Álvaro Amaro também é arguido noutro processo

Tiago Petinga / Lusa

O ex-presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro (esq)

Arguido na operação Rota Final, Álvaro Amaro, é também acusado de participar num plano para obter fundos comunitários. O atual presidente da câmara da Guarda, Carlos Monteiro, também é arguido.

O antigo presidente da câmara da Guarda, Álvaro Amaro, foi acusado esta quarta-feira na operação Rota Final, que investiga um alegado esquema fraudulento de viciação de procedimentos de contratação pública. Agora sabe-se também que o ex-autarca é arguido num outro caso.

Álvaro Amaro é suspeito de ter colaborado num plano para obter financiamento comunitário, que, segundo o Observador, terá sido usado para financiar a festa de carnaval da Guarda em 2014. Também o atual autarca da cidade, Carlos Monteiro, é suspeito de estar envolvido no caso.

No foco da atenção estão o vereador da cultura, Vítor Amaral, e duas técnicas superiores, Alexandra Isidro e Carla Morgado.

Segundo o Ministério Público, os arguidos criaram um plano para obter fundos comunitários no valor de pouco mais de 50 mil euros, já que a autarquia, através da empresa municipal da cultura, não se podia candidatar aos subsídios. A SIC explica que foi usada uma cooperativa de teatro para apresentarem a candidatura e o dinheiro conseguido permaneceu sob a posse da autarquia.

O Departamento de Investigação e Ação Penal de Coimbra, que está a investigar o caso, propõe que Álvaro Amaro e Carlos Monteiro percam os seus mandatos. Amaro foi recentemente eleito eurodeputado pelo PSD.

Em resposta às recentes acusações, Tiago Gonçalves, líder social-democrata do concelho, disse que encaram “a presente situação com surpresa e como algo que obviamente não desejaríamos estar a viver”.

No início deste mês, também já se tinha ficado a saber que Alberto Costa — que assumiu funções na câmara de Santo Tirso após a saída de Joaquim Couto — é arguido num outro processo por suspeitas de fraude fiscal.

Alberto Costa, juntamente com Maria Cacilda de Sousa, a sua chefe de divisão na Câmara Municipal de Santo Tirso, estão sob suspeitas por ligações a um grupo de empresário que “criou e geriu um conjunto de sociedades comerciais, com recurso a testas de ferro, visando ocultar os verdadeiros administradores e despistar eventuais fiscalizações por parte das autoridades competentes”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Raio !!!!!………………. com tantos corruptos, vigaristas e oportunistas desmascarados, não vai haver prisões suficientes . Há que pensar em reabilitar o Tarrafal !

Ministro da Economia admite nacionalizar empresas em caso de necessidade para combater surto

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, admitiu esta terça-feira a possibilidade do Estado vir a nacionalizar empresas, caso seja necessário para combater as consequências económicas do surto de Covid-19. "O Estado tem ferramentas …

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …