Argentina quer imposto sobre grandes fortunas para salvar empresas e ajudar os mais pobres

Enric Fontcuberta / EPA

A Argentina está a discutir um projeto de lei que visa aplicar um imposto único aos detentores de grandes fortunas – mais de 3 milhões de dólares – para reforçar o setor da saúde do país sul-americano.

De acordo com a emissora britânica BBC, que cita os autores do documento, o dinheiro arrecadado através deste imposto serviria para ajudar os mais pobres no acesso a serviços de saúde, ajudando também pequenas e médias empresas a sobreviver à crise económica que o país enfrenta e que se agravou com a pandemia de covid-19.

Batizado de “imposto para os ricos”, o projeto apresentado por deputados no Parlamento da Argentina mereceu o apoio do Presidente do país, Alberto Fernández.

“Somos 45 milhões na Argentina e 12 mil pessoas concentram muita riqueza. É a estas pessoas que vamos pedir este apoio excecional para a situação difícil gerada pela pandemia (…) [O imposto] só será cobrado uma vez”, explicou o chefe de Estado da Argentina em declarações à estação televisiva C5N, sediada Buenos Aires.

Esta será “uma ferramenta útil para a luta contra o novo coronavírus”, representando “a solidariedade” dos cidadãos mais ricos, frisou ainda Alberto Fernández no Twitter.

A medida permitira arrecadar cerca de 3 mil milhões de dólares, de acordo com as estimativas dos criadores do projeto que tiveram por base o património declarado dos detentores das grandes fortunas. O imposto rondaria entre os 2% e os 3,5% dos bens declarados, precisa ainda a emissora britânica.

Além do apoio do Presidente, a iniciativa mereceu apoio dos deputados, mas foi mal recebida pela oposição e pelo setor empresarial.

Quando os primeiros casos de covid-19 chegaram à Argentina, o país já estava mergulhado numa crise económica: está há quase dois anos em recessão, registando altos índices de pobreza (35% da população), de desemprego (10%) e de inflação (35%).

A pandemia, que já fez mais de 400 mil vítimas mortais e infetou mais de sete milhões de pessoas em todo o mundo, veio agravar esta situação. A Argentina tem mais de 24.000 casos confirmados de covid-19, tendo a lamentar mais de 700 vítimas mortais.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A história já provou várias vezes que o imposto sobre grandes fortunas recai sobre os pobres, pois, os mais ricos saem do país para não pagar mais essa ganância estatal disfarçada de “caridade terceirizada” de político. Os ricos saem do país e levam consigo a fortuna, o patrimônio, os investimentos, as empresas, os empregos…

RESPONDER

Costa: "PS continua a ser o maior partido autárquico nacional"

António Costa canta vitória nas eleições autárquicas, apesar de ainda não se conhecerem os resultados finais de Lisboa, Sintra e Loures. Para o secretário-geral socialista, não há dúvida de que o "PS continua a ser …

O "primeiro amarelo" para Costa e o "CDS superou todos os objectivos"

"O CDS superou todos os objectivos a que se propôs nestas autárquicas". É assim que Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, canta vitória, considerando que António Costa "viu o seu primeiro cartão amarelo". Na reacção …

Pegadas provam que as Américas foram povoadas milhares de anos antes do que pensávamos

Investigadores descobriram evidências da presença de humanos nas Américas: pegadas com, pelo menos, cerca de 23.000 anos. A nossa espécie começou a migrar para fora de África há cerca de 100.000 anos. Além da Antártida, as …

Liveblog Autárquicas. PSD conquista Aveiro com maiora absoluta, Isaltino ganha Oeiras

Realizam-se este domingo Eleições Autárquicas em Portugal, nas quais está em jogo a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais, bem como 3091 assembleias de freguesia. Acompanhe tudo no …

Jerónimo assume que CDU ficou "aquém", mas não é "determinante para a política nacional"

Jerónimo de Sousa reconhece que os resultados da CDU, nas eleições autárquicas, ficaram "aquém" dos objectivos, mas alerta que não são "determinantes para a política nacional" e rejeita a hipótese de deixar a liderança do …

Geringonça à direita... ou à esquerda? Com Moedas e Medina taco a taco, IL e Bloco entram em jogo

Freguesia a freguesia, eis como Fernando Medina e Carlos Moedas estão a disputar a eleição para a Câmara de Lisboa. As sondagens dão um empate técnico e a Iniciativa Liberal já manifestou que está disponível …

Autárquicas: PS reivindica vitória e acredita que ganha em Lisboa

O secretário-geral adjunto do PS reivindicou hoje vitória do seu partido nas eleições autárquicas, dizendo que irá vencer em número de câmaras e de freguesias, e manifestou-se confiante no quinto triunfo consecutivo em Lisboa. Esta posição …

Autárquicas: Santana reconquista a Figueira e fala numa "proeza sem igual"

Pedro Santana Lopes já fez o seu discurso de vitória como presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz, num autoelogio pelo facto de ter ganho a dois "grandes partidos", o PS e o PSD, …

Autárquicas: PS segura Almada

Aposta da CDU em Maria das Dores Meira, atual autarca de Setúbal que atingiu o limite de mandatos naquele concelho, parece não ter sortido os efeitos desejados. O Partido Socialista deverá, segundo as primeiras projeções, conseguir …

Autárquicas: Coimbra muda de mãos com maioria absoluta de José Manuel Silva

Segundo as primeiras projeções desta noite, o ex-bastonário da Ordem dos Médicos e candidato do PSD, José Manuel Silva conquista a Câmara Municipal de Coimbra, com margem confortável Segundo a projeção SIC, José Manuel Silva obterá …