Argentina quer imposto sobre grandes fortunas para salvar empresas e ajudar os mais pobres

Enric Fontcuberta / EPA

A Argentina está a discutir um projeto de lei que visa aplicar um imposto único aos detentores de grandes fortunas – mais de 3 milhões de dólares – para reforçar o setor da saúde do país sul-americano.

De acordo com a emissora britânica BBC, que cita os autores do documento, o dinheiro arrecadado através deste imposto serviria para ajudar os mais pobres no acesso a serviços de saúde, ajudando também pequenas e médias empresas a sobreviver à crise económica que o país enfrenta e que se agravou com a pandemia de covid-19.

Batizado de “imposto para os ricos”, o projeto apresentado por deputados no Parlamento da Argentina mereceu o apoio do Presidente do país, Alberto Fernández.

“Somos 45 milhões na Argentina e 12 mil pessoas concentram muita riqueza. É a estas pessoas que vamos pedir este apoio excecional para a situação difícil gerada pela pandemia (…) [O imposto] só será cobrado uma vez”, explicou o chefe de Estado da Argentina em declarações à estação televisiva C5N, sediada Buenos Aires.

Esta será “uma ferramenta útil para a luta contra o novo coronavírus”, representando “a solidariedade” dos cidadãos mais ricos, frisou ainda Alberto Fernández no Twitter.

A medida permitira arrecadar cerca de 3 mil milhões de dólares, de acordo com as estimativas dos criadores do projeto que tiveram por base o património declarado dos detentores das grandes fortunas. O imposto rondaria entre os 2% e os 3,5% dos bens declarados, precisa ainda a emissora britânica.

Além do apoio do Presidente, a iniciativa mereceu apoio dos deputados, mas foi mal recebida pela oposição e pelo setor empresarial.

Quando os primeiros casos de covid-19 chegaram à Argentina, o país já estava mergulhado numa crise económica: está há quase dois anos em recessão, registando altos índices de pobreza (35% da população), de desemprego (10%) e de inflação (35%).

A pandemia, que já fez mais de 400 mil vítimas mortais e infetou mais de sete milhões de pessoas em todo o mundo, veio agravar esta situação. A Argentina tem mais de 24.000 casos confirmados de covid-19, tendo a lamentar mais de 700 vítimas mortais.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A história já provou várias vezes que o imposto sobre grandes fortunas recai sobre os pobres, pois, os mais ricos saem do país para não pagar mais essa ganância estatal disfarçada de “caridade terceirizada” de político. Os ricos saem do país e levam consigo a fortuna, o patrimônio, os investimentos, as empresas, os empregos…

RESPONDER

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …