Assembleia do Livre quer retirar confiança política a Joacine

Mário Cruz / Lusa

A Assembleia do Livre propôs a retirada da confiança política a Joacine Katar Moreira, considerando que a relação da deputada com os órgãos do partido tem sido de constante “antagonismo”.

A Assembleia do Livre, o órgão máximo do partido entre congressos, vai propor ao congresso do partido, que se realiza este fim de semana em Lisboa, a retirada da confiança política à deputada eleita pelo partido, Joacine Katar Moreira.

A decisão foi tomada durante uma reunião do órgão do partido, na quarta-feira à noite, para introduzir um novo ponto na Ordem de Trabalhos do IX Congresso. A deliberação poderá ser aprovada ou chumbada este sábado, ou remetida para votação pela próxima assembleia, que será eleita durante a reunião magna do partido, avança o Expresso.

“Considerando que a eleição para a Assembleia da República de uma representante do Livre é uma responsabilidade que transcende a deputada eleita, e porque não se vislumbra da parte da deputada, Joacine Katar Moreira, qualquer vontade em entender a gravidade da sua postura, nem intenção de a alterar, a Assembleia do Livre delibera retirar a confiança política à Deputada, pelo que deixa de reconhecer o exercício do seu mandato como sendo exercido em representação do Livre”, lê-se no documento a que o matutino teve acesso.

Por reconhecer as “consequências gravosas” desta medida, a Assembleia garante que não é possível manter a confiança política “em quem, por opção própria, reiteradamente prescindiu” de representar o partido.

“A Assembleia manifesta-se consternada pelos factos que conduziram a esta decisão e que tanto têm custado aos portugueses e portuguesas, sobretudo a eleitores, membros e apoiantes do Livre”, acrescenta o mesmo documento. Além disso, o mesmo órgão lamenta que nenhuma das promessas do partido esteja a ser cumprida e condena que os órgãos internos não sejam respeitados pela representação parlamentar.

A mesma nota reitera que Joacine não exerce o seu mandato como independente. “Não só foi eleita nas listas do LIVRE, como é membro do partido e até da sua direção, e está na Assembleia da República também nessa qualidade. No entanto, a relação da Deputada com os órgãos do partido tem sido de antagonismo e polarização, ao adotar a partir de São Bento, uma postura de constante e reiterado confronto com estes órgãos.”

A deliberação da Assembleia do partido surge depois de ter sido divulgada uma moção para exigir que Joacine Katar Moreira renuncie às suas funções ou para lhe seja retirada a confiança política.

A moção integra uma lista de outras 18 e será votada na reunião magna do Livre, que acontece já este fim de semana em Lisboa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Mais dois projetos do Chega "chumbados" na comissão de Assuntos Constitucionais

A comissão de Assuntos Constitucionais concluiu esta quarta-feira pela inconstitucionalidade de duas iniciativas do Chega, um projeto de lei para limitar o número de ministros e uma resolução a propor um referendo para reduzir o …

Mourinho, Dier, Lineker: "Os jogadores deixaram de fazer aquilo no relvado?"

Mais do que a vitória sobre o Chelsea, o jogo do Tottenham na Taça da Liga vai ser recordado durante muito tempo por outro motivo... E Mourinho criticou as datas dos jogos. O Tottenham levou a …

"Erro grosseiro". Câmara de Lisboa assume responsabilidade pelo acidente no metro

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse esta quarta-feira que o desabamento que ocorreu terça-feira no túnel do metro na Praça de Espanha decorreu de um "erro grosseiro" numa obra da autarquia, assegurando …

Portugal com mais oito mortos e 825 novos casos

Portugal contabiliza hoje mais oito mortos relacionados com a covid-19 e 825 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal já …

"Não se aprendeu nada" com Pedrógão. Época de incêndios acaba com 65 mil hectares ardidos e morte de cinco bombeiros

A época mais crítica de incêndios florestais termina esta quarta-feira com cerca de 65 mil hectares de área ardida e a morte de cinco bombeiros e de um piloto de um avião de combate aos …

Deputados britânicos aprovam proposta de lei que anula parte do acordo do Brexit

Os deputados britânicos aprovaram, esta terça-feira, uma proposta de lei controversa que anula parcialmente o Acordo de Saída do Reino Unido da União Europeia. Apesar de divergências dentro do Partido Conservador, este texto, que o Governo …

"Não estamos às escuras". Graça Freitas rejeita inação no caso do lar de Reguengos

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, foi esta quarta-feira ouvida numa audição conjunta entre a Comissão da Saúde e a Comissão de Trabalho e Segurança Social. Em resposta ao CDS, que questionou a diretora-Geral da Saúde …

"Vá para fora cá dentro" com descontos até 50% que são pagos pelo Estado

O Governo está decidido a estimular o turismo interno e para incentivar os portugueses a seguir o mote "Vá para fora cá dentro" lançou um programa com descontos até 50%, comparticipados pelo Estado, em diversas …

Governo desvaloriza impugnação à nacionalização da Efacec. "Todos têm direito a reagir judicialmente"

O ministro da Economia afirmou, esta terça-feira, que num Estado de direito todos "têm o direito de reagir judicialmente contra decisões de órgãos do Estado", sobre a ação de impugnação de Isabel dos Santos à …

Inquilinos que não paguem renda voltam a poder ser despejados

A lei aprovada na passada sexta-feira clarifica que a proteção aos inquilinos lançada no contexto da pandemia – e que foi prolongada até 31 de dezembro – só é válida se houver um “regular pagamento …