Amesterdão irá fechar as montras de sexo do centro da cidade para “redefinir” o turismo

aforero / Flickr

Montras no Red Light District, o Bairro Vermelho de Amsterdão

As montras de sexo no Red Light District, em Amesterdão, serão fechadas e um novo “centro erótico” será aberto longe do centro da cidade. A proposta partiu de Femke Halsema, presidente da Câmara Municipal da cidade holandesa, e teve o apoio de vários partidos.

As prostitutas do Red Light District serão convidadas a mudar a sua atividade para um local construído fora do centro de Amesterdão, cuja localização ainda está por determinar, com vista à reconfiguração da zona turística.

Os partidos CDA (democratas-cristãos) e a ChristenUnie (União Cristã) há muito que exercem pressão para que se encerrem estes estabelecimentos e, agora, reúnem o apoio do Partido Popular para a Liberdade e Democracia (VVD) e do Partido Trabalhista e dos Verdes.



“Trata-se de uma reconfiguração de Amesterdão como cidade turística. Os turistas são bem-vindos para desfrutar da beleza e liberdade da cidade, mas não a qualquer custo”, disse Dennis Boutkan, do Partido Trabalhista Holandês.

Já Diederik Boomsma do CDA comentou com o jornal britânico The Guardian: “Temos que intervir com firmeza.”

Femke Halsema, por sua vez, argumentou que as montras devem ser fechadas, tendo em conta que as mulheres que trabalham neste meio se tornaram numa atração turística, que atrai boatos e abusos.

Inicialmente, quando a ideia foi proposta, um grupo chamado Red Light United afirmou que 90% das 170 mulheres inquiridas queriam continuar a trabalhar nas montras daqueles canais e vielas do famoso bairro De Wallen.

Mudar de local não é uma opção porque, assim, os clientes não saberão onde encontrar. Será que Halsema vai organizar viagens de autocarro para que os turistas vão a Westelijk Havengebied [distrito ao norte do centro da cidade]?”, disse, na altura, um membro do grupo ao jornal Het Parool.

No entanto, a maioria dos vereadores concordou que a realocação era necessária para mudar o tipo de turistas que visitam Amesterdão.

Uma segunda proposta para proibir os turistas de comprar canábis nos cafés da cidade está com dificuldade em ganhar apoio, devido ao receio de que possa levar traficantes a vender o produto nas ruas.

Sofia Teixeira Santos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …