/

Ana Gomes volta a atacar Marcelo por ter sido “intermediário” de Ricardo Salgado

3

Tiago Petinga / Lusa

A ex-eurodeputada e candidata a Belém, Ana Gomes

Numa conversa online com Isabel Soares, a candidata presidencial Ana Gomes voltou a lançar farpas a Marcelo Rebelo de Sousa com o caso Monte Branco e a ligação a Ricardo Salgado.

Depois das críticas lançadas no debate com Marcelo Rebelo de Sousa, Ana Gomes voltou a atacar o recandidato à Presidência da República com o caso Monte Branco e a ligação a Ricardo Salgado, desta vez numa conversa online com Isabel Soares, filha dos históricos fundadores do PS Mário Soares e Maria Barroso, e mandatária nacional de Ana Gomes.

No evento digital da campanha presidencial, que durou cerca de 45 minutos, a candidata referiu que “o caso nunca chegou a lado nenhum, mas uma das revelações que trouxe à luz do dia foi o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter sido o intermediário por indicação do seu próximo Ricardo Salgado para ir buscar financiamento a Angola para o jornal onde então (o atual PR) escrevia”, o Sol.

Ana Gomes resgatou um dos temas com que atacou Marcelo no debate na RTP e lembrou ainda que “quem veio a tornar-se acionista do Sol não foi outra pessoa senão o dirigente do BES Angola, Álvaro Sobrinho“.

“Aqui está um exemplo que, com certeza, escapou à due diligence elementar para controlo de investimentos em Portugal, ainda por cima num setor tão vitalmente sensível para a democracia como é o setor da imprensa”, disse, citada pelo Expresso.

Durante o evento, foram abordados vários temas, como a educação, a cultura, a liberdade e a democracia. Os valores de Abril foram lembrados e enaltecidos, e Ana Gomes trouxe à conversa André Ventura e a extrema-direita.

“Não podemos ser ingénuos sobre quem está por detrás daquela força, além das questões do financiamento obscuro e altamente duvidoso, são ideólogos dos tempos do fascismo”, referiu.

De acordo com a TSF, Isabel Soares destacou o facto de Ana Gomes ser uma mulher de esquerda a candidatar-se ao mais alto cargo da nação.

“A Ana é uma mulher frontal, corajosa e de esquerda e eu sou uma mulher de esquerda também e acho que o PS deveria ter uma candidatura. Estou ao seu lado porque não entendo a não-existência de uma candidatura do PS”, disse, enviando um recado ao partido.

  Liliana Malainho, ZAP //

3 Comments

  1. Que hipocrisia.
    A Ana Gomes fez-se de muito ofendida, quando o André Ventura foi buscar o Paulo Pedroso para a atingir.
    Vai-se a ver, faz o mesmo com o Marcelo, indo buscar o Ricardo Salgado.
    Não há um candidato que se aproveite.
    Não admira que o Marcelo, com uma campanha em part time, ganhe a eleição à primeira, e ainda se arrisque a bater um recorde.

    • A Politica é a coisa mais suja da Sociedade !…… em tempos de Campanhas Eleitorais cada un vai ao caixote de lixo aproveitar o que pode……….sempre assim foi !

  2. Já percebeu que essa acusação perturba o presidente e vai continuar a bater na tecla até lhe apetecer. É a vingançazita de ter perdido, a anos luz de Marcelo Rebelo de Sousa.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE