Após série de mortes, polícia russa lança manual de instruções para selfies seguras

A polícia russa lançou esta terça-feira um “manual” sobre como tirar ‘selfies’ mais seguras, após uma dúzia de mortes e cerca de 100 pessoas feridas este ano devido a poses arriscadas enquanto se auto-fotografavam.

“Uma selfie espetacular pode custar-lhe a vida”, alerta um panfleto produzido pelo Ministério do Interior da Rússia.

O “manual” surge depois de uma série de casos, como o de uma jovem de 21 anos que disparou um tiro na própria cabeça quando tirava uma ‘selfie’.

O acidente não foi mortal, mas a jovem mulher ficou gravemente ferida.

Em janeiro, na região dos montes Urais, dois jovens morreram na explosão de uma granada quando se faziam fotografar segurando uma granada de mão à qual retiraram o pino de segurança. O telemóvel com a ‘selfie’ “sobreviveu” à explosão e revelou o acontecido.

Em maio, um adolescente da região de Ryazan, a sudeste de Moscovo, morreu quando acidentalmente entrou em contato com cabos elétricos ao tentar tirar uma fotografia a escalar uma ponte de caminho de ferro.

“Infelizmente temos vindo a notar um aumento continuado do número de acidentes causados pelos amantes das ‘selfies'”, disse Yelena Alexeyeva, assessora do ministro do Interior russo.

“Antes de tirar uma ‘selfie’, todas as pessoas deveriam pensar que a corrida para obterem o maior número de ‘likes’ (nas redes sociais pode) levá-los a uma viagem mortal e tornar póstuma a sua mais recente fotografia espetacular“, sublinhou.

O panfleto, em forma de manual, faz parte de uma campanha que inclui também um vídeo e conselhos no site do Ministério do Interior.

Ministério do Interior da Rússia

Como tirar selfies em segurança: panfleto de campanha de segurança distribuído pelo Ministério do Interior da Rússia

Como tirar selfies em segurança: panfleto de campanha de segurança distribuído pelo Ministério do Interior da Rússia

Os episódios peculiares com selfies perigosas — ou no mínimo imprudentes — sucedem-se um pouco por todo o lado.

Em junho, uma selfie publicada por um membro do auto-designado Estado Islâmico permitiu à Força Aérea dos Estados Unidos localizar, bombardear e destruir um quartel-general da organização na Síria.

Em maio, na Roménia, uma jovem de 18 anos morreu queimada quando tentou tirar uma selfie na parte de cima de um comboio.

Em janeiro, três estudantes indianos perderam a vida quando tentavam fazer uma selfie com um comboio que se aproximava ao fundo.

Em novembro do ano passado, uma jovem perdeu a vida em Espanha quando tentava tirar uma selfie no rebordo exterior da histórica Puente de Triana, em Sevilha.

E em agosto do ano passado, um casal de turistas polacos morreu ao cair ao mar na ravina do Cabo da Roca, em Sintra, quando posava enquanto os filhos lhes tiravam uma foto.

As daredevil selfies, “fotos corajosas” em situações perigosas, são a mais recente moda do admirável mundo novo. E parecem estar a chegar ao outro mundo também.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “E em agosto do ano passado, um casal de turistas polacos morreu ao cair ao mar na ravina do Cabo da Roca, em Sintra, quando posava enquanto os filhos lhes tiravam uma foto.”
    Percebo a razão de adicionar, mas isto não é uma selfie.

RESPONDER

Pandemia fez com que quase metade dos portugueses poupe menos

Quase metade dos portugueses (48%) afirma poupar menos devido ao impacto da pandemia, embora mais de um terço assuma que a crise sanitária está a ter um efeito positivo nos seus gastos, segundo um estudo …

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …