Arrancou a corrida ao hidrogénio (a “ideia megalómana” de Costa que não custará uma “tragédia”)

André Kosters / Lusa

O Secretário de Estado da Energia, João Galamba.

O Governo revela, nesta segunda-feira, os projectos escolhidos no âmbito da Estratégia Nacional para o Hidrogénio. O primeiro leilão de hidrogénio será no início de 2021, segundo o secretário de Estado da Energia, João Galamba, que descansa aqueles que como Rui Rio falam de uma “ideia megalómana”, garantindo que o investimento não será “uma tragédia” para o país.

Nesta segunda-feira, serão divulgados os projectos privados que cumprem os requisitos para integrar a Estratégia Nacional para o Hidrogénio (ENH) e que, portanto, vão concorrer ao apoio de fundos comunitários.

O investimento privado na ENH deverá ser superior a 8 mil milhões de euros até 2030, segundo o que tem sido anunciado, prevendo-se que o Governo ponha na mesa mais mil milhões de euros em fundos públicos.

A versão final da ENH que deve ser aprovada, nesta quinta-feira, em Conselho de Ministros prevê que a aposta no hidrogénio, que já foi definida por António Costa como fundamental para construir “o país do futuro”, no caminho da descarbonização, crie entre 8 a 12 mil postos de trabalho qualificados até 2030.

“Esta é uma oportunidade para o investimento, a qualificação e a modernização da nossa indústria e do nosso tecido científico e de inovação, e também para a criação de emprego em sectores que terão um valor acrescentado bruto em princípio maior, porque vão substituir importações fósseis por produtos endógenos. São boas notícias para o emprego e para os salários”, considera no Jornal de Notícias o secretário de Estado da Energia, João Galamba.

Entre os projectos que devem integrar a ENH deve estar o H2Sines que junta a EDP e a Galp, num consórcio com a REN e empresas nacionais e internacionais, num investimento de 1,5 mil milhões de euros até 2030, conforme avança o Eco. Este megra-projecto destina-se a criar uma central de produção de hidrogénio verde em Sines.

Outro projecto que deverá ser aprovado é o H2Enable da Bondalti Chemicals para Estarreja, num investimento de 2,4 mil milhões de euros.

Ao Eco, João Galamba explica que o Governo quer “projectos grandes, médios e pequenos, em todo o país”. “Sines será sempre um hub muito importante para o hidrogénio, mas não diremos não a um grande projecto industrial como é o da Bondalti, que se pode considerar como uma nova Autoeuropa pela sua dimensão industrial e impacto positivo na economia portuguesa”, considera o governante, notando que “o projecto tem como uma das suas valências a substituição integral de amoníaco fóssil por amoníaco verde, com potencial de exportação deste novo produto”.

João Galamba acrescenta ainda que o “grande projecto para Sines” da EDP e da Galp não deverá ser o único, já que chegaram mais “projectos com sentido e com dimensão razoável”.

“Crime económico é ser contra o hidrogénio”

O secretário de Estado da Energia também responde às críticas de Rui Rio que, no Parlamento, durante o debate do Estado da Nação, falou dos planos do Governo para o hidrogénio como uma “ideia megalómana”.

“Receio que tenhamos pela frente mais um episódio de rendas garantidas, agora para o hidrogénio”, apontou Rio, questionando porque é que a “fatia de leão” do investimento será em Sines quando “os custos de transporte do hidrogénio são brutais”.

“Será que é em Sines porque este negócio interessa mais à EDP do que aos portugueses, a exemplo do negócio de rendas excessivas que agora o Ministério Público está a investigar?”, perguntou Rio a Costa.

Na resposta, o primeiro-ministro acusou o PSD de estar “fossilizado nas energias fosseis”, referindo-se ao hidrogénio como essencial para transformar Portugal num “país do futuro”.

Portugal tem condições únicas para ser o grande produtor de hidrogénio verde na Europa, porque dispõe de água abundante no mar e energia solar barata. Não é por acaso que estamos no coração da estratégia europeia para o hidrogénio verde. Não é uma ideia bizarra do Governo português”, afirmou ainda Costa.

João Galamba reforçou a ideia de Costa e lembrou que a Câmara de Estarreja, que “apoia o projecto de hidrogénio mais megalómano de todos, o da Bondalti”, é liderada pelo PSD.

Em entrevista à SIC, o Secretário de Estado já tinha tido que “megalómano é achar que Portugal pode dizer não ao dinheiro europeu, e ficarmos alegremente sozinhos enquanto a caravana passa, sem descarbonizarmos e expondo a economia portuguesa“. “Crime económico é ser contra o hidrogénio”, considerou também.

Agora, em declarações ao Jornal de Negócios, João Galamba realça que o investimento que Portugal vai fazer no hidrogénio verde não é “uma tragédia”. O governante diz que “não tem pés nem cabeça” a ideia de que serão gastos mundos e fundos na ENH, salientando que o hidrogénio vai receber menos de 1% dos 45 mil milhões de euros que Portugal vai receber da União Europeia nos próximos anos.

Primeiro leilão de hidrogénio no início de 2021

Em declarações ao Eco, João Galamba também revela que o primeiro leilão de hidrogénio em Portugal deverá ser já no início de 2021. A produção de hidrogénio verde poderá, assim, arrancar no final de 2021 ou no início de 2022.

“Teremos um envelope financeiro para atribuir, um volume total de hidrogénio que queremos apoiar e faremos um leilão”, salienta o secretário de Estado no Eco.

O anúncio da lista final dos candidatos que vão integrar a ENH será feito nesta segunda-feira e João Galamba destaca que o objectivo é que a candidatura portuguesa aos fundos europeus, para apoio à produção de hidrogénio verde, inclua um “pipeline de projectos robustos, maduros e enquadráveis na estratégia europeia”, conforme declarações ao Eco.

João Galamaba reforça, contudo, que os projectos serão escolhidos “com conta peso e medida: não vamos levar 500 projectos a Bruxelas, mas se tivermos 20 ou 30, será o ideal”, constata.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

  1. Ah Galamba, Galamba. Tu estás mesmo com vontade de rapar o tacho a todo o custo… Estes secretários de estado, cheios de ideias inovadoras. Faz-me lembrar o senhor das PPP, o ilustre Paulo Campos, “suspeito” de corrupção. Viva o Futebol!

    • Comentário de quem é esclarecido.
      Fossem todos os portugueses assim, e talvez não nos roubassem tanto.
      Esperemos que as autoridades sejam competentes em evitar outro roubo anunciado

  2. Quando me dizem “…não se preocupe…” é quando eu começo a ficar preocupado.
    Outro elefante branco como o quebra-mar de Sines?

  3. EDP Galp e REN, as lombrigas mais gordinhas que quase deixam Portugal anémico juntam-se para dominar mais um monopólio, que bom para “toda a gente”! Pensem bem, depois do estado para onde vai o vosso dinheiro, o meu vai sem dúvida, direta ou indiretamente eventualmente parar a estas 3 empresas.

  4. Agora o rapazinho (todo cheio de razão e peito inchado, a humildade não passou por lá) tem um tacho com litio, outros minérios e hidrogénio ( cinza, azuis e verdes), mas ainda guarda a panela da energia que é (era?) do Mexia.
    Será que não se consegue fazer explodir estes tachos e panelas misturando o litio com o hidrogénio?
    Assim iam a EDP a GALP e os ratos do costume que se alimentam dos nossos impostos, para o espaço.

  5. Mais uma parceria público privada de 8 mil milhões para o contribuinte sustentar… e quando der para o torto e o fogo do hidrogénio terminar por não ser viável e ser dispendioso a longo prazo, porque é! Não é um negócio barato produzir e armazenar hidrogénio… ficamos todos a olhar e a contar pelas mãos quantos já foram os negócios feitos por estes ratos do esgoto para comer dinheiro ao contribuinte…

    Políticos são como ervas daninhas onde houver solo crescem… não respeito estas pessoas… e só vou votar porque tanto é um direito como um dever… Mas nestes ratos não voto…

  6. Garantia de Galamba.
    Mesmo só para rir
    Este energumeno já esqueceu as ameaças a Teodora Cardoso, acenando com a porta do desemprego, quando os relatórios económicos do país por ela apresentados eram desfavoráveis ao governo PS ?
    Esqueceu as atitudes acanalhafas e desconexas que tomou na A R?
    Esqueceu, como dizia Costa, que era uma pedra para “atirar” á oposição ?

      • Asar? Que eu saiba a senhora não tem asas!!!! Fique sabendo e registe nessa cabeça inepta que a srª Drª Teodora Cardoso, pessoa muitíssimo inteligente e economista brilhante, vê mais com um dos olhos do que estas bestas incompetentes e gastadores com os dois olhos! Ela, a senhora está preocupada porque sabe de antemão onde estas burrices vão parar! Ao bolso dos contribuintes!

        • Não tem mas parece que sim, voltou a pousar para abrir a matraca. Quando esteve no CFP não acertou uma previsão sobre as metas do governo , portanto está apresentada.
          Não respondeu foi à questão dos Fundos Comunitários para estes investimentos que ficam pelo caminho e tornam Portugal cada vez mais atrasado.

  7. É complicado agradar a todos e as opiniões que por aqui vejo até me fazem recordar as do PS quando é oposição, sempre do contra, não sei se agora será também a ideia de Rui Rio, até talvez não, cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém e será sempre bom saber escutar opiniões diferentes mesmo de técnicos internacionais, porque afinal isto não pode ser apenas uma opção de um governo, terá que ser uma opção nacional que irá certamente abranger vários governos e várias gerações, estar contra só porque a ideia surge de um determinado governo também não é solução e amanhã criticar que nada fazem, pior ainda.

  8. Das duas 1, ou aproveitamos os fundos europeus exclusivos para estes investimentos e FAZEMOS, ou deixamos escapar e cada vez somos um País mais atrasado. Já aconteceu com a construção da linha de Alta Velocidade, os fundos foram-se a a oportunidade perdida. Quando há obras que nos indicam o caminho do progresso, há sempre VELHOS DE RESTELO.

    • Das duas uma: ou somos uns pacóvios deslumbrados que não questionamos nada e que abrimos as pernas ao primeiro que aparece; ou comportamo-nos como pessoas esclarecidas e responsáveis, e avaliamos cada situação antes de embarcarmos naquilo que pode muito bem transformar-se no conto do vigário.
      Quando aparece alguém a acenar com promessas milagrosas, há sempre os pacóvios deslumbrados que dizem logo que sim anda andes de ouvir tudo até ao fim.

  9. Quem é que acredita que este incompetente ‘Galambas’ armado em inteligente tem capacidade mental ou profissional para fazer algo de útil com a treta do hidrogénio? Metam-no num calabouço antes que faça asneiras estratosféricas com o dinheiro dos contribuintes! Estamos fartinhos de pagar para elefantes brancos! Façam-no parar por amor dos deuses!

  10. senhor Galamba quanto mais melhor… os grandes querem produzir rapido e com processos tradicionais…
    A inovacao vem dos pequenos e sao estes que veem trazer divercidade de processos e formas de produzir, armazenar….

    ou nao ‘e…. nada de novo…

    cheira milhoes da europa e muitos ficaram doidos….nao veem nada so projetos, bons maus nao interessa o importante ‘e estar feito e butar a mao na massa….

    Voces nunca me enganaram, mais do mesmo…esse jogo sei a muito como funciona…dansa do apanha…

RESPONDER

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …

Jorge Jesus acusa Gil Vicente de antijogo: "Fez o que o árbitro permitiu"

Este sábado, o Gil Vicente visitou o Benfica e saiu com os três pontos na bagagem ao vencer por 2-1, num duelo relativo à 27ª jornada da Liga NOS. O Benfica perdeu no Estádio da Luz …

Site chinês "apaga" mulheres que não querem casar ou ter relações com homens

Vários grupos de feministas com ideias mais radicais começaram a ser bloqueados de um dos sites mais influentes na China. Num país conhecido pelo seu regime ditatorial e conservador, um grupo de mulheres uniu-se para lutar …