Amesterdão prepara-se para comprar dívidas dos seus jovens

A partir de fevereiro, a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens para ajudá-los a recomeçar e a construir um futuro.

Numa nota publicada esta semana na página oficial do Governo local de Amesterdão, a autarquia explica que a iniciativa tem como objetivo ajudar os jovens adultos que pretendam começar a trabalhar ou a estudar.

“É possível que tenham dívidas. E as dívidas causam muito stresse. E, para os jovens, as dívidas determinam, geralmente, o seu futuro”, pode ler-se no comunicado, que dá conta que 34% dos jovens que vivem na capital entre os 18 e os 34 anos têm dívidas.

“A maioria destes jovens começou em desvantagem e, devido à má sorte ou à ignorância, viu-se numa situação da qual não pode escapar sem ajuda. E é por isso isso que vamos ajudá-los para possam começar de novo”.

A iniciativa, que deverá arrancar já no próximo mês de fevereiro, destina-se a jovens com vários tipos de dívidas: desde simples faturas telefónicas a dívidas de milhares de euros. Para que as suas dívidas sejam assumidas pela cidade, os jovens devem comprometer-se a encontrar um novo emprego ou a retomar os estudos.

Enquanto isso, um banco municipal negociará as dívidas com os credores para que as possa comprar. Estes, por sua vez, receberão desde logo um pagamento de 750 euros por cada caso que aceitem – trata-se de um incentivo para que concordem transferir a dívida.

Os jovens pagarão depois a dívida residual ao banco de acordo com as suas capacidades financeiras. O jornal britânico The Guardian, Amesterdão pode mesmo liquidar algumas das dívidas se os jovens participarem com aproveitamento em programas educacionais.

Na prática, a dívida passa da esfera privada dos credores para o banco do Estado. Depois, os estudantes pagarão o que falta da dívida diretamente à cidade.

“Amesterdão acredita que todo o jovem merece uma oportunidade para ter um bom futuro (…) As dívidas não devem atrapalhar o trabalho e a educação. Infelizmente, essa situação acontece nos dias de hoje. O objetivo deste projeto passa por ajudar mais jovens a pagar as suas dívidas e, ao mesmo tempo, oferecer-lhes a oportunidade de construir o seu futuro”, lê-se na mesma nota de imprensa.

A dívida média dos estudantes dos Países Baixos aumentos de 12.400 euros em 2015 para 13.700 euros em 2019. O número de estudantes com dívidas também aumentou nos últimos anos, passado de 388.000 euros para 1,4 milhões.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. «…a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens…»

    Adultos contraíram dívidas, mas referem-se aos mesmos como «jovens».

    Já agora seria interessante saber que dívidas são essas…

  2. Completamente contra este tipo de medidas. Isto é o mesmo que a Elizabeth Warren está a propor nos EUA.

    Nada como enviar a mensagem a estes jovens ADULTOS que não têm que ser responsáveis pelos seus actos, o Estado está lá para ajudar os meninos quando fazem asneira. E também nada como enviar a mensagem a todos aqueles que pagaram as suas dívidas, pelo seu trabalho e sacrifício, que mais vale gastar o dinheiro em férias e telemóveis.

    E que tal as pessoas serem responsáveis pelas suas decisões?

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …