Altos níveis de radiação obrigam a retirar robô do reator 2 de Fukushima

Miguel Tona / EPA

-

A operadora da central nuclear de Fukushima divulgou hoje novas imagens do robô que conseguiu introduzir dentro do seu reator número 2, onde se detectaram níveis extremamente altos de radiação que obrigaram à retirada do aparelho.

O robô, operado por técnicos da Tokyo Electric Power Company (TEPCO), acedeu na quinta-feira ao interior do recipiente de contenção do reator após uma tentativa anterior fracassada, com a missão de analisar o estado das instalações e de separar obstáculos para continuar a exploração com outro autómato.

No entanto, os operários tiveram que retirar o aparelho antes de cobrir toda a zona prevista devido aos altíssimos níveis de radiação, estimados pela TEPCO em torno dos 650 sieverts por hora e capazes de danificar a sua parte eletrónica, informou hoje a empresa em comunicado.

Estes níveis “parecem ser maiores que o esperado”, segundo a TEPCO, que acrescentou que é necessário “continuar com as investigações” para determinar se a origem da radiação é, como se suspeita, a presença de combustível fundido no fundo do recipiente de contenção.

A empresa explicou que se trata de um nível muito elevado por ter sido medido pela primeira vez muito perto do núcleo do reator, e recalcou que no exterior do mesmo, os níveis de radiação não variaram nem se detectaram novas fugas.

Uma dose de um só sievert por dia pode causar danos graves na saúde humana e até à morte, pelo que os níveis estimados nesse ponto do interior das instalações nucleares impossibilitam o acesso de operários humanos.

Os reatores 1, 2 e 3 sofreram fusões parciais dos seus núcleos devido ao desastre originado pelo terremoto e o tsunami de março de 2011, e conhecer o estado exato das barras de combustível radioativo é fundamental para o seu manejo e retirada.

No caso da unidade 2, os técnicos da TEPCO acreditam que o combustível se fundiu o suficiente para perfurar o recipiente de pressão e acumular-se no fundo do de contenção.

A TEPCO deve em breve realizar mais análises e introduzir outro robô para continuar com a avaliação do lugar.  Os altos níveis de radiação nas instalações vão dificultar a retirada das barras de combustível do reator, um dos passos necessários para o seu desmantelamento, que calcula-se que irá durar entre 30 e 40 anos.

A crise atómica de Fukushima, desencadeada pelo terremoto e posterior tsunami que castigaram o nordeste do arquipélago japonês, foi o pior acidente nuclear desde o de Chernobyl em 1986.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Belenenses 0-2 Benfica | Rafa Silva destrói resistência azul

O Benfica foi ao Jamor vencer o Belenenses por 2-0, num jogo muito complicado para as “águias”, em especial no primeiro tempo, mas que acabou resolvido na etapa complementar. Rafa Silva foi o “abre-latas” de …

Cofundador do Alibaba paga 3,5 mil milhões para ser o único dono dos Brooklyn Nets

O cofundador do Grupo Alibaba, Joseph Tsai, vai pagar mais 3,5 milhões de dólares para ser o único dono da equipa de basquetebol norte-americana Brooklyn Nets, avança esta sexta-feira a Bloomberg. O multimilionário já detinha 49% da equipa, …

Instagram, Facebook e Whatsapp prejudicam saúde mental das crianças

Um estudo de investigadores da University College London demonstra que a utilização de redes sociais como o Instagram, o Facebook e o Whatsapp estão a causar danos ao bem-estar das crianças e jovens. A investigação, cujos …

Clínica da Opus Dei diz que homossexualidade causa gastroenterite

A Clínica Universitária de Navarra, que pertence à prelatura da Opus Dei, defende que a homossexualidade e a promiscuidade são causadoras de gastroenterite. No guia de atuação de urgência sobre esta condição médica, a Clínica Universitária …

Sporting anuncia saída de Bas Dost para o Eintracht de Frankfurt

O goleador holandês Bas Dost está de saída para o Eintracht Frankfurt, anunciou este sábado o Sporting. O clube alemão também já confirmou a transferência. O Sporting anunciou ter chegado a um princípio de acordo com …

Há centenas de esquilos pretos a invadir os Estados Unidos (e já se sabe porquê)

Biólogos do Reino Unido decifraram o mistério de todos os esquilos cinzentos (Sciurus carolinensis) que correm pelos Estados Unidos com pêlo preto. O pouco do código genético que faz com que as espécies de esquilo cinza …

Morreu Marium, o mais famoso dugongo da Tailândia. Comeu plástico

Quando foi resgatado, em abril, tornou-se uma estrela na Tailândia. O dugongo órfão, chamado Marium, acabou por morrer este sábado, devido a uma infeção causada pela ingestão de plástico, de acordo com os veterinários que …

Afinal, "cura milagrosa" para o cancro pode matar

O jornal britânico The Guardian denuncia o esquema do autoproclamado "Genesis II Church of Health and Healing" - que na verdade não é nem uma igreja nem uma instituição de saúde. Este sábado terá lugar em …

Há uma cidade na Venezuela que é "invisível"

Guanta está lá, embora não seja fácil vê-la. Vistas a partir de El Morro, do outro lado da baía, as suas luzes piscam sob uma nuvem baixa. É uma nuvem diferente das outras, mais espessa, mais …

Há novas regras para subir ao Everest. E é preciso apresentar currículo

O Nepal acaba de anunciar novas regras para escalar o Evereste. Com 8848 metros de altitude, é a montanha mais alta do mundo e verdadeira obsessão para alguns alpinistas, colecionadores de cumes, e cujo número …