Amesterdão prepara-se para comprar dívidas dos seus jovens

A partir de fevereiro, a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens para ajudá-los a recomeçar e a construir um futuro.

Numa nota publicada esta semana na página oficial do Governo local de Amesterdão, a autarquia explica que a iniciativa tem como objetivo ajudar os jovens adultos que pretendam começar a trabalhar ou a estudar.

“É possível que tenham dívidas. E as dívidas causam muito stresse. E, para os jovens, as dívidas determinam, geralmente, o seu futuro”, pode ler-se no comunicado, que dá conta que 34% dos jovens que vivem na capital entre os 18 e os 34 anos têm dívidas.

“A maioria destes jovens começou em desvantagem e, devido à má sorte ou à ignorância, viu-se numa situação da qual não pode escapar sem ajuda. E é por isso isso que vamos ajudá-los para possam começar de novo”.

A iniciativa, que deverá arrancar já no próximo mês de fevereiro, destina-se a jovens com vários tipos de dívidas: desde simples faturas telefónicas a dívidas de milhares de euros. Para que as suas dívidas sejam assumidas pela cidade, os jovens devem comprometer-se a encontrar um novo emprego ou a retomar os estudos.

Enquanto isso, um banco municipal negociará as dívidas com os credores para que as possa comprar. Estes, por sua vez, receberão desde logo um pagamento de 750 euros por cada caso que aceitem – trata-se de um incentivo para que concordem transferir a dívida.

Os jovens pagarão depois a dívida residual ao banco de acordo com as suas capacidades financeiras. O jornal britânico The Guardian, Amesterdão pode mesmo liquidar algumas das dívidas se os jovens participarem com aproveitamento em programas educacionais.

Na prática, a dívida passa da esfera privada dos credores para o banco do Estado. Depois, os estudantes pagarão o que falta da dívida diretamente à cidade.

“Amesterdão acredita que todo o jovem merece uma oportunidade para ter um bom futuro (…) As dívidas não devem atrapalhar o trabalho e a educação. Infelizmente, essa situação acontece nos dias de hoje. O objetivo deste projeto passa por ajudar mais jovens a pagar as suas dívidas e, ao mesmo tempo, oferecer-lhes a oportunidade de construir o seu futuro”, lê-se na mesma nota de imprensa.

A dívida média dos estudantes dos Países Baixos aumentos de 12.400 euros em 2015 para 13.700 euros em 2019. O número de estudantes com dívidas também aumentou nos últimos anos, passado de 388.000 euros para 1,4 milhões.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. «…a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens…»

    Adultos contraíram dívidas, mas referem-se aos mesmos como «jovens».

    Já agora seria interessante saber que dívidas são essas…

  2. Completamente contra este tipo de medidas. Isto é o mesmo que a Elizabeth Warren está a propor nos EUA.

    Nada como enviar a mensagem a estes jovens ADULTOS que não têm que ser responsáveis pelos seus actos, o Estado está lá para ajudar os meninos quando fazem asneira. E também nada como enviar a mensagem a todos aqueles que pagaram as suas dívidas, pelo seu trabalho e sacrifício, que mais vale gastar o dinheiro em férias e telemóveis.

    E que tal as pessoas serem responsáveis pelas suas decisões?

RESPONDER

Equipa de campanha de Trump processa The New York Times por difamação

A equipa de campanha de Donald Trump processou o The New York Times. Em causa está um artigo publicado em março do ano passado. A equipa de campanha de Donald Trump alega que o jornal publicou, …

Enfermeiros que deixem de ser chefes regressam ao início da carreira

Há enfermeiros que regressaram ao início de carreira depois de terem abandonado as suas funções de chefia, revela o jornal Público. Tal como escreve o matutino, que avança a notícia esta quinta-feira, para que estes …

"Ronaldo foi abandonado pela equipa". Imprensa italiana arrasa Juve e elogia CR7

O Lyon tirou partido do fator casa e surpreendeu a octocampeã italiana, Juventus, em França, e ganhou esta quarta-feira uma vantagem importante - embora ténue - na eliminatória com os bianconeri para a Liga dos …

Costa desaconselha viagens de finalistas. Associação de pais diz que "não vale o risco"

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu esta quinta-feira que Portugal acabará por ter casos de coronavírus "mais cedo ou mais tarde". No entender líder do Executivo, que falava aos jornalistas em Bragança à margem da primeira …

Esquerda está contra, PSD não dá a mão. Montijo está em risco (mas "não há drama")

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, vai respeitar a decisão da maioria do Parlamento. "Acataremos, não há drama". Esta quarta-feira, Pedro Nuno Santos respondeu às críticas da esquerda acerca da vontade do Governo …

Reino Unido admite abandonar negociações com a União Europeia

O Governo britânico admite abandonar as negociações com a União Europeia (UE) para um acordo pós-Brexit se não houver progressos até junho, refere um documento publicado esta quinta-feira com a posição do Reino Unido. Num documento …

Bancos avisam: Proibir comissões vai levar a fecho de balcões e despedimentos

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) é contra a proibição de comissões bancárias ou a sua limitação em valor e em número, no MB Way e nos contratos de crédito. As propostas vão ser discutidas …

Juiz Vaz das Neves usou Relação de Lisboa para ganhar 280 mil euros com julgamento privado

O juiz Luís Vaz das Neves, ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, usou o salão nobre do tribunal para um julgamento privado com o qual ganhou 280 mil euros. De acordo com o jornal Público, …

Sergio Ramos é rei e senhor dos cartões vermelhos. Domina em todas as provas

O central Sergio Ramos foi esta quarta-feira expulso pela 26.ª vez na derrota do Real Madrid no Bernabéu frente ao Manchester City (2-1), na primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O futebolista espanhol …

Covid-19. Há oito novos casos suspeitos em Portugal (e vieram todos de Itália)

A Direção-Geral da Saúde confirmou 25 casos suspeitos, 18 dos quais tiveram resultados negativos depois de realizados testes laboratoriais. Nas últimas 24 horas, foram registados oito novos casos suspeitos. Dos novos casos suspeitos, cinco no Hospital …