Aumento extra de dez euros nas pensões mais baixas já está fechado

O secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, disse que o aumento extra de dez euros nas pensões até 658,2 euros já está fechado, faltando agora acertar o mês a partir do qual este valor será pago.

Em entrevista ao jornal Eco, que será publicada na integra esta sexta-feira, Duarte Cordeiro afirma que o Orçamento do Estado para 2020 vai contemplar um aumento extraordinário de dez euros para as pensões até 658,2 euros.

O Governo já transmitiu aos partidos que utilizará em 2020 o modelo adotado em anos anteriores. “Sinalizámos que iria haver um aumento extraordinário de pensões, em termos semelhantes ao que ocorreu no passado. Ficámos de fechar os detalhes, nomeadamente a partir de que momento esse aumento acontecia”.

Duarte Cordeiro explica que o valor já está fechado, mas que faltam ver detalhes, que devem ser acertados no debate do OE2020 na especialidade. “São os dez euros. Mas ainda a fechar o período a partir do qual ocorria. Não foi igual todos os anos. Houve variações. Ficámos de concretizar a forma como ela poderia ser efetuada neste Orçamento”.

Deste aumento extra, recorda o Eco, beneficiarão as pensões até 1,5 IAS (Indexante de Apoios Sociais), o que corresponde este ano a 658,2 euros.

Os antigos parceiros do Governo – Bloco e PCP – entregaram propostas de alteração ao OE2020 que visavam o aumento extra de dez euros nas pensões. Os comunistas pedem um aumento de dez euros para todas as pensões.

“As pensões mais baixas (até 877,6 euros) têm este ano um aumento automático de 0,7%. As que se encontram entre 877,6 euros e 2.632,8 euros têm uma atualização de 0,2% e as restantes ficam estagnadas”, escreve ainda o jornal de economia.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. A VIGARICE DAS REFORMAS
    Anuncia-se aumentos, mas esconde-se os “desaumentos”.
    Há muito que venho constatando que as reformas mais baixas são mais elevadas do que o que deveriam ser. Isso acontece porque são as que vão tendo aumentos, o que não tem acontecido com outras, traduzindo-se numa injustiça para muitos reformados.
    Muitas dessas reformas beneficiadas com aumentos são de trabalhadores que, enquanto no activo, descontaram o mínimo ou mesmo fugiram ao desconto que a lei impunha. Agora continuam a beneficiar de aumentos porque a reforma é baixa.
    Na Função Pública não se escapava à fuga aos descontos para a C. G. A., mas os reformados não sentem a devida compensação por isso. Há gente na F. P. que descontou muito mais que trabalhadores privados descontaram, mas tem reformas equivalentes. Há casos aberrantes que os Governos não querem ver.
    Há muitos casos de F. P. que se devotaram com empenho e responsabilidade durante uma vida inteira de trabalho ininterrupto, às vezes sabia Deus com que sacrifício, doentes, mas sem poderem faltar, porque estavam à frente de organismos que tinham de funcionar a 100%. E no entanto têm reformas líquidas de SETECENTOS E QUARENTA E TRÊS euros.
    Vivemos num país em que não vale a pena grande esforço. O que conta é “saber-se viver”.

  2. O Sr nao devia falar assim porque a maioria dos privados pagam o salario minimo e as reformas sao de 400 e poucos euros e antigamente avia os agricultores que ainda descontavam menos que era pela casa do povo e tem reformas de 300 euros

    • Caro Carlos Simões,
      Se está a tentar rebater o meu comentário terá de arranjar outros argumentos porque o que aqui escreveu não contraria o que eu escrevi.
      Depois seria bom que soubesse para que é que os trabalhadores privados descontam e como fogem aos descontos.
      E quanto aos agricultores, saiba também para que descontavam eles e verificará que se é ou foi trabalhador, descontando como devia, esteve ou está a descontar também para eles, alguns bem riquinhos, com património que nem conhecem.

RESPONDER

Governo vai integrar nos quadros quase 3.000 profissionais de saúde

O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que permite integrar nos quadros quase três mil profissionais do Serviço Nacional de Saúde. Em comunicado, o Governo explica que a conversão do vínculo laboral de 2.995 …

Quatro defensores dos direitos humanos, indígenas e ambientais recebem "Nobel Alternativo"

Duas advogadas, do Irão e da Nicarágua, um advogado dos Estados Unidos (EUA) e um ativista da Bielorrússia foram esta quinta-feira distinguidos, em Estocolmo, com o "prémio Nobel Alternativo" que pretende "impulsionar mudanças sociais urgentes …

PJ diz que há “condições” para alargar colaboração com Rui Pinto

A Polícia Judiciária (PJ) admitiu a possibilidade de a colaboração com Rui Pinto poder “ir além” da abertura dos discos encriptados e apreendidos ao criador do Football Leaks, reconheceu esta quinta-feira o inspetor José Amador. "Temos …

Netanyahu avisa que confinamento em Israel pode durar um ano

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse esta quinta-feira que o confinamento no país pode prolongar-se durante meses ou mesmo "um ano" após uma reunião em que foram debatidas novas restrições contra a propagação da …

FC Porto com City na Champions. Ronaldo volta a encontrar Messi

O FC Porto vai defrontar os ingleses do Manchester City, os gregos do Olympiacos e os franceses do Marselha no Grupo C da fase de grupos da Liga dos Campeões em futebol, ditou esta quinta-feira …

Cabrita pede abertura de inquérito a fuga de 17 migrantes. Cinco já terão sido apanhados

O ministro da Administração Interna pediu a abertura de um inquérito à fuga de 17 migrantes do norte de África que desembarcaram em setembro no Algarve e fugiram, durante a madrugada, do quartel em Tavira …

Governo chega a acordo com Madrid para alargar restrições a toda a comunidade

O Governo espanhol anunciou, esta quarta-feira, um acordo que estende medidas para combater a covid-19, já em vigor em partes da Comunidade Autónoma de Madrid, a toda a capital e várias localidades da periferia onde …

Ciclista suspenso por defender Trump

Quinn Simmons respondeu no Twitter a uma jornalista e a sua equipa suspendeu o atleta. Um "adeus" e uma mão negra na origem da polémica. Quinn Simmons foi campeão do mundo de ciclismo no ano passado, …

Bolsonaro considera "lamentável" discurso de Biden que apela ao país que pare de destruir a Amazónia

Jair Bolsonaro classificou como “lamentável” o comentário de Joe Biden durante  o debate presidencial que ocorreu na madrugada de terça-feira. O candidato democrata mostrou-se preocupado com o facto das florestas tropicais no Brasil estarem a …

Ex-responsável militar acusado de fazer compras pessoais e cobrar ao Exército

Um antigo responsável militar mandou cobrar ao Exército compras pessoais no valor de 7.600 euros, feitas ao longo de seis meses. Um antigo responsável militar no Porto mandou cobrar ao Exército compras pessoais no valor de …