Altos níveis de radiação obrigam a retirar robô do reator 2 de Fukushima

Miguel Tona / EPA

-

A operadora da central nuclear de Fukushima divulgou hoje novas imagens do robô que conseguiu introduzir dentro do seu reator número 2, onde se detectaram níveis extremamente altos de radiação que obrigaram à retirada do aparelho.

O robô, operado por técnicos da Tokyo Electric Power Company (TEPCO), acedeu na quinta-feira ao interior do recipiente de contenção do reator após uma tentativa anterior fracassada, com a missão de analisar o estado das instalações e de separar obstáculos para continuar a exploração com outro autómato.

No entanto, os operários tiveram que retirar o aparelho antes de cobrir toda a zona prevista devido aos altíssimos níveis de radiação, estimados pela TEPCO em torno dos 650 sieverts por hora e capazes de danificar a sua parte eletrónica, informou hoje a empresa em comunicado.

Estes níveis “parecem ser maiores que o esperado”, segundo a TEPCO, que acrescentou que é necessário “continuar com as investigações” para determinar se a origem da radiação é, como se suspeita, a presença de combustível fundido no fundo do recipiente de contenção.

A empresa explicou que se trata de um nível muito elevado por ter sido medido pela primeira vez muito perto do núcleo do reator, e recalcou que no exterior do mesmo, os níveis de radiação não variaram nem se detectaram novas fugas.

Uma dose de um só sievert por dia pode causar danos graves na saúde humana e até à morte, pelo que os níveis estimados nesse ponto do interior das instalações nucleares impossibilitam o acesso de operários humanos.

Os reatores 1, 2 e 3 sofreram fusões parciais dos seus núcleos devido ao desastre originado pelo terremoto e o tsunami de março de 2011, e conhecer o estado exato das barras de combustível radioativo é fundamental para o seu manejo e retirada.

No caso da unidade 2, os técnicos da TEPCO acreditam que o combustível se fundiu o suficiente para perfurar o recipiente de pressão e acumular-se no fundo do de contenção.

A TEPCO deve em breve realizar mais análises e introduzir outro robô para continuar com a avaliação do lugar.  Os altos níveis de radiação nas instalações vão dificultar a retirada das barras de combustível do reator, um dos passos necessários para o seu desmantelamento, que calcula-se que irá durar entre 30 e 40 anos.

A crise atómica de Fukushima, desencadeada pelo terremoto e posterior tsunami que castigaram o nordeste do arquipélago japonês, foi o pior acidente nuclear desde o de Chernobyl em 1986.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …