“Nunca deveria ter sido legalizado”. Se for eleita, Ana Gomes vai pedir reapreciação da legalidade do Chega

José Sena Goulão / Lusa

A candidata presidencial Ana Gomes garantiu esta segunda-feira que, se for eleita, vai pedir a reapreciação da legalização do Chega. Além disso, a ex-eurodeputada socialista acusou Marcelo Rebelo de Sousa de “o grande desestabilizador” do sistema político.

Em entrevista à TVI24, a candidata presidencial Ana Gomes disse que, se for eleita Presidente da República, vai pedir à à Procuradoria-Geral da República uma reapreciação da legalidade do partido Chega.

O Chega nunca deveria ter sido legalizado. E porquê? Porque é um partido que claramente tem um discurso xenófobo, racista, quer confinar as pessoas de etnia cigana, e tem, sobretudo, um propósito de destruir a democracia”, afirmou Ana Gomes.

A ex-eurodeputada socialista disse ainda não perceber “como o Tribunal Constitucional o legalizou”.

“Posso assumir desde já um compromisso: sendo eleita, uma das primeiras atitudes que tomarei será dirigir uma mensagem à senhora procuradora-geral da República, pedindo uma reapreciação da legalidade do Chega, não apenas, pelo programa, mas também pela sua prática reiterada xenófoba, racista, violenta. Olhe como é por aqueles de que nos queixamos agora no SEF [Serviço de Estrangeiros e Fronteiras]”, disse.

Questionada sobre se vai estar presente nos debates presidenciais com André Ventura, líder do Chega, Ana Gomes assegurou que “com certeza” que vai –  mas não lhe estenderá a mão.

“Darei um cumprimento sanitário, como por exemplo assim [baixar a cabeça], de cortesia elementar para quem como eu fui diplomata. Agora, apertar a mão nem era preciso o contexto sanitário, tenho também linhas vermelhas [quanto] a quem aperto a mão”, disse a candidata.

A candidata garantiu também que nunca daria posse a um Governo do PSD/CDS com o apoio parlamentar do Chega. “Essa é uma grande diferença de Marcelo Rebelo de Sousa. Nunca replicaria aquilo que ele admite replicar, que ele foi artífice nos Açores”, disse.

Questionada sobre o que a leva a defender que um segundo mandato presidencial de Marcelo será “perigoso para Portugal”, Ana Gomes acusou Marcelo de ser “o grande desestabilizador” do sistema político, dizendo que o Presidente ora se encosta ao Governo, ora lhe puxa o tapete.

Ana Gomes acusou Marcelo de estar “a normalizar um partido racista e fascista“, o Chega, e de não combater “as infiltrações da extrema-direita nas forças de segurança”.

A candidata disse ainda é “incompatível” um Presidente da República jurar a defesa da Constituição e dar posse ao Governo sustentado pelo partido de André Ventura, por se tratar de uma força política “que quer destruir a Constituição”.

“Vale a pena gastarmos dinheiro na TAP”

A candidata presidencial Ana Gomes abordou o tema da TAP, dizendo que esta é uma empresa estratégica, que deve ser defendida e chamou os partidos a assumirem as suas responsabilidades.

A ex-eurodeputada afirmou que plano de reestruturação da TAP deveria ter sido discutido no Parlamento, considerando que “ele [ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos] tinha razão quando disse que queria levar o assunto à Assembleia da República”.

“A Assembleia da República não queria discutir o problema da TAP, mas devia. O Parlamento tem que assumir as suas responsabilidades e os partidos no Parlamento têm de assumir as suas responsabilidades e quando estão questões estratégicas em cima da mesa – seja a CGD, seja o Novo Banco, seja a TAP – é evidente que o Parlamento não se pode desresponsabilizar e tem que se responsabilizar por aquilo que a TAP precisa que é: recapitalização e boa gestão que nunca teve“, disse Ana Gomes.

A candidata disse ainda que a TAP não deve “cair”.

“Vale a pena salvar a TAP, vale a pena gastarmos dinheiro na TAP. É preciso ver que dinheiro, o processo deve ser seguido e é para isso que serve o Parlamento. Aqui ou em qualquer lugar”, afirmou. “É uma boa companhia e deve ser preservada”.

“Não me arrependo de ter sido militante do MRPP”

A candidata presidencial mencionou, na mesma entrevista, o seu passado político, que inclui um ano de militância no MRPP (Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses), do qual não se arrependeu. “Foi uma grande escola de cidadania”, referiu.

Ana Gomes explicou que ingressou no MRPP porque tinha “uma agenda por democracia, por liberdade”, do qual se afastou por ter sido “crítico” em relação ao 25 de abril.

“Não me arrependo de ter sido militante do MRPP. Hoje, haveria muitas coisas que não voltaria a fazer, mas foi uma grande escola de cidadania”, vincou.

Maria Campos Maria Campos, ZAP // Lusa

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

  1. Daqui a pouco estamos numa versão EUA; cancelar tudo o que não concordamos, em vez, de uma forma crítica e construtiva, debater os assuntos.

    Esta pessoa (candidata) está a utilizar as mesmas cartas que a esquerda progressista dos EUA: um “espelho”? – talvez!

    E que tal apresentar políticas positivas, construtivas e que façam o país avançar? – Apesar de ter todo o direito de pedir ao STJ a reapreciação de seja o que for (é uma liberdade/direito) como qualquer outro.

  2. Essa atitude Não é Democrática. Estamos onde no antes 25 de 74? Se olhasse para as governamentações que temos desde o pós 25 de 74 e condenasses certos partidos e pessoas aí estávamos de acordo.
    Esta gente só quer é o poder mais Nada. Chegam lá é Tudo Igual ao que estava antes. Só mudam as moscas porque a M—- é a mesma.

  3. A TAP, 3 mil milhões e estima-se que não irá ser suficiente. Somos 10 milhões de habitantes, 10 milhões de Euros daria 1 milhão por habitante mas vamos pagar cerca de 3 mil milhões? De onde vai vir esse dinheiro? Quais vão ser as contrapartidas?

    • 10 milhões de euros a dividir por dez milhões de habitantes dé 1 euro.`
      é por isto e outra coisas que o GRANDE PORTUGAL não passa da cepa torta
      o que vale ´são os canudos
      NEM CONTAS SABEM FAZER

    • 10 milhões de Euros daria “1 EURO” por habitante. São na verdade 3,2 mil milhões estimados, que devem acabar em 4,5 mil milhões… e mesmo só os 3,2 mil milhões já dá 320 euros por português, ou cerca de mil euros por família. Assustador. O dinheiro vem TODOS os dias dos bolsos de todos nós, nos impostos sobre os combustíveis que subiram muito, no IVA que já vai em 23%, e em todas as taxas e taxinhas que subiram desalmadamente desde 2015.

  4. Como sabe que não vai ser eleita , o que é que interessa saber o que vai ou não fazer ?
    Esta é daquelas notícias, que nem devia aparecer

  5. A Sra. Ana Gomes quer concorrer à Presidência da República para combater a democracia… queria recordar-lhe que o PS é o maior responsável pelo enorme empobrecimento e maus cuidados de saúde de todo um país – 10 milhões de pessoas – e ainda ninguém pediu a ilegalização do PS, embora os dados causados a Portugal sejam atrozes. A diferença, minha cara, é que somos democratas.

  6. Ai está ela no seu melhor.
    Não se lembra de ter sido do MRPP???!!! Como sempre foi democrata encetou pela ala mais esquerdista de oposição. Então, para ela, os liberais democratas eramos uns capitalistas perigosos a soldo do imperialismo americano. (No meu caso tive que trabalhar de dia para estudar à noite contrariamente ao percurso dessa senhora).
    O perigo nela sempre foi o de quem é por mim é “democrata” tudo o que é de direita ou liberal é pura e simplesmente fascista.
    Enfim esta senhora nem merece adjectivação.

  7. E lá vai o CHEGA engordar mais um pouco.
    Se querem destruir o CHEGA é fácil. Metam-no numa coligação no governo e depois o povo todo vai constatar que… são mais do mesmo. E o partido fecha no dia seguinte.

    • Toda a raiva que esta senhora exibe vem essencialmente do PS ter levado a cacetada nos Açores, com auxílio do Chega. Essa foi de morte. Está-lhes atravessada na garganta. Para esta fulana, o Chega agora é tudo do mais negro. A aposta é desancar forte e feio, para o tentar destruir. Até põe em causa o Tribunal Constitucional, pela legalização do Partido. Esta tipa pensa que pode levar tudo à frente para consumar a sua paranoia.

  8. Bom com este tipo de noticias da para ver o calibre destes politicos nao e ? Mais do mesmo. Agora nao se arrependam mais tarde ao ir a correr a votar neste tipo de politicos. E depois dizer, ah sacana enganou-me como fizeram com o Marcelo. Sera que a maioria das pessoas nao consegue ler os politicos que temos e do que sao capazes atraves das noticias e do que eles dizem ? E assim tao dificil ler o perfil destas pessoas ? Acaso ela se preocupou ou vai preocupar com o problema da corrupcao ? Ups isto nao era para ser divulgado nao e ? Nunca tocam nessas coisas, deve ser um problema menor para eles. Esta certo, me engana que eu gosto

  9. Esta escória de gente deveria ser é enjaulada. O Sócrates para se ver livre dela, chutou-a para o PE. Que sentido de democracia tem esta pessoa sem vergonha, cujo comportamento é desprezível ?
    Isto é o “perfume” de esquerdalhada radical. Até quando teremos que aturar este farrapo podre?

  10. Toda a raiva que esta miserável exibe vem essencialmente do PS ter levado a cacetada nos Açores, com auxílio do Chega. Essa foi de morte. Está-lhes atravessada na garganta. Para esta fulana o Chega agora é tudo do mais negro. A aposta é desancar forte e feio, para o tentar destruir. Até põe em causa o Tribunal Constitucional, pela legalização do Partido. Esta tipa pensa que pode levar tudo à frente para consumar a sua paranoia. É uma jogada perigosa que lhe pode sair caro.

  11. Entre o oito e o oitenta venha o diabo e escolha o melhor.
    Não existem bruxas boas nem bruxos maus, bruxas são bruxas, ponto final. Contudo, a bruxa pergunta ao espelho “haverá bruxa melhor que eu?”
    Político é político, quem não defender os mesmos ideais é inimigo. Então, na ideologia dos extremistas os extremos de uma linha acabam por se unir, sendo as políticas de direita e esquerda escrupulosamente iguais daí, o PE considerar Hitler=Estaline, ou ainda numa versão mais ressente Bolsonaro=Madura, qual a diferença?
    Não negligenciando os que estão pelo meio, que Deus nos livre do André e da A. Gomes, que são as faces da mesma moeda, os pontos tocam-se. Também não vejo em nenhum dos restantes candidatos perfil para ocupar a cadeira de PR, mal por mal que continua por mais cinco anos o actual, este já o conheço, os outros não me inspiram confiança.
    No que toca ao aparecimento do Chega, IL, PAN e Livre, muita gente, e eu sou da mesma opinião, é que o surgimento daqueles partidos deve-se à má gestão da coisa pública, das políticas anti sociais que se tem praticado desde Abril/74, os partidos da esfera governamental (PS/PSD) e mesmo os da oposição, outra coisa não fazem senão enganar os votantes com promessas que não cumprem, a justiça que não funciona, SNS que está enfermo, e educação está do avesso, a segurança que cada vez está mais débil com os partidos da esquerda a enfatizar num só sentido as más praticas de cidadãos, que em vez de estarem gratos por quem recebe e os responsáveis políticos que se desresponsabilizam automaticamente. A culpa não é de ninguém e quem se penaliza pelos desvarios praticados é o Zé contribuinte, sim porque tudo oque acontece tem os seus custos. Então, as fileiras do descontentamento aumentam direccionando o seu sentido de voto para o Chega. Estará correcto? Não sei, o que sei é que o combate ás desigualdades e corrupção não tem dado os frutos que a população aguarda desde Abril/74, pelo contrário, cada vez mais têm enfernizado a vida dos contribuintes, da população geral.

    Votar na corrupção? Não obrigado.

  12. Pela mesma ordem teria também que reapreciar a legalidade do Bloco de Esquerda e do PCP, estes sim declaradamente tentáculos de partidos comunistas que contabilizam à sua conta milhões de mortes e torturados pelo mundo comunista, será que não quer ver? Esta dá uma, no cravo e dez na ferradura, onde este país chegou com tanto candidato a ditador à sombra do chapéu da “democracia”.

  13. Estou a leste no que toca a política mas se toda a gente bate no CHEGA, André, podes contar comigo. É porque estás a incomodar muita gente. E eu gosto disso.

  14. Ana Gomes não és democrata e ofendes os portuguêses que votaram no CHEGA, tem juízo, tu queres é tacho, mas coitada não terás, porque não serves nem para servir á mesa.
    Tu queres é caminhar para uma DITADURA de Esquerda, pois já começou com gente da tua seita.
    Nem o Partido Socialista te quer, és um zero á esquerda com muitas virgulas…
    Metes-me nojo…
    Não és DEMOCRATA ÉS SIM UMA DITADOURA

RESPONDER

Quem bebe café tem melhor controlo motor e maior nível de atenção, diz estudo

Um investigador da Universidade do Minho (UMinho) concluiu que consumidores de café têm melhor controlo motor, maiores níveis de atenção e alerta e que a cafeína tem "benefícios na aprendizagem e na memória", divulgou esta …

Pas de Deux cósmico. NASA mostra dois buracos negros a distorcer a luz à sua volta

A NASA publicou um vídeo em que mostra um par de buracos negros com milhões de vezes a massa do Sol que executam um pas de deux hipnótico. A visualização da NASA mostra como os buracos …

Inteligência Artificial recriou a voz de Einstein (e é possível fazer-lhe perguntas)

Graças à Inteligência Artificial, os fãs do Nobel da Física Albert Einstein podem agora "falar" com o físico alemão online. Segundo o site IFLScience, a ideia partiu das empresas Aflorithmic e UneeQ, sediadas no Reino Unido …

O SUV BZ4X lança o mote para a nova sub marca de elétricos da Toyota

A Toyota apresentou o primeiro modelo 100% elétrico da BZ, acrónimo de Beyond Zero (além do zero), sub marca da fabricante nipónica dedicada exclusivamente aos elétricos. O SUV BZ4X será o primeiro de uma ofensiva …

A "tele-escola" em 2006: Gisela conta como era

20 de abril de 2020: o regresso da escola à RTP, agora com a designação Estudo Em Casa. Um ano depois desse momento, cruzámo-nos com uma jovem que nasceu em 1994 e que ainda estudou …

O famoso consumo de chá de Jane Austen liga a escritora ao comércio de escravos

O consumo de chá de Jane Austen vai ser submetido a "interrogatório histórico" sobre as suas ligações à escravatura, de acordo com o diretor de um museu dedicado à autora inglesa. A casa da escritora na …

Júri declara ex-polícia Derek Chauvin culpado da morte de George Floyd

Os jurados do julgamento do ex-agente da polícia acusado do homicídio do afro-americano George Floyd chegaram a acordo sobre o veredito esta terça-feira. Derek Chauvin foi considerado culpado. A decisão dos jurados, reunidos desde segunda-feira num …

Lago "assassino" matou cerca de 1.800 pessoas em apenas alguns minutos (e a história pode repetir-se)

A noite de 21 de agosto de 1986 parecia ser igual a outra qualquer. Até que, por volta das 21h30, ouviu-se um barulho muito estranho no Lago Nyos, no noroeste dos Camarões. E em minutos, …

Nigéria. Youtube fecha canal de pastor que pretende "curar a homossexualidade"

O pastor nigeriano TB Joshua apelou aos seus seguidores a "rezarem pelo YouTube" e a não responderem através do ódio ao encerramento do seu canal naquela plataforma, onde colocou vídeos em que afirmava "curar a …

Esquemas de Wall Street alimentaram a crise de 2008. Está a voltar a acontecer o mesmo

Bancos têm erroneamente relatado dados de rendimento inflacionados que comprometem a integridade dos valores imobiliários resultantes. Foi há mais de 12 anos que foi anunciada a falência do Lehman Brothers, o quarto maior banco de investimento …