Altos níveis de radiação obrigam a retirar robô do reator 2 de Fukushima

Miguel Tona / EPA

-

A operadora da central nuclear de Fukushima divulgou hoje novas imagens do robô que conseguiu introduzir dentro do seu reator número 2, onde se detectaram níveis extremamente altos de radiação que obrigaram à retirada do aparelho.

O robô, operado por técnicos da Tokyo Electric Power Company (TEPCO), acedeu na quinta-feira ao interior do recipiente de contenção do reator após uma tentativa anterior fracassada, com a missão de analisar o estado das instalações e de separar obstáculos para continuar a exploração com outro autómato.

No entanto, os operários tiveram que retirar o aparelho antes de cobrir toda a zona prevista devido aos altíssimos níveis de radiação, estimados pela TEPCO em torno dos 650 sieverts por hora e capazes de danificar a sua parte eletrónica, informou hoje a empresa em comunicado.

Estes níveis “parecem ser maiores que o esperado”, segundo a TEPCO, que acrescentou que é necessário “continuar com as investigações” para determinar se a origem da radiação é, como se suspeita, a presença de combustível fundido no fundo do recipiente de contenção.

A empresa explicou que se trata de um nível muito elevado por ter sido medido pela primeira vez muito perto do núcleo do reator, e recalcou que no exterior do mesmo, os níveis de radiação não variaram nem se detectaram novas fugas.

Uma dose de um só sievert por dia pode causar danos graves na saúde humana e até à morte, pelo que os níveis estimados nesse ponto do interior das instalações nucleares impossibilitam o acesso de operários humanos.

Os reatores 1, 2 e 3 sofreram fusões parciais dos seus núcleos devido ao desastre originado pelo terremoto e o tsunami de março de 2011, e conhecer o estado exato das barras de combustível radioativo é fundamental para o seu manejo e retirada.

No caso da unidade 2, os técnicos da TEPCO acreditam que o combustível se fundiu o suficiente para perfurar o recipiente de pressão e acumular-se no fundo do de contenção.

A TEPCO deve em breve realizar mais análises e introduzir outro robô para continuar com a avaliação do lugar.  Os altos níveis de radiação nas instalações vão dificultar a retirada das barras de combustível do reator, um dos passos necessários para o seu desmantelamento, que calcula-se que irá durar entre 30 e 40 anos.

A crise atómica de Fukushima, desencadeada pelo terremoto e posterior tsunami que castigaram o nordeste do arquipélago japonês, foi o pior acidente nuclear desde o de Chernobyl em 1986.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Selfies estão a destruir muralha romana considerada Património Mundial da UNESCO

Uma parte da antiga Muralha de Adriano, no Reino Unido, está a colapsar por causa dos turistas que procuram o local para tirar selfies. O monumento, que em 1987 foi considerado Património Mundial da UNESCO, inspirou …

Carros vão mudar mais numa década do que aquilo que mudaram num século

Embora a aparência dos carros tenha mudado nos últimos cem anos, a maneira como os conduzimos pouco ou nada mudou. Contudo, acredita-se que na próxima década, além da forma como se movimentam ser diferente, também …

São Francisco lidera ranking das cidades onde se recebe melhor

O American Dream está claramente destacado no ranking das cidades onde se recebe melhor, mas há alguns "intrusos" no meio desta lista. Das dez cidades eleitas, há apenas quatro europeias. Apenas três continentes estão representados no …

Em 30 anos, Amazónia perdeu 953 mil hectares de áreas protegidas

Nos últimos 30 anos, a Amazónia perdeu 953 mil hectares em áreas pertencentes a unidades de conservação e terras indígenas que deveriam estar preservadas. A Amazónia brasileira perdeu 953 mil quilómetros em áreas que foram desflorestadas …

Mulheres e meninas norte-coreanas forçadas a prostituir-se e a casar-se na China

Mulheres e meninas norte-coreanas são coagidas, vendidas ou raptadas na China ou traficadas diretamente da Coreia do Norte, denuncia a Korea Future Initiative. As mulheres são forçadas a casar-se, violadas e sujeitas a outros tipos …

Trump corta financiamento para centros de investigação de saúde infantil

A administração de Trump está a terminar o financiamento para uma rede de centro de investigação focados em ameaças ambientais para crianças, colocando em risco vários estudos de longa data sobre os efeitos dos poluentes …

PJ detém ex-diretor da Santa Casa de Ponte de Sor

Um antigo diretor e contabilista de uma Santa Casa da Misericórdia do distrito de Portalegre foi esta quarta-feira detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas dos crimes de peculato e participação económica em negócio, foi …

Costa diz que só soube do memorando de Tancos no dia da demissão de Azeredo

O primeiro-ministro, António Costa, diz que só soube do memorando da Polícia Judiciária Militar (PJM) sobre o assalto a Tancos no dia em que o então ministro da Defesa, Azeredo Lopes, apresentou a sua demissão. A …

Jasper Cillessen muito perto da baliza do Benfica

O guarda-redes do Barcelona Jasper Cillessen está muito perto de reforçar a baliza do Benfica, escreve o jornal Record esta quarta-feira. De acordo com o desportivo, o negócio ronda os 20 milhões de euros. O Benfica …

Brexit. Demissão no Governo deixa Theresa May por um fio

A ministra dos Assuntos Parlamentares britânica, Andrea Leadsom, anunciou esta quarta-feira a demissão do Governo em desacordo com o plano da primeira-ministra, Theresa May, para tentar aplicar o ‘Brexit'. "Não acreditamos que sejamos um Reino Unido …