O famigerado Artigo 13.º pode morrer na praia. Portugal votou contra no Conselho da UE

A Internet pode respirar de alívio por mais algum tempo. As negociações sobre a reforma dos direitos de autor na Europa, que incluem os polémicos artigos 11.º e 13.º, foram canceladas.

A Internet como a conhecemos pode deixar de existir e uma das propostas de lei que pode fazer com que isso aconteça é o artigo 13.º que, supostamente, visa proteger os direitos de autor. No entanto, o futuro deste artigo é agora incerto: esta segunda-feira era suposto decorrerem as negociações finais, que foram canceladas após a oposição de 11 países.

A eurodeputada alemã Julia Reda escreveu no Twitter que as negociações entre a Comissão Europeia, o Parlamento Europeu e Conselho da União Europeia quanto ao texto do artigo 13.º tinham sido canceladas na sequência da reunião da passada sexta-feira do Conselho da União Europeia que fazia parte dos trílogos.

Os trabalhos tentavam que a negociação continuasse agendada para esta segunda-feira. Portugal foi um dos países que votou contra a nova diretiva por não concordar com o texto proposto pela presidência romena do Conselho.

No total foram 11 países, entre os quais a Alemanha, a Itália e a Holanda, que se opuseram à proposta que partiu da presidência romena do Conselho pelo facto de o artigo 13.º, mas também o 11.º, não garantirem a proteção dos direitos dos utilizadores da Internet.

Segundo o Observador, fonte envolvida no processo afirmou que Portugal votou contra porque a proposta da presidência romena “criava tantas mitigações às responsabilidades das plataformas digitais que acabava por deixar tudo mais ou menos como estava”.

O adiamento desta reunião não significa, contudo, que a diretiva não vá avançar, mas sim que as discussões vão continuar. Na prática, a oposição de 11 países significa que a diretiva fica em stand by.

As eleições europeias irão decorrer em maio. A nova data para decisão final destas leis ficou marcada para março. Caso nada se decida até às novas eleições, este empate poderá tornar-se ainda mais incómodo, avança o 4gnews.

A diretiva sobre os direitos de autor no mercado único digital tem sido debatida desde 2017. De um lado estão várias associações que protegem os direitos de autor que advogavam pela justa utilização de conteúdos protegidos em plataformas de partilha de conteúdos na Internet. Do outro, muitos criticam a possível legislação por, ao querer proteger estes direitos, condicionar a liberdade de expressão na Internet.

Os artigos que maior polémica criaram foram o 11.º e o 13.º. O primeiro, pretende regular a forma como a imprensa e conteúdos livres podem ser partilhados na Internet através de motores de pesquisa. O segundo, pode vir a estabelecer mecanismos genéricos – filtros – que têm de ser aplicados por plataformas como o YouTube para, previamente, os conteúdos não protegidos serem barrados, explica o Observador.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Costa e amigos votaram contra pq o que já estava escrito não era suficientemente mau para todos nós na UE.

    São uns tristes!

    Com tristes destes nunca na vida teríamos descoberto mundos como fizémos.

    • É… só para completar, os “amigos do Costa” são:
      Alemanha
      Bélgica
      Croácia
      Eslovénia
      Finlândia
      Holanda
      Itália
      Luxemburgo
      Polónia
      Suécia

      São todos uns “tristes”…

  2. O que a UE quer é censurar por inteiro a Internet e impedir que o povo se mantenha informado, inclusive dos seus planos de opressão crescente. A TV já está censurada por natureza. Indiquem um único canal de sinal aberto ou de cabo que transmita informação independente e reveladora. Absolutamente nenhum. Só transmitem o que o sistema deixa e programas para imbecilizar o povo. Resta alguma Internet onde ainda se pode obter alguma informação independente e alternativa. Até com isso querem acabar, sob a capa da protecção do copyright.

RESPONDER

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …

Numa operação inédita de 18 horas, gémeas siamesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso

Ervina e Prefina, com 2 anos, nasceram com os crânios unidos, uma das formas mais raras e complexas de fusão craniana e cerebral conhecidas como "craniófago total posterior". Agora, médicos em Itália conseguiram separá-las numa operação …

Família de Pablo Escobar está a processar um rapper norte-americano. Exige-lhe 10 milhões

A família Pablo Escobar, morto em dezembro de 1993 na Colômbia, está a processar o rapper norte-americano Tauheed Heakeen Epps, mais conhecido como 2 Chainz, por usar o nome do narcotraficante num negócio. De acordo com …

Steve Jobs acreditava na eficiência do teletrabalho já em 1990

O fundador da Apple, Steve Jobs, que faleceu em outubro de 2011, dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990. A pandemia de covid-19, que já matou mais de 500 mil pessoas me todo …