/

Amigos de Sócrates gastaram 170 mil euros no seu livro com dinheiro de Santos Silva

7

João Relvas / Lusa

O ex-primeiro-ministro, José Sócrates (D), cumprimenta o seu advogado, João Araújo, à chegada à casa

José Sócrates terá “instruído” amigos seus a comprarem exemplares do livro que publicou, em 2013, num total de 170 mil euros, dinheiro que seria de Carlos Santos Silva.

A tese é defendida pelo Ministério Público, conforme reporta a SIC Notícias, frisando que os investigadores da Operação Marquês suspeitam que o livro foi “comprado por atacado, em diversos pontos do país, por amigos do ex-primeiro-ministro, a seu pedido”.

Este dado é relevante para a investigação porque o Ministério Público também acredita que os tais 170 mil euros gastos na compra de exemplares do livro saíram das contas de Carlos Santos Silva.

No centro da investigação está a teoria de que o dinheiro de algumas contas bancárias de Carlos Santos Silva é, na verdade, de José Sócrates.

Entretanto, o Correio da Manhã avança que José Sócrates gastou, em 2012, quando estava em Paris, mais de 344 mil euros.

Um dado que ganha importância perante o facto de o ex-primeiro-ministro não ter declarado quaisquer rendimentos nesse ano, conforme aponta o mesmo jornal.

As contas da publicação concluem que Sócrates gastou, em média, mais de 28 mil euros por mês na capital francesa.

ZAP

7 Comments

    • e “quem levanta muita caça e não segue nenhuma, não é muito que se recolha de mãos vazias”, (Padre António Vieira)

      • Acredito, “eu mesma” terá fé para além da razão dos fundamentos da nebulosa que paira sobre o possível acordo em Portugal e o voto contra do PS ámanhã no parlamento europeu às propostas do PCP e do BE “…se (aquela) grandeza se conhece, é glória manifesta; se não se conhece, fica escurecida, e não é glória. ” (Pdre António Vieira)
        Será o conspurcar da ética no limiar da prostituição política pelo poder…”FEm política, feio, feio, é perder.” (Ex-PAPA DOC do PS)

        • “Mal é dizer mal, mas depois de o haverdes dito, dizerdes ainda que dizeis bem, é um mal maior sobre outro mal, porque é estar obstinado nele”. Padre António Vieira.

          • Não é fé que te faz falta… É a água do riacho, a aridez que te assola na ausência de ética e moral, coisas de vida desavinda?
            (Bombarda)

  1. Esse senhor com o empréstimo que fez na CGD de 100.000€ , ainda dava para pagar uns almoços aos compatriotas emigrantes no restaurante.

  2. Agora só resta acrescentar esta mais valia “Sócrates” ao carnaval que o PS nos vem oferecendo nos últimos tempos porque encaixa tudo muito bem como peças de LEGO.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.