“Declarações alarmistas”. ARS desdramatiza e diz que não há perigo de o Algarve fechar

GreenLakeBlue Photography / Flickr

Praia da Ponta da Piedade

Na quinta-feira, o presidente da Ordem dos Médicos do Sul disse que, se houvesse mais de 100 casos de covid-19, seria necessário “fechar o Algarve”. Entretanto, a Administração Regional de Saúde do Algarve veio desdramatizar as declarações, dizendo que são “alarmistas”.

O presidente do conselho diretivo da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algave, Paulo Morgado, afirmou à agência Lusa que “não há perigo de o Algarve fechar, de o Alentejo fechar ou de o país fechar” porque o que se verifica “neste momento é o aparecimento de pequenos surtos aqui e acolá“, o que pode acontecer em qualquer “ponto do território nacional” ou em outros países.

“São declarações alarmistas. Neste momento, a situação da pandemia e da epidemia em Portugal não está completamente controlada, é verdade, mas estamos numa fase descendente da curva. Podemos vir a ter uma segunda onda, como outros países onde a doença existe, mas se essa onda vai ser maior ou menor, ninguém sabe e ninguém é capaz de prever”, disse o presidente da ARS.

Paulo Morgado assegurou que “o Algarve tem capacidade de resposta“, como “teve para a primeira onda” da pandemia, quando “nunca esteve perto de esgotar a capacidade instalada” para tratar os doentes infetados pelo novo coronavírus. “Temos capacidade para ter cerca de 250 doentes covid internados nos nossos hospitais e o máximo que tivemos foi um décimo disso, em termos de capacidade de internamento”, exemplificou.

Paulo Morgado assegurou que, “para já, não há nenhum surto de 100 pessoas” e “está-se longe” desses números, acusando a Ordem dos Médicos do Sul de tomar uma “posição que é alarmista e não tem adesão à realidade“.

Cerca sanitária? “Já tínhamos fechado Lisboa”

Em declarações à Renascença, a Associação de Municípios do Algarve (AMAL) classificou de “incendiárias” as declarações do presidente da Ordem dos Médicos do Sul na entrevista de quinta-feira ao Diário de Notícias.

António Miguel Pina, presidente da AMAL, disse que o raciocínio de Alexandre Valentim Lourenço levaria a que já se tivesse fechado Lisboa. “Completamente incendiárias. Por essa ordem de ideias já tínhamos fechado Lisboa, já tínhamos fechado o resto do país. Não faz sentido nenhum”, afirma António Miguel Pina.

António Miguel Pina, que também é presidente da Câmara de Olhão, lamentou ainda o que apelida de “declarações no mínimo bombásticas, que perturbam uma região que trabalhou muito para ter números muito baixos, que necessita de restabelecer a sua economia”.

“O senhor representante da Ordem, no fim das suas declarações percebe-se que o que ele quer e o que pede é mais médicos. O que nós não precisamos é que utilizem a covid-19 e assustem as pessoas. Estas forças que são um misto de sindicatos e corporações, utilizam a política do medo para os seus combates e os seus direitos, eventualmente”, criticou.

Em relação a este assunto, a Ordem dos Médicos defendeu a necessidade de intensificar uma campanha de sensibilização para as regras de segurança face à covid-19 no Algarve, apontando que uma eventual cerca sanitária é decisão da tutela, mas ouvindo os autarcas.

“O Algarve é a imagem do país lá fora, é o local que provavelmente irá ter mais turistas estrangeiros. As medidas de reforço têm de ser grandes. Se as pessoas cumprirem, o vírus terá muita dificuldade em se propagar. No Algarve temos de insistir ainda mais nisto com uma campanha muito, muito, forte”, disse Miguel Guimarães.

Uma “vigilância muito apertada” e “dar informação constante e permanente a quem está e a quem chega ao Algarve” são medidas que a Ordem dos Médicos quer ver no terreno, bem como o reforço da ideia de que regras como distanciamento social, higienização e uso de máscara “são para cumprir”.

Festa ilegal de Lagos com 69 casos positivos

O número de casos de covid-19 associados a uma festa ilegal em Lagos já é de, pelo menos, 69, de acordo com informações da Câmara de Municipal de Lagos. Em comunicado, a autarquia informou que foram realizados testes a cerca de 1.100 pessoas.

O Algarve é das regiões do país com menos contágio de covid-19. Este mês, uma festa ilegal em Lagos foi vinculada a um surto de casos positivos de covid-19 no Algarve.

O evento foi organizado num clube recreativo de Odiáxere, a cerca de 15 minutos de Lagos, alugado com a justificação de que seria usado para uma festa de aniversário com um grupo de entre 10 a 15 pessoas. A festa decorreu entre as 18h e as 20h, até que foi interrompida pela GNR, chamada ao local devido a várias queixas. Estiveram presentes neste evento cerca de 100 pessoas.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam ondas de luz que atravessam materiais opacos

Uma equipa de cientistas descobriu que é possível criar feixes de luz "indestrutíveis" que praticamente não se alteram quando atravessam um meio. Só se tornam fracos. Cientistas da Universidade de Utrecht, nos Países Baixos, e da …

Se o Planeta 9 existir, pode não estar onde pensamos

Uma equipa de astrónomos conseguiu obter novas informações sobre o Planeta 9 que podem significar que a sua órbita é muito mais elíptica do que o previsto. Konstantin Batygin e Michael Brown, do California Institute of …

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …