Álvaro Amaro também é arguido noutro processo

Tiago Petinga / Lusa

O ex-presidente da Câmara Municipal da Guarda, Álvaro Amaro (esq)

Arguido na operação Rota Final, Álvaro Amaro, é também acusado de participar num plano para obter fundos comunitários. O atual presidente da câmara da Guarda, Carlos Monteiro, também é arguido.

O antigo presidente da câmara da Guarda, Álvaro Amaro, foi acusado esta quarta-feira na operação Rota Final, que investiga um alegado esquema fraudulento de viciação de procedimentos de contratação pública. Agora sabe-se também que o ex-autarca é arguido num outro caso.

Álvaro Amaro é suspeito de ter colaborado num plano para obter financiamento comunitário, que, segundo o Observador, terá sido usado para financiar a festa de carnaval da Guarda em 2014. Também o atual autarca da cidade, Carlos Monteiro, é suspeito de estar envolvido no caso.

No foco da atenção estão o vereador da cultura, Vítor Amaral, e duas técnicas superiores, Alexandra Isidro e Carla Morgado.

Segundo o Ministério Público, os arguidos criaram um plano para obter fundos comunitários no valor de pouco mais de 50 mil euros, já que a autarquia, através da empresa municipal da cultura, não se podia candidatar aos subsídios. A SIC explica que foi usada uma cooperativa de teatro para apresentarem a candidatura e o dinheiro conseguido permaneceu sob a posse da autarquia.

O Departamento de Investigação e Ação Penal de Coimbra, que está a investigar o caso, propõe que Álvaro Amaro e Carlos Monteiro percam os seus mandatos. Amaro foi recentemente eleito eurodeputado pelo PSD.

Em resposta às recentes acusações, Tiago Gonçalves, líder social-democrata do concelho, disse que encaram “a presente situação com surpresa e como algo que obviamente não desejaríamos estar a viver”.

No início deste mês, também já se tinha ficado a saber que Alberto Costa — que assumiu funções na câmara de Santo Tirso após a saída de Joaquim Couto — é arguido num outro processo por suspeitas de fraude fiscal.

Alberto Costa, juntamente com Maria Cacilda de Sousa, a sua chefe de divisão na Câmara Municipal de Santo Tirso, estão sob suspeitas por ligações a um grupo de empresário que “criou e geriu um conjunto de sociedades comerciais, com recurso a testas de ferro, visando ocultar os verdadeiros administradores e despistar eventuais fiscalizações por parte das autoridades competentes”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Raio !!!!!………………. com tantos corruptos, vigaristas e oportunistas desmascarados, não vai haver prisões suficientes . Há que pensar em reabilitar o Tarrafal !

RESPONDER

PSP investiga alegada agressão de um agente a uma mulher na Amadora

A Polícia de Segurança Pública (PSP) abriu um processo de averiguações sobre a atuação policial contra uma mulher que foi detida, no domingo, na Amadora, ocorrência que envolveu "agressões" e que resultou numa denúncia contra …

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …

Condutor que atropelou mortalmente irmã de Djaló condenado a 16 anos de prisão

O Tribunal de Almada condenou, esta terça-feira, a 16 anos de prisão o condutor acusado do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos nas Festas da Moita, no distrito de Setúbal, em setembro de …

Tribunal Arbitral do Desporto mantém jogo à porta fechada na Luz

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou improcedente o recurso do Benfica ao castigo de disputar um jogo à porta fechada, uma decisão que vai ser alvo de recurso do clube. Fonte oficial do Benfica confirmou, …

Portugal tem taxas de mortalidade por AVC superiores a todos os países da Europa ocidental

Segundo um estudo recente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, “Portugal ocupa apenas a 25.ª posição (em 51 países) entre as mulheres e a 28.ª posição entre os homens, com mortalidades superiores às de todos os …

Salvini renuncia à imunidade parlamentar e quer ser levado à Justiça

Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de migrantes, quer renunciar à imunidade parlamentar e ser julgado. A poucos dias das eleições regionais, esta é uma oportunidade do ex-ministro do Interior voltar a conquistar …

Afinal, cancro e doenças cardíacas podem ser contagiosos

Na escola, aprendemos que só podemos apanhar certas doenças, como a gripe, através de outras pessoas. Porém, um novo estudo defende que muitas "doenças não transmissíveis", como a maioria dos cancros e doenças cardíacas, às …

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …