireiros, que deve ser o local onde consegue ler algumas revistas de cordel que a mantêm “actualizada” acerca do mundo, não tem a capacidade de ocupar o cargo a que se propõe, tal como eventualmente o seu marido, contudo, e como já referi, não é novidade, e o mundo tem “avançado” até ao estado em que se encontra devido ao facto de serem estes emplastros a ocuparem os cargos que ocupam.
    A mudança não existirá enquanto o mundo não for dirigido por pessoas sérias e descomprometidas com o grande lobby financeiro, e que pelo menos não saibam sequer fazer um discurso sério e honesto que realmente demonstre o que se pretende que é dar-se a conhecer.

  2. está esclarecida a confusão gerada não por más intenções ou vazio interior da melancia mas pela admiração que ela a melancia tem por Michele Obama que não se sabendo se gosta de melancia sabe-se que é a musa inspiradora da melancia. e assim acaba uma linda história de amor e adoração de uma princesa por uma plebeia que encantou a princesa com as suas palavras e espero também com os seus actos. a melancia demonstra assim ter um grande coração o que me leva a pensar que iremos assistir nos próximos episódios à melancia a dar de comer aos porcos perdão pobres nas ruas de nova york. muito mais haveria pra dizer mas estas histórias de princesas não carecem.

RESPONDER

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …